Dissertações/Teses
2021
Dissertações
1
  • LUANA CRISTINA ALVES RIBEIRO
  • INTERAÇÃO DO ÁCARO-RAJADO E PLANTAS DE COBERTURA NO SISTEMA DE PRODUÇÃO DE SOJA, MILHO E SORGO

  • Orientador : MARCOS ANTONIO MATIELLO FADINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCOS ANTONIO MATIELLO FADINI
  • SIMONE MARTINS MENDES
  • IVÊNIO RUBENS DE OLIVEIRA
  • Data: 26/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • O ácaro-rajado Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae) é uma praga polífaga que provoca perdas de rendimento em várias culturas, como na soja. A estrutura da paisagem dos sistemas intensivos de produção agrícola de grãos, como na soja, interfere a dinâmica populacional de pragas, sobretudo as polífagas. Compreender como a qualidade das plantas de cobertura interfere na manutenção de populações de pragas é fundamental, para se estabelecer o controle cultural por rotação de espécies vegetais. Sendo assim, o presente trabalho objetivou avaliar se a utilização de plantas de cobertura, em rotação de culturas, influencia na manutenção do ácaro-rajado T. urticae,em cultivos de soja. Para determinar o ciclo biológico de T. urticae foram utilizados 30 discos foliares (25 mm Ø), para cada espécie de planta. As culturas avaliadas foram: -cobertura: braquiária (Brachiaria ruziziensis),crotalária (Crotalaria juncea), nabo forrageiro (Raphanus sativusL) e sorgo (Sorghum bicolor L. Moench) -e cultivadas: soja (Glycine max L. Merr), algodão (Gossypium hirsutumL) e milho (Zea mays L). As avaliações foram feitas diariamente até finalizar o ciclo. Os parâmetros biológicos avaliados foram: tempo de duração dos estágios de desenvolvimento imaturo, número de ovos e sobrevivência de fêmeas. A partir dos dados obtidos foi possível gerar a taxa intrínseca de crescimento populacional (rm). Para avaliar o comportamento de T. urticaefoi utilizado um olfatômetro em Y. Foram testadas cinco combinações entre a cultura cultivada (soja) vs plantas de cobertura (braquiária, crotalária, nabo e sorgo) e o tratamento controle (ar vsar). O tempo de sobrevivência e o número de ovosproduzidos foram maiores para as culturas de cobertura (nabo e crotalária). A taxa intrínseca de crescimento populacional (rm) foi maior para o algodão. Tais resultados sugerem que essas culturas são propícias ao desenvolvimento de T. urticae.O período de desenvolvimento larval de T. urticaefoi maior na cultura da braquiária. Além disso, como não houve sobrevivência de T. urticaena fase adulta em braquiária, a (rm) foi nula. Sugerimos que este resultado pode estar relacionado às características morfológicas e químicas presentes na planta. Não houve preferência entre soja vs (braquiária, nabo e crotalária). Entretanto, ao avaliar soja vssorgo houve preferência pela cultura da soja. Dessa forma, concluiu-se que, braquiária pode ser eficiente no manejo de T. urticae, interferindo negativamente na manutenção das populações de T. urticae,em sistemas intensivos de produção de soja.


  • Mostrar Abstract
  • Do cover plants interfere with the maintenance of pest mite populations in intensive production systems?
2
  • ADILSON MIGUEL DA SILVA JUNIOR
  • MISTURA EM TANQUE DE GLYPHOSATE COM FERTLIZANTES FOLIARES NO CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS E PRODUTIVIDADE DA CULTURA DA SOJA

  • Orientador : AMILTON FERREIRA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMILTON FERREIRA DA SILVA
  • ALINE DE ALMEIDA VASCONCELOS
  • EMERSON BORGHI
  • Data: 25/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • As plantas daninhas podem causar grandes prejuízosàcultura da soja.Assim, devem-se buscar ferramentas para manejá-las, como a mistura em tanque, porémo efeito da mistura entre herbicidas e fertilizantes foliares,tanto nacultura da soja quanto nas plantas daninhas,pode ser diferente. Objetivou-se avaliar o efeito das misturas entre glyphosate e fertilizantes foliares no controle de plantas daninhas e no desenvolvimento e na produtividade da soja.O experimento foi realizado na área experimental da Embrapa Milho e Sorgo, em Sete Lagoas MG, em delineamento de blocos casualizados. Os 16 tratamentos foram aplicações de glyphosate (720 g e.a e 1296 g e.a ha-1),associado a diferentes fertilizantes foliares, no estágio V4 da soja, e duas testemunhas, uma com capina até o fechamento do dossel da cultura e outra,sem capina durante todo seu ciclo.Para as avaliações de controle de plantas daninhas e fitotoxicidade na soja,foram dadas notas através de uma escala de 0 a 100, em intervalos de sete dias, onde 0 significava ausência de controle e 100%,controle total.Em relação àsoja,avaliou-se altura de planta, número de trifólios, número de nós, altura na maturidade, altura de inserção da primeira vagem, matéria seca de caule, folha, pecíolo e vagem, área foliar, número de vagens por planta, número de vagens com um, dois, três e quatro grãos, número de grãos por vagem, massa de 100 grãos e produtividade de grãos. Osdados foram submetidos à análise de variância e as médias,comparadas pelo teste de Scott Knott (p0,05). Os dados originais de fitointoxicação foram transformados em √x+1. A soja,submetida à glyphosate (1296 g e.a ha-1) + Quimifol Cerrado®(1,0 L ha-1)+ Ureia (22,4 g ha-1) + Aureo®(0,15 L ha-1),apresentou fitotoxicidade de 33,75%. As misturas não controlaram as plantas de trapoeraba, com níveis de controle < 35%. Plantas de beldroega e capim--de-galinha foram controladas pelo glyphosate,aplicado isoladamente (> 95%). As misturas de glyphosate (720 g e.a e 1296 g e.a ha-1) com diferentes fertilizantes foliares não resultaram em acréscimo na eficácia de controle de plantas daninhas. Essas associações também não alteram dos caracteres morfológicos e produtivos da cultivar RK6813 RR. No entanto, aaplicação damistura de glyphosate (1296 g e.a ha-1) + Ureia (111,5 g ha-1) + Admix Wet (0,15 L ha-1) resultouem maior produtividadede grãose de matéria seca de caule.


  • Mostrar Abstract
  • Weeds can cause high damage to soybean crops, so tools should be sought to manage them, such as tank mixing, but the effect of mixing herbicides and foliar fertilizers on both soybean crop and weed can be different. Thus, this study aimed to evaluate the effect of mixtures between glyphosate and foliar fertilizers on weed control and on soybean development and productivity. The experiment was carried out in the experimental area of Embrapa Milho e Sorgo, in Sete Lagoas, Minas Gerais State, Brazil, in a randomized block design. The 16 treatments were applications of: glyphosate (720 g a.e and 1296 g a.e ha-1) associated with different foliar fertilizers, in stage V4 of soybeans, and two controls, one with weeding until the crop canopy closure and the other without weeding throughout its cycle. For evaluations of weed control and phytotoxicity in soybeans, scores were given using a scale from 0 to 100, at seven-day intervals, where 0 meant no control and 100% total control. In relation to soybean were evaluated plant height, number of leafs, number of nodes, height at maturity, height of insertion of the first pod, dry matter of stem, leaf, petiole and pod, leaf area, number of pods per plant, number of pods with one, two, three and four grains, number of grains per pod, 100-seed weight  and grain yield. The data were submitted to analysis of variance and the means compared by the Scott Knott test (p ≤ 0.05). The original phytointoxication data were transformed into √x + 1. The soybean submitted to the application of glyphosate (1296 g a.e ha-1) + Quimifol Cerrado® (1.0 L ha-1) + Urea (22.4 g ha-1) + Aureo® (0.15 L ha-1) presented phytotoxicity of 33.75%. The mixtures did not control the Commelina benghalensis plants, with control levels <35%. Portulaca oleracea and Eleusine indica plants were controlled by glyphosate applied isolated (> 95%). Mixtures of glyphosate (720 g a.e and 1296 g e.a ha-1) with different leaf fertilizers did not result in an increase in the effectiveness of weed control, these associations also do not alter most of the morphological and productive characters of the cultivar RK6813 RR. However, the application of the mixture of glyphosate (1296 g a.e ha-1) + Urea (111.5 g ha-1) + Admix Wet (0.15 L ha-1), resulted in higher grain yield and dry matter stem.

     

3
  • JOSÉ FRANCISCO BRAGA NETO
  • SISTEMAS DE CULTIVO DESORGO BIOMASSA CONSORCIADO COM LEGUMINOSAS VISANDO APORTE DE CARBONO E NITROGÊNIO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DO SOLO

  • Orientador : IVANILDO EVODIO MARRIEL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IVANILDO EVODIO MARRIEL
  • IVÊNIO RUBENS DE OLIVEIRA
  • NADIA NARDELY LACERDA DURAES PARRELLA
  • Data: 30/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • O manejo adequado do solo com diversidades de espécies de plantas contribui
    para melhorar sua fertilidade e capacidade produtiva. Diferentes sistemas, inclusive a cobertura
    do solo, em particular, envolvendo consórcio de gramíneas x leguminosas, possibilitam ao solo
    apresentaaumento de matéria orgânica, nutrientes e,consequentemente, da qualidade do solo
    e de produtividade. O presente trabalhoteve como objetivodefinir tecnologia para implementar
    o aporte de carbono (C) e nitrogênio (N) para áreas degradadase solos arenosos, por meiode
    um consórcio com Sorgo biomassa e as leguminosas (Mucuna-preta e Feijão-guandu).
    Testaram-sedois sistemas de cultivo, envolvendo consórcio de Sorgo biomassa x Mucuna preta
    e Sorgo biomassa x Feijão guandu, distribuídos em dois arranjos (arranjo 1 A1-duas linhas
    de sorgo e uma de leguminosa e arranjo 2 A2 -uma linha de sorgo e uma linha de leguminosas,
    alternadas) e cinco densidades de leguminosa. As densidades foram0, 4, 8, 12 e 16 plantas m-¹
    linear. Odelineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados,em parcelas
    subdivididas,com três repetições,sendo arranjo distribuídos nas parcelas e densidade de
    leguminosa nas subparcelas.Como resultados, oacúmulo de biomassa na cultura do sorgo foi
    influenciado significativamente pelo arranjo testado no experimento 1, com valores mais
    elevados no arranjo A1.As variáveis estudadas para as leguminosas nos consórcios houveram
    incremento em função da densidade e aumento da incorporação de C e N. O consórcio com
    Sorgo e Feijão teve melhor desempenho no aporte de C, independentemente do sistema de
    cultivo.O consórcio com Sorgo e Feijão teve melhor desempenho no aporte de N com o arranjo
    A1.


  • Mostrar Abstract
  • Proper soil management with plant species diversity contributes to improving
    its fertility and productive capacity.Different systems, including soil cover, in particular,
    involving intercropping of grasses x legumes, allow the soil to present an increase in organic
    matter, nutrients and, consequently, in soil quality and productivity. The present work aimed to
    define technology to implement the contribution ofcarbon (C) and nitrogen (N) to degraded
    areas and sandy soils, through a consortium with biomass Sorghum and legumes (black velvet
    beanand Pigeon pea).Two cropping systems were tested, involving Sorghum biomass x black
    velvet beanand Sorghum biomass x Pigeon pea intercropping, distributed in two arrangements
    (arrangement 1 -A1 -two sorghum and one legume rows and arrangement 2 -A2 -a row of
    sorghum and a legume row, alternating) and five legume densities. Densities were 0, 4, 8, 12
    and 16 plants m-¹ linear.The experimental design used was randomized blocks, in subdivided
    plots, with three replications, with an arrangement distributed in the plots and legume density
    in the subplots.As a result, biomass accumulation in sorghum crop was significantly influenced
    by the arrangement tested in experiment 1, with higher values in arrangement A1.The variables
    studied for legumes in the intercropping showed an increase as a function of density and an
    increase in the incorporation of C and N.The intercropping with Sorghum and Beans had better
    performance in the C input, regardless of the cultivation system.The consortium with Sorghum
    and beanhad the best performance in the input of N with the A1 arrangement.

4
  • ALESSANDRA DA SILVA TRINDADE
  • ALTERNATIVAS DE CONTROLE IN VITRO DE CONTAMINANTES ENDOFÍTICOS EM GENÓTIPOS DE SORGO


  • Orientador : LEONARDO LUCAS CARNEVALLI DIAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANE ALCANTARA DOS SANTOS
  • DIEGO SILVA BATISTA
  • LEONARDO LUCAS CARNEVALLI DIAS
  • Data: 29/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • O sorgo é uma espécie recalcitrante in vitro.  Além disto, tem como barreira ao cultivo in vitro à contaminação por microrganismos endofíticos. Este estudo foi iniciado para identificar respostas diferenciais dos protocolos genótipo in vitro em uma variedade de genótipos de sorgo de grão comum, a fim de caracterizar perfis de resposta para uso em futuros estudos. Três métodos diferentes de esterilização foram analisados usando 3 genótipos de sorgo (BRS007B, BRS716, CMSXS206B), tendo como explantes, sementes. No primeiro experimento utilizamos fungicida para tratar as sementes. No segundo experimento utilizamos tratamento com água quente fixando a temperatura com 3 tempos. O objetivo geral desse esforço foi identificar respostas diferenciais do protocolo genótipo-in vitro em uma variedade de genótipos de sorgo, a fim de caracterizar perfis de resposta para uso em futuros estudos genéticos para identificar determinantes associados à regeneração in vitro.


  • Mostrar Abstract
  • Não há

5
  • WELTON PEREIRA DA ROCHA JUNIOR
  • CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E CLASSIFICAÇÃO DOS SOLOS NA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DA SERRA DE SANTA HELENA, SETE LAGOAS, MG

  • Orientador : ANDRE THOMAZINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE THOMAZINI
  • SAMUEL PETRACCONE CAIXETA
  • MARCIO ROCHA FRANCELINO
  • Data: 05/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • A área de proteção ambiental (APA) da Serra de Santa Helena está localizada na região central do estado de Minas Gerais, no município de Sete Lagoas, e se destaca como uma importante área de proteção ambiental da região. O presente estudo teve como objetivo principal identificar e caracterizar as classes de solos que compõem a paisagem do Parque da Cascata, região sul da APA da Serra de Santa Helena, que concentra o maior fluxo de visitantes e, portanto, de especial interesse para a ampliação do conhecimento sobre a unidade de conservação. A identificação dos perfis de solos seguiu o Manual de Descrição e Coleta de Solos no Campo da Sociedade Brasileira de Solos e as análises laboratoriais das propriedades físicas e químicas seguiram os respectivos manuais técnicos da Embrapa. Foram identificados e descritos 10 perfis de solos ao longo de uma topossequencia representativa do Parque da Cascata que demonstraram a grande influência do material de origem (siltitos), com o predomínio da textura argilo siltosa, com elevados teores de silte (até 70 dag/Kg) e baixos teores de areia (inferiores a 28 dag/Kg).  O Latossolo Vermelho Amarelo foi a única classe eutrófica descrita (V% = 70,4) com o maior teor de Ca2+ em superfície (8,19 cmoldm-3) e, assim como o Argissolo Vermelho amarelo, são os únicos que não apresentaram atividade do Al3+. O Cambissolo háplico do perfil 3 apresentou maior acidez potencial encontrada a partir do Bi (> 11 cmolc dm-3). Os neossolos da região apesentam o perfil rejuvenescido, menos profundo, com elevados valores de silte que os tornam mais propícios ao selamento superficial e, portanto, com menor infiltração de água e maior escoamento superficial. Em contrapartida, a classe dos latossolos e nitossolos são menos susceptíveis a estes processos e de grande importância para a infiltração de água e conservação da área de proteção.


  • Mostrar Abstract
  • The environmental protection area (EPA) of Serra de Santa Helena is in the central region of the state of Minas Gerais, in Sete Lagoas city, and stands out as an important area of environmental protection in the region. The main objective of this study was to identify and characterize the soil classes that make up the landscape of (Parque da Cascata), in the south region of the Serra de Santa Helena (EPA), which holds the largest tourist flow and, therefore, of special interest in expanding knowledge about the conservation unit. The identification of the soil types followed the Manual of Description and Collection of Soils in the Field of the Brazilian Society of Soils, and the laboratory analysis of the physical and chemical properties followed the respective technical manuals of Embrapa. Ten representative soil profiles along a representative toposequence of the Parque da Cascata were identified and described, which demonstrated the great influence of the source material (siltstones), with the predominance of the silty clay texture, with high levels of silt (up to 70 dag/Kg) and low levels of sand (less than 28 dag/Kg). The Latossolo Vermelho Amarelo was the only eutrophic class described (V% = 70.4) with the highest Ca2+ content on the surface (8.19 cmolc dm-3) and, as well as the Argissolo Vermelho Amarelo, they are the only ones that did not present Al3+ activity. The Cambissolo háplico of profile 3 showed the highest potential acidity found from Bi (> 11 cmolc dm-3). The neossolos in the region have a rejuvenated, less profound profile, with high silt values that make them more conducive to surface sealing and, therefore, with less water infiltration and greater surface runoff. Silty soils are m

2020
Dissertações
1
  • ISABELA CRISTINA MARTINS OLIVEIRA
  • IRRIGAÇÃO SUBÓTIMA NA CULTURA DO MILHO

  • Orientador : JOAO CARLOS FERREIRA BORGES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOAO CARLOS FERREIRA BORGES JUNIOR
  • CLAUDIO MANOEL TEIXEIRA VITOR
  • ROSANGELA MARIA SIMEÃO
  • Data: 06/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • O milho é uma das principais culturas cultivadas em todo o mundo, sendo amplamente empregado na alimentação humana, animal e matéria-prima para a indústria. Entretanto, a cultura é considerada bastante sensível às oscilações meteorológicas, responsáveis por grandes variações produtivas entre anos de safras. A irrigação subótimavem sendo empregada visando incrementar a eficiência de uso da água. O objetivo com o presente estudo foi avaliar o efeito de diferentes lâminas de irrigação e da integração de duas cultivares de braquiária com a cultura do milho em segunda safra na produtividade de fitomassa para silagem e de grãos e na produtividade da água. Além disso, foi aplicada uma análise financeira quanto ao uso da irrigação subótima. Os experimentos foram conduzidos na estação experimental da Embrapa Milho e Sorgo, durante os anos de 2018 e 2019, abordando a produção de silagem e grãos de milho, consorciado com duas gramíneas forrageiras. Em 2019, o cultivo de milho solteiro também foi considerado. Avaliou-se o efeito de seis níveis de lâmina d’água, a partir do sistema de irrigação por aspersão com distribuição dos aspersores em linha (Line-Source Sprinkler System), utilizando um delineamento experimental em blocos casualizados, no esquema em faixas. Foi aplicada uma análise financeira para compor o estudo de identificação da lâmina de água ótima, abrangendo custos de produção e valoração da produção. Não foramverificadas diferenças significativas para a interação entre consórcio e lâmina de irrigação e para o fator consórcio, em ambos os anos. A irrigação subótima não causou queda significativa na produtividade em níveis reduzidos a até 59% da evapotranspiração de referência (ET0), em ambos os anos, para silagem, e até 48% e 51% da ET0, nos anos de 2018 e 2019, respectivamente, para grãos, além de acarretar aumento na produtividade da água.Os resultados indicaram a potencialidade do uso da irrigação subótima como estratégia para redução da demanda por recursos hídricos. Além disso, nas condições experimentais do presente estudo, a cultura do milho apresentou baixa a média sensibilidade ao déficit hídrico imposto à planta, com valores gerais do fator de respostada produção (Ky) de 0,97 e 0,79 para silagem e grãos, respectivamente.Para as produções de silagem e grãos, obteve-se máxima receita líquida de R$ 4.938,92 ha-1e R$ 654,20ha-1, respectivamente. A viabilidade financeira da irrigação subótima depende, principalmente, do preço de venda da produção e da produtividade da cultura.


  • Mostrar Abstract
  • Maize is one of the main crops grown worldwide, being widely used for food, animal feed and raw material for industry. However, the crop is considered to be very sensitive to weather fluctuations, which is responsible for large variations in production during the years. Suboptimal irrigation is being used to increase water use efficiency. The objective of this study was to evaluate the effect of different irrigation depths and the integration of two brachiaria cultivars with maize in second season crop on the yield of phytomass for silage and grains and on water productivity. In addition, a financial analysis was applied regarding the use of suboptimal irrigation. The experiments were conducted at the experimental station of Embrapa Milho e Sorgo, during theyears 2018 and 2019,considering the production of silage and maize grains, intercropping with two forage grasses. In 2019, the cultivation of maize without an intercropping was also considered. The effect of six levels of water depth was evaluated from the Line-Source Sprinkler System, using randomized blocks in split-plot as experimental design. A financial analysis was applied to compose the optimal water depth identification study, covering production costs and production valuation. There were no significant differences for the interaction between the crop combination and the irrigation depth and for the crop combination factor in both years.Suboptimal irrigation did not cause a significant decrease in crop yield at levels reduced to up to 59% of reference evapotranspiration (ET0) in both years for silage and up to 48% and 51% of ET0 in the years 2018 and 2019, respectively, for grains, besidescausing an increase in water productivity.The results indicated the potential use of suboptimal irrigation asa strategy to reduce the demand for water resources. In addition, under the experimental conditions of this study, the cultivation of maize showed low average sensitivity to the water deficit imposed on the plant, with overall values of the production response factor (Ky) of 0.97 and 0.79 for silage and grain, respectively. For silage and grain production it was obtained the maximum net revenues of R$ 4,938.92 ha-1and R$ 654.20 ha-1, respectively. The financial viability of suboptimal irrigation depends mainly on the production selling price and the crop productivity

2
  • ALICE LAGOEIRO DE ABREU
  • Influência da fertilização nitrogenada sobre a bioprodução de acilaçúcar nas folhas e na qualidade dos frutos do tomateiro

  • Orientador : ERNANI CLARETE DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA COELHO MADEIRA SILVA
  • DOUGLAS JOSE MARQUES
  • ERNANI CLARETE DA SILVA
  • Data: 09/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • A cultura do tomate apresenta grande suscetibilidade a vários insetos-pragas, principalmente à traça do tomateiro. Atualmente, a principal forma de combate a essas vulnerabilidades é através do controle químicoe,por essa razão, alternativas que viabilizem a redução da aplicação desses produtosnas lavouras devem ser implementadas. O acilaçúcar é um metabólito secundárioproduzido pelo tomateiro selvagem com conhecida ação contraa Tuta absoluta. Pesquisas têm revelado que o ambiente de cultivotem significativa influência na produção de metabólitosem geral nas plantas. Neste trabalho, objetivou-se verificar o teor de acilaçúcarem folhas de tomateiro em função do déficit de nitrogênio, assim como o efeito na qualidade dos frutos. Utilizou-se a cultivar comercial de tomate Santa Clara, do grupo Santa Cruz, com baixo teor de acilaçúcar. Um delineamento experimental inteiramente ao acaso foi utilizado eos tratamentos constituíram-se de variações das soluções nutritivas, em quese alterou apenas o teorde nitrogênio,em quatro doses (42,25; 84,5; 126,75; 169 mg L-1), totalizando quatro tratamentos, com quatro repetições. As parcelas foram dispostas em sistema hidropônico, em canais de cultivo,com quatro plantas conduzidas no sistema NFT. Foi avaliado nas folhas o teor de acilaçúcar e nos frutos a umidade, o pH, os sólidos solúveis totais, a acidez total titulável, a relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável, os carotenoides totais, o licopeno, os compostos fenólicos, os flavonoides, as antocianinas e a atividade antioxidante. As diferentes doses de nitrogênio afetaram a produção de acilaçúcar nas folhas, sendo a dose 139 mg L-1a que resultou em uma maior produção de acilaçúcar. Nos frutos, o nitrogênio afetou os componentes de qualidade, exceto os compostos fenólicos, a antocianina e os flavonoides. O maior valor da atividade antioxidante, bem como os maiores teores dos compostos bioativos carotenoides totais e do licopeno, foram alcançados na dose de aproximadamente 100 mg L-1de nitrogênio.


  • Mostrar Abstract
  • The tomato crop is highly susceptible to various insect pests especially the tomato leafminer. Currently, the main form of control is through chemicals and, for this reason, alternatives that enable the reduction of these products application in crops must be implemented. Acylsugar is a secondary metabolite produced by wild tomato with a known action against Tuta absoluta. Research has shown that the cultivation environment has a significant influence on metabolites production in general in plants. This work had the objective of verifying the acylsugar content in tomato leaves due to the nitrogen deficit and the effect on fruit quality. It wasused the Tomato Santa Clara cultivar from Santa Cruz group with low acylsugar content. The experimental design was completely randomized being the treatments consisted of nutrient solutions variations, which only the nitrogen content was changed in four doses (42.25; 84.5; 126.75; 169 mg L-1), totaling four treatments with four repetitions. The plots were arranged in a hydroponic system in cultivation channels with four plants conducted in the NFT system. It was evaluated the acylsugar content in the leaves and the humidity, pH, total soluble solids, total titratable acidity, total soluble solids/total titratable acidity ratio, total carotenoids, lycopene, phenolic compounds, flavonoids, anthocyanins and antioxidant activity in the fruits. The different nitrogen doses affected the acylsugar production in the leaves, being the dose of 139 mg L-1, which resulted in a higher acylsugar production. In the fruits, nitrogen affected the quality components, except for phenolic compounds, anthocyanin and flavonoids. The highest value of antioxidant activity, as well as the highest levels of total bioactive carotenoid compounds and lycopene were achieved at a nitrogen dose of approximately 100 mg L-1.

3
  • ANA CLARA PIMENTA PEREIRA
  • BIOESTIMULANTES E ESTRESSE SALINO EM MUDAS MICROPROPAGADAS DE BANANEIRA CV. PRATA GORUTUBA

  • Orientador : JOSE CARLOS MORAES RUFINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE DE ALMEIDA VASCONCELOS
  • JOSE CARLOS MORAES RUFINI
  • LEILA APARECIDA SALLES PIO
  • Data: 17/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • A utilização de bioestimulantes tem se demonstrado eficiente para o estímulo do crescimento em espécies de interesse agrícola, a partir de mecanismos diretos ou indiretos. Da mesma forma, os bioestimulantes parecem possuir propriedades que atenuam os efeitos causados pelo estresse abiótico, como o salino, o qual é comum nas principais regiões produtoras de banana. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar mudas micropropagadas de bananeira cv. Prata Gorutuba durante a fase de aclimatização em resposta à aplicação de substâncias húmicas e extrato de alga, bem como a atuação desses bioestimulantes em condições de estresse salino. Foram conduzidos dois experimentos em casa de vegetação. O experimento 1 consistiu em um delineamento inteiramente casualizado (DIC), com três repetições, em esquema fatorial 5x5, representado por cinco doses de MultiHumic®, produto à base de substâncias húmicas (0,3; 0,6; 0,9 e 1,2 mL planta-1), e cinco doses de MultiTurbo®, produto à base de extrato de alga marinha (0,034; 0,068; 0,102 e 0,136 mL planta-1). O experimento 2 foi feito em delineamento em blocos casualizados (DBC), em esquema de parcelas subdividas, representado por cinco níveis de salinidade (0, 400, 800, 1200 e 1600 μS cm-1) como parcela, e bioestimulantes como subparcela, os quais foram MultiHumic®, MultiTurbo® e a associação dos dois. As aplicações dos produtos foram realizadas via substrato em ambos os experimentos. Foram realizadas avaliações biométricas, fisiológicas, anatômicas e nutricionais. Os resultados demonstraram que a aplicação de substâncias húmicas melhora a estrutura interna das folhas e favorece as trocas gasosas em mudas de bananeira cv. Prata Gorutuba durante a fase de aclimatização. A cultivar Prata Gorutuba parece ser capaz de se adaptar a maiores concentrações de sais durante a aclimatização, visto que não apresenta redução de parâmetros de crescimento, fisiológicos e de conteúdo de minerais. A utilização de substâncias húmicas e extrato de algas não reduz os efeitos causados pela alta salinidade da água de irrigação nas condições deste experimento.


  • Mostrar Abstract
  • The use of biostimulants has been shown to be efficient for stimulating growth in species of agricultural interest, through direct or indirect mechanisms. Likewise, biostimulants appear to have properties which are able to reduce the abiotic stress effects, like saline, which is common in the main banana producing regions. Therefore, this work aimed to evaluate the micropropagated seedlings of banana cv. Prata Gorutuba during the acclimatization stage in response to the application of humic substances and seaweed extract, as well as the performance of these biostimulants in the saline stress condition. Two experiments were conducted in greenhouse conditions. The first one was consisted of a completely randomized design (CRD), with three replications, in a 5x5 factorial scheme represented by five doses of MultiHumic®, a humic substance-based product (0,3; 0,6; 0,9 and 1,2 mL plant-1), and five doses of MultiTurbo®, a seaweed extract-based product (0,034; 0,068; 0,102 and 0,136 mL plant-1). The second experiment was conducted in a randomized block design (RBD), in a split-plot scheme, represented by five salinity levels (0, 400, 800, 1200 and 1600 μS cm-1) as a plot, and biostimulants as a subplot, which were MultiHumic®, MultiTurbo® and both associated. The products applications were conducted via substrate in both experiments. Biometric, physiological, anatomical and nutritional assessments were carried out. The results demonstrated a greater effect with the applications of humic substances, once the internal leaves structure were improved and favored physiological parameters in banana seedlings cv. Prata Gorutuba during the acclimatization phase. The Prata Gorutuba seems to be able to adapt to the saline stress in acclimatization, whereas it did not show a reduction in growth, physiological and mineral content parameters. The use of humic substances and seaweed extract did not reduce the high salinity effects of the irrigation water.

4
  • MARIANA ALVES PINTO BARBOSA
  • Título do projeto de Dissertação "Fenologia e produção de videiras Vitis labrusca na região Central de Minas Gerais"

  • Orientador : JOSE CARLOS MORAES RUFINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE CARLOS MORAES RUFINI
  • LANAMAR DE ALMEIDA CARLOS
  • PAULO MARCIO NORBERTO
  • Data: 19/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • A produção de uvas pode ser influenciada por fatores fisiológicos, ambientais e até mesmo pela característica varietal eporta-enxerto utilizado. Em vista disso, foram realizados dois experimentos. O experimento 1 objetivouavaliar a influência dos porta-enxertos IAC-572, IAC-766 e Paulsen-1103 nafenologiae produção cv.BordôJá o experimento 2 objetivouavaliar a qualidade dos frutos e ocomportamento fenológicona produção de invernodascultivaresBordô, Isabel Precoce e Niágara Rosada na região central de Minas Gerais. Para o experimento 1, houve caracterização fisiológica realizada em delineamento em blocos casualizados (DBC), com três tratamentose três repetições. Os tratamentos foram constituídos pela cv. Bordô sobre os porta-enxertos IAC-572 Jales, IAC-766 Campinas e Paulsen-1103.Já o experimento 2 consistiu em um DBC em esquema fatorial 3x6, composto por três cultivares(Bordô, Isabel precoce, Niágara Rosada)eseisfases fenológicas (flores separadas, florescimento, baga tamanho “ervilha”, cacho compacto, início da maturação (pintor) e maturação plena (colheita)), com três repetições e quatro plantas por unidade experimental.Foramavaliadasa taxa de fotossíntese líquida, condutância estomática, a transpiraçãoe déficit depressão de vapor.Para ambos os experimentos, foi realizada uma análisedescritiva da duração em dias e soma de graus-dia dos principais subperíodos fenológicos, produção por planta e produtividade. Também foi realizada caracterização físico-química em um delineamento inteiramente casualizados (DIC), contendo dez repetições ecinco cachos de uva por repetição. As características físicas avaliadas foram: massa fresca do fruto, comprimento do cacho, número de bagas por cacho, massa da baga, massa do engaço, comprimento do engaço, diâmetro longitudinal da baga e diâmetro transversal da baga, formato da baga, cor da casa da baga, cor da polpa, a massa do resíduo, massa da polpa, rendimento do resíduo e da polpa. Para as características químicas foram avaliados o potencial hidrogeniônico (pH), o teor de sólidos solúveis totais, acidez total titulável (AT), ratio, teor de umidade e teor de antocianinas. O comportamento fenológico e as subfases fenológicas foram diferentes em todos os porta-enxertos. As fases de cacho compacto até pintor (CC/PN) e pintor até a maturação(PN/MT)foram as que demandaram número de dias e maior soma térmica.Oporta-enxerto IAC-766 apresentou maiores médias de área foliar, produção e produtividade. O comportamento fisiológico foi influenciado pelos porta-enxertos, na fotossíntese liquida houve interação entre o porta enxerto e a fase fenológica estudada.O porta-enxerto IAC-766 também apresentoumaiormassa dos fruto, massa da baga, massa da polpa, comprimento do cacho, comprimento do engaço, e cor hueda casca e da polpa, e o teor de antocianinas. Já ociclo fenológico das cultivares de videiras americanas Bordô e Isabel precoce são similares e mais curtos que a Niágara rosada. As cultivares apresentam comportamento fisiológico distintos em função das fases fenológicas, porém apenas a cultivar Isabel precoceapresenta apta à produção de uvas de colheita de inverno na região Central de Minas Gerais. A cultivar Bordô apresenta elevado teor de antocianinas na casca e na polpa.


  • Mostrar Abstract
  • Grape production can be influenced by physiological, environmental factors and even by the varietal and rootstock used. In view of this, two experiments were carried out. Experiment 1 aimed to evaluate the influence of rootstocks IAC-572, IAC-766 and Paulsen-1103 on phenology and cv production. Bordô Experiment 2 aimed to evaluate the quality of the fruits and the phenological behavior in winter production of the cultivars Bordô,Isabel Precoce and Niágara Rosada in the central region of Minas Gerais. For experiment 1, there was a physiological characterization performed in a randomized block design (DBC), with three treatments and three repetitions. The treatments were constituted by cv. Wine red on rootstocks IAC-572 Jales, IAC-766 Campinas and Paulsen-1103. Experiment 2, on the other hand, consisted of a DBC in a 3x6 factorial scheme, composed of three cultivars (Bordô, Isabel premature, Niágara Rosada) and six phenological phases (separate flowers, flowering, “pea size” berry, compact bunch, beginning of maturation (painter ) and full maturation (harvest)), with three replications and four plants per experimental unit. The rate of liquid photosynthesis, stomatal conductance, transpiration and vapor pressure deficits were evaluated. For both experiments, a descriptive analysis of duration in days and sum of degree-days of the main phenological subperiods, production per plant and productivity were performed. Physical-chemical characterization was also carried out in a completely randomized design (DIC), containing ten repetitions and five grape clusters per repetition. The physical characteristics evaluated were: fresh fruit mass, bunch length, number of berries per bunch, berry mass, stalk mass, stalk length, longitudinal diameter of the berry and transverse diameter of the berry, shape of the berry, color of the house of the berry, color of the pulp, the mass of the residue, mass of the pulp, yield of the residue and the pulp. Forthe chemical characteristics, the hydrogen potential (pH), the total soluble solids content, total titratable acidity (AT), ratio, moisture content and anthocyanin content were evaluated. Phenological behavior and phenological sub-phases were different inall rootstocks. The phases from compact cluster to painter (CC / PN) and painter to maturation (PN / MT) were the ones that demanded the number of days and the highest thermal sum. The IAC-766 rootstock showed higher averages of leaf area, production and productivity. The physiological behavior was influenced by the rootstocks, in liquid photosynthesis there was an interaction between the rootstock and the studied phenological phase. The IAC-766 rootstock also showed higher fruit mass, berry mass, pulp mass, bunch length, stem length, and hue color of the skin and pulp, and the anthocyanin content. The phenological cycle of American vine cultivars Bordô and Isabel premature are similar and shorter than pink Niagara. The cultivars show different physiological behavior depending on the phenological phases, but only the Isabel precocious cultivar is able to produce winter harvest grapes in the central region of Minas Gerais. The Bordô cultivar has a high anthocyanin content in the skin and pulp.

5
  • ANDRÉ MESQUITA ROCHA
  • QUALIDADE DO TOMATE DO TIPO GRAPE EM DIFERENTES CULTIVOS E EMBALAGENS

  • Orientador : LANAMAR DE ALMEIDA CARLOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LANAMAR DE ALMEIDA CARLOS
  • CINTIA NANCI KOBORI
  • CAROLINE LIBOREIRO PAIVA
  • Data: 12/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • O tomate é uma fruta muito apreciada pelos consumidores, com potencial de alta produção quando cultivado em condições propicias. O cultivo sem solo, é uma das tecnologias aplicadas para o aumento da produtividade. Apesar das altas produções obtidas, as perdas pós-colheita consomem uma razoável percentagem da produção, o que leva a uma contínua busca por métodos de preservação a fim de manter as características e prolongar a vida de prateleira dos frutos, o que permite a disponibilidade de tomates de ótima qualidade, mesmo em mercados distantes das regiões produtoras. Uma das formas de preservação dos frutos do tomateiro é a utilização de embalagens que têm como função controlar ou minimizar os processos de degradação, possibilitando que os frutos mantenham os parâmetros de qualidade até os consumidores. Esse trabalho objetivou avaliar a influência da embalagem sobre a vida de prateleira, bem como sobre a preservação dos atributos de qualidade, dos conteúdos de compostos bioativos e da atividade antioxidante de tomates grape. O delineamento experimental utilizado, foi inteiramente casualizado envolvendo 2 tratamentos (embalagem ativa e embalagem PET), 5 tempos de armazenamento (dias 0, 5, 10, 15 e 20) e 4 repetições. As características avaliadas foram pH, ATT, SST, Ratio, firmeza, cor instrumental, perda de massa fresca, licopeno, compostos fenólicos totais, vitamina C e a atividade antioxidante (DPPH). Os teores médios de licopeno aumentaram durante o período de 20 dias de armazenamento de 29,8 a 48,7 μg.100 g-1. Houve degradação da vitamina C, cujos teores médios dos frutos armazenados, independentemente da embalagem variaram de 21,4 a 15,9 mg.100 g-1. De uma maneira geral, todas as características avaliadas foram influenciadas pela embalagem ou tempo de armazenamento e também pela interação de ambos. A definição da melhor embalagem a ser empregada depende do período de armazenamento a que será submetido os frutos. Para a conservação de massa e a preservação do conteúdo de licopeno a embalagem ativa apresentou o melhor resultado.


  • Mostrar Abstract

  • Tomato is a fruit that is highly appreciated by consumers, with high production potential when grown under favorable conditions. Substrate cultivation is one of the technologies applied to increase productivity. Despite the high yields obtained, post-harvest losses consume a reasonable percentage of production, which leads to a continuous search for preservation methods in order to maintain the characteristics and prolong the shelf life of the fruits, which allows the availability of tomatoes of excellent quality, even in markets far from the producing regions. One of the ways of preserving tomato fruits is the use of packaging that has the function of controlling or minimizing the degradation processes, allowing the fruits to maintain the quality parameters for consumers. This work aimed to evaluate the influence of packaging on shelf life as well as the preservation of quality attributes, the contents of bioactive compounds and the antioxidant activity of tomatoes grape. The experimental design used was entirely randomized 2 treatments, 5 storage times and 4 repetitions, where the tested packages were PET packaging and active packaging. The evaluated characteristics were pH, TTA, TSS, Ratio, Firmness, Instrumental color and loss of fresh mass in addition to the contents of lycopene, total phenolic compounds, vitamin C and antioxidant activity (DPPH). The average levels of lycopene increased during the period of 20 days of storage. Beginning with 29.8 to 48.7 μg.100 g-1 at 20 days. There was degradation of vitamin C, whose average levels of stored fruits, regardless of packaging, ranged from 21.4 mg.100 g-1 to 15.9 mg.100 g-1. In general, all the characteristics evaluated were influenced by the packaging or storage time and also the interaction of both. The definition of the best packaging to be used depends on the storage period to which the fruits will be submitted. For mass conservation, the active type packaging presented the best result.  

2015
Dissertações
1
  • KÊNIA GRASIELLE DE OLIVEIRA
  • ESTABILIDADE DE COMPOSTOS FENÓLICOS EM SORGO DURANTE O
    ARMAZENAMENTO

  • Orientador : LANAMAR DE ALMEIDA CARLOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FREDERICO AUGUSTO RIBEIRO DE BARROS
  • CAROLINE LIBOREIRO PAIVA
  • LANAMAR DE ALMEIDA CARLOS
  • Data: 13/03/2015

  • Mostrar Resumo
  • O sorgo é uma das culturas mais antigas do mundo e faz parte da alimentação
    básica de milhares de pessoas no continente africano e asiático. Porém,no continente
    americano o sorgo é mais utilizado na alimentação animal. A descoberta da riqueza de
    componentes funcionaisdo sorgo tem despertado aatenção de pesquisadores em diversas
    áreas, pois possuem propriedades antioxidantes que são capazes de neutralizar os radicais
    livres presentes no organismo e assim contribuir paraaprevençãode doenças degenerativas.
    Dentre os compostos bioativos de sorgo podem-seincluir os compostos fenólicos, e os
    flavonóides.Alguns estudos indicam o efeito do processamento térmico nos compostos
    bioativos, porém para introdução completa do sorgo na alimentação humanaé necessário
    avaliar o tempo etemperaturas ideais de armazenamentoda matéria prima. Este estudo teve
    como objetivo avaliara estabilidade de compostos bioativos em grãos, farinha e farelode
    sorgodurante o armazenamento. Para as avaliações foram utilizados os grãos e farinhas do
    genótipo SC 319 fornecido pela Embrapa-Milho e Sorgo(Sete Lagoas, MG, Brasil) e farinha
    e farelo do genótipo Tx430 fornecido pela Texas A&M (University, College Station. Estados
    Unidos). Os grãos, farinhas e farelo de sorgo foram acondicionadosem três temperaturas
    distintas,4°, 25° e 40°Ce analisadas notempoinicial, (antes do armazenamento),60, 120 e
    180 dias após o armazenamento.Os grãos e farinhas do genótipo SC 319 foram analisados
    quanto ao teor de 3-deoxiantocianidinas(3-DXAs)por cromatografia liquida de alta eficiência
    (CLAE) e também quanto a cor (colorímetro Cônica Minolta), compostos fenólicos totais,
    antocianinas totais e taninos, por espectrofotometria. A farinha e o farelo do genótipo Tx430
    foram avaliados quanto ao teor das 3-DXAs, flavonas e flavanonas por (CLAE). Os
    resultados foram avaliados por ANOVA, seguidas pelo teste de Tukey (p<0,05) de
    probabilidade.Os resultados das análises de grãos e farinhas do genótipo SC 319 mostraram
    que nas três temperaturas e ao longo do armazenamento a retenção das3-DXAs foi de 60%
    para os grãos e 70% para as farinhas. As antocianinas totaise compostos fenólicostotais
    apresentaram aproximadamente 80% de retençãona farinha e 90 % nos grãos. Para o teor de
    taninos, a retenção obtida foi de 74,97% e 76,27%, respectivamentepara farinha e grão. Nas
    análises de flavonóides do genótipo Tx430, as 3-DXAs apresentaram retenção de
    aproximadamente 71 % na farinha e de 63% no farelo. Para as flavonasopercentual foi de
    86% e 71% respectivamente parafarinha e farelo. Asflavanonasapresentaram retenção de
    88% na farinha e 77% no farelo ao longo do armazenamento para as três temperaturasem
    estudo.


  • Mostrar Abstract
  • Sorghum is one of the oldest tillagesin the world and is part of the basic food
    of millions of people in Africa and Asia. Otherwise, sorghum is most used in animal feeding
    in the countries of the Americas. The important discovery of the sorghum functional
    components has attracted the attention of researchers in several fields because they have
    antioxidant properties which are able to neutralize free radicals in one’s organism and thus
    contribute to the preventionof degenerative diseases. Among sorghum bioactive compounds
    are the phenolics and the flavonoids. Some studies indicate the effect of thermal processing on
    its bioactive compounds, however, it is necessary to size up the optimal period and
    temperature of storage in order to completely introduce it in human nourishment. The present
    study aimed to avaluatethe stability of bioactive compounds in sorghum grains, flour and
    bran during the storage period. SC 319 genotype grains and flour provided by Embrapa 
    Corn and Sorghum (Sete Lagoas, MG, Brazil) and Tx 430 genotype flour and bran provided
    by Texas A&M (University, College Station. United States) were used. The grains, flour and
    bran were stored in three different temperatures (4°, 25° and 40° C) and analyzed prior the
    storage time, and 60, 120 and 180 days after it. The 3-deoxiantocianidina content (3-DXAs)
    of the SC 319 genotype grains and flour was analyzed by high-performance liquid
    chromatography (CLAE). Their colors (Conica Minolta colorimeter), total phenolic
    compounds, anthocyanins and tannins were analyzed by spectrophotometry. The 3-DXA,
    flavone and flavanone contents of Tx 430 genotype flour and bran were evaluated by CLAE.
    The results were evaluated by ANOVA and by Tukey’s probability test(p<0.05). The results
    of SC 319 genotype grains and flour analyses showed that the retention of 3-DXAs was of
    60% in the grains and of 70% in the flour, in all the three temperatures during storage. The
    total anthocyanins and total phenolic compounds showed retention of approximately 80% in
    the flour and 90% in the grains. The retention of tannin content was of 74.97% in the flour
    and of 76.27% in the grains. The analyzes of Tx 430 genotype flavonoids showed the 3-DXA
    retention of approximately 71% in the flour and of 63% in the bran. For the flavones, the
    percentage of retention was of 86% inthe flour and of 71% in the bran. The flavanones
    showed retention of 88% in the flour and of 77% in the bran, during the storage period for the
    three temperatures studied.

SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01