Banca de DEFESA: WANDER VALADARES DE OLIVEIRA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : WANDER VALADARES DE OLIVEIRA JUNIOR
DATA : 17/09/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

INFLAMAÇÃO, DISFUNÇÃO PERITONEAL E MORTALIDADE GERAL: ANÁLISE LONGITUDINAL EM PACIENTES SUBMETIDOS À DIÁLISE PERITONEAL


PALAVRAS-CHAVES:

Diálise peritoneal, inflamação, citocinas, membrana peritoneal, mortalidade, doença cardiovascular.


PÁGINAS: 117
RESUMO:

ntrodução: Mudanças estruturais progressivas da membrana peritoneal (MP) ocorrem ao longo do tempo de tratamento em diálise peritoneal (DP), acarretando aumento do processo inflamatório crônico, aumento das citocinas locais e sistêmicas, que pode levar ao desenvolvimento e progressão da doença cardiovascular (DCV), que pode levar ao aumento da mortalidade geral. Objetivo: Avaliar a associação entre os níveis plasmáticos e no dialisado de CCL2 e os níveis no dialisado de CA-125 em pacientes submetidos à DP e avaliar biomarcadores inflamatórios em pacientes submetidos à DP e investigar a associação desses com a ocorrência de óbito por todas as causas. Método: Inicialmente foi feita uma análise transversal realizada com 41 pacientes. Posteriormente uma coorte foi realizada com 43 pacientes, ambos submetidos à DP. As dosagens das citocinas (IL-6, IL-10, IL-17, TNF- e IFN-), foram realizadas por meio de citometria de fluxo. E a determinação do CCL2 e CA-125 por meio de ELISA de captura. A investigação da associação entre a variáveis CCL2 e CA-125 foram feitas por razões de médias aritméticas brutas e ajustadas por meio de modelos lineares generalizados. A análise de regressão de Cox foi utilizada para estimar as associações entre a mortalidade e os valores medianos de cada citocina e mortalidade. Resultados: Foi encontrada uma associação estatisticamente significativa entre os níveis no dialisado de CCL2 e de CA-125 (RMA=1,31; IC=1,20-1,43). Também foi encontrada uma associação estatisticamente significativa entre as citocinas IL-6 e IL-17 ambas no dialisado com a ocorrência de mortalidade geral (p-valor <0,05). Conclusão: A associação dos níveis de CA-125 com CCL2 no dialisado pode indicar que o processo inflamatório local leva a alterações temporárias ou definitivas da MP. A IL-6 no dialisado tem um efeito preditivo positivo em relação ao óbito e a IL-17 no dialisado, tem um efeito protetor contra o risco de óbito nos pacientes em DP. Esses biomarcadores poderiam ser úteis para possíveis tomadas de decisões, visando prolongar a vida útil da MP, assim como da técnica de DP e podendo diminuir a ocorrência de óbitos prematuros nessa população.


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 1741307 - ADRIANA CRISTINA SOARES DE SOUZA
Externa à Instituição - ANDREA TEIXEIRA DE CARVALHO - FIOCRUZ
Presidente - 1581667 - DANYELLE ROMANA ALVES RIOS
Externa ao Programa - 2332778 - LUCIANE TEIXEIRA PASSOS GIAROLA
Externo à Instituição - THYAGO PROENCA DE MORAES - PUC-PR
Notícia cadastrada em: 18/08/2021 09:40
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01