Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CAROLINA PACHECO RAMOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA CAROLINA PACHECO RAMOS
DATA : 19/02/2021
HORA: 09:00
LOCAL: meet.google.com/dhe-ttde-gdi
TÍTULO:

Avaliação dos efeitos antitumorais de esteroides cardiotônicos e o envolvimento do peptídeo FXYD2 na modulação da Na,k-ATPase.  


PALAVRAS-CHAVES:

FXYD2, Na,K-ATPase, cancer, crispr


PÁGINAS: 31
RESUMO:

Os esteróides cardiotônicos têm sido usados como drogas cardiotônicas há mais de 200 anos e vários estudos atuais têm mostrado interessantes efeitos antitumorais em diferentes culturas de células. O mecanismo de ação desses compostos foi atribuído à sua capacidade de interagir com Na, K-ATPase e iniciar cascatas de sinalização específicas e foram descritos como um alvo para o desenvolvimento de drogas anticâncer. FXYD2, também conhecido como subunidade gama da Na, K-ATPase pode fazer parte da composição do receptor para a ligação de esteróides cardíacos e é anormalmente expresso em algumas linhas de células cancerígenas, como em células de carcinoma de pulmão (A549 e H460), mas não em células pulmonares saudáveis. Neste trabalho avaliamos os efeitos de três esteróides cardiotônicos (ouabaína, digoxina e digitoxina) em células de carcinoma de pulmão e se FXYD2 pode influenciar a sensibilidade desses compostos na Na, K-ATPase. Todos os esteróides cardiotônicos foram capazes de reduzir significativamente a viabilidade em células de carcinoma pulmonar. Além disso, a presença de FXYD2 adicionado exogenamente faz com que as células tumorais (A549 e H460) respondam melhor ao efeito antiproliferativo dos esteróides cardiotônicos. Nossos dados sugerem que o peptídeo FXYD2 parece aumentar a sensibilidade da ligação de esteróide cardiotônico na Na, K-ATPase, que por sua vez confirma o status desta enzima como um alvo importante para o desenvolvimento de drogas antitumorais, especialmente em tumores malignos que podem superexpressar FXYD2. Além disso, os esteróides cardiotônicos podem ser um agente terapêutico potencial e FXYD2 parece ter um papel como um adjunto importante neste processo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1716846 - VANESSA FARIA CORTES
Externo à Instituição - LUIS EDUARDO MENEZES QUINTAS - UFRJ
Externo à Instituição - ANDREA MARA MACEDO - UFMG
Notícia cadastrada em: 08/02/2021 09:00
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa02.ufsj.edu.br.sigaa02