Dissertações/Teses
2021
Dissertações
1
  • ÉRICA DOMINGUES DE SOUZA
  • SUICÍDIO, OUTRAS MORTES E A DESESPERANÇA ENTRE ADOLESCENTES

  • Orientador : NADJA CRISTIANE LAPPANN BOTTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DENISE ALVES GUIMARAES
  • NADJA CRISTIANE LAPPANN BOTTI
  • RONALDO SANTHIAGO BONFIM DE SOUZA
  • Data: 19/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • Souza ED. Suicídio, outras mortes e a desesperança entre adolescentes [Dissertação]. Divinópolis: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de São João Del Rei; 2021.


    RESUMO

    O suicídio é apontado como grave problema de saúde pública, decorrente da interação de fatores sociais, psicológicos e culturais. Representando a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 e 29 anos. Esse estudo teve como objetivo compreender as relações entre níveis desesperança e as representações do suicídio e outras mortes de adolescentes estudantes de duas escolas pública de Divinópolis – MG. Trata-se de um estudo explicativo, de delineamento descritivo, transversal, com abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa adolescentes entre 15 e 19 anos regularmente matriculados em escolas públicas. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevista semiestruturada, com 40 adolescentes que foram subdivididos em dois grupos: baixa e alta desesperança. Para análise dos dados foi utilizada a Análise de Conteúdo de Bardin. Observou-se a ideia de suicídio que reverbera julgamento moral, simplista e de causa/efeito, e a ideia de morte como um enigma, algo incógnito e inexplicável e que não é pensado. Além disso a morte por suicídio como impensado e a morte como uma expectativa positiva foi mais encontrada entre os adolescentes com alta desesperança, já a morte por suicídio como ideia negativa, que reverbera disponibilidade de ajuda, e a morte enquanto um acontecimento da vida inevitável e uma expectativa ambígua foram mais presentes entre os adolescentes com baixa desesperança. As representações sociais dos participantes e a desesperança podem estar relacionados, bem como a fase de vida, as vivências pessoais e sociais.


  • Mostrar Abstract
  • Souza ED. Suicide, other deaths and hopelessness among adolescents [Dissertation]. Divinópolis: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de São João Del Rei; 2021.

    ABSTRACT

    Suicide is identified as a serious public health problem, resulting from the interaction of social, psychological and cultural factors. Representing the second leading cause of death among young people between 15 and 29 years old. This study aimed to understand the relationship between hopelessness levels and representations of suicide and other deaths of adolescent students from two public schools in Divinopolis - MG. This is an explanatory study, with a descriptive, cross-sectional design, with a qualitative approach. Adolescents between 15 and 19 years of age regularly enrolled in public schools participated in the research. Data collection took place through semi-structured interviews, with 40 adolescents who were subdivided into two groups: low and high hopelessness. For data analysis, Bardin Content Analysis was used. It was observed the idea of suicide that reverberates with a moral, simplistic and cause / effect judgment, and the idea of death as an enigma, something incognito and inexplicable and that is not thought out. In addition, death by suicide as unthinkable and death as a positive expectation was more found among adolescents with high hopelessness, whereas death by suicide as a negative idea, which reverberates availability of help, and death as an inevitable and life event, an ambiguous expectation was present among adolescents with low hopelessness. The participants' social representations and hopelessness can be related, as well as the life stage, personal and social experiences.

2
  • CÁSSIA MARIA DIAS
  • PROTOCOLO PARA FOLLOW-UP POR TELEFONE DE PESSOAS COM NEOPLASIAS MALIGNAS GASTROINTESTINAIS EM
    TRATAMENTO ANTINEOPLÁSICO

  • Orientador : PATRICIA PERES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PATRICIA PERES DE OLIVEIRA
  • QUENIA CAMILLE SOARES MARTINS
  • THALYTA CRISTINA MANSANO SCHLOSSER
  • Data: 26/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • DIAS, C. M. Protocolo para follow-up por telefone de pessoas com neoplasias
    malignas gastrointestinais em tratamento antineoplásico. 2021. 123 p.
    Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Programa de pós-Graduação em
    enfermagem, Universidade Federal de São João del-Rei, Divinópolis, Minas Gerais,
    2021.


    RESUMO
    Introdução: Na conjuntura oncológica, tem ocorrido um aumento na utilização de
    tratamentos ambulatoriais, que representam um contexto diferente da hospitalização.
    Em comparação com o ambiente hospitalar, a quimioterapia antineoplásica (QT)
    ambulatorial resulta em uma melhor qualidade de vida (QV) e menores custos de
    tratamento para os pacientes. No entanto, administrar QT ambulatorial é desafiador
    devido à alta demanda, às pressões do tempo e ao baixo nível de controle. Além disso,
    os pacientes podem precisar receber medicamentos essenciais e os efeitos colaterais
    costumam ocorrer em casa. As toxicidades do tratamento devido à QT sistêmica são
    prevalentes e, frequentemente, pouco reconhecidas, resultando em altas taxas de
    sintomas desconfortáveis e, por consequência, visitas evitáveis ao pronto-socorro,
    além de hospitalizações. Pacientes submetidos à QT apresentam em média oito
    sintomas e efeitos colaterais diferentes. Objetivo: Como objetivo geral este trabalho
    pretendeu-se: Construir e validar construção e avaliação de conteúdo de protocolos
    para o acompanhamento por telefone na redução dos efeitos colaterais (inapetência,
    náusea e vômito, diarreia e constipação) associados à quimioterapia antineoplásica
    ambulatorial para pessoas com neoplasia maligna gastrointestinal. Método: Trata-se
    de um estudo metodológico, com abordagem quantitativa. Realizado no período de
    setembro a novembro de 2020. Foram desenvolvidos segundo o referencial
    metodológico da psicometria de Pasquali. O percurso metodológico deste estudo foi
    realizado nas seguintes etapas: Etapa 1 - Scoping review, em busca do nível das
    evidências científicas; Etapa 2 - Construção dos protocolos; Etapa 3 - Validação do
    conteúdo e de aparência por meio da técnica de Delphi. Para avaliação de conteúdo,
    empregou-se a técnica de Delphi em duas rodadas (Delphi I [16 juízes] e Delphi II [12
    juízes]) e, considerou-se válidos aqueles itens com Coeficiente de Validação de
    Conteúdo (CVC) maior que 0,80 e consenso de mais de 80,0% na técnica de Delphi.
    Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e inferencial (Teste
    binominal). O estudo foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade
    Federal de São João del-Rei e aprovado sob Parecer nº 2.010.532. Resultados:
    Todos os requisitos dos protocolos alcançaram concordância entre os juízes superior
    a 80,0%, bem como todos os itens atingiram níveis de avaliação estatisticamente
    significativos. Ao final do Delphi II, os quatro protocolos se apresentaram
    expressivamente válidos (inapetência [CVC = 0,98]; náusea e vômito [CVC = 0,99];
    diarreia [CVC = 0,99]; e, constipação [CVC = 0,98]). Conclusão: O conteúdo dos
    protocolos demonstrou alta credibilidade e, sua adoção nas instituições de saúde,
    pode contribuir para o acompanhamento por telefone na redução dos efeitos colaterais
    (inapetência, náusea e vômito, diarreia e constipação) associados à quimioterapia
    antineoplásica ambulatorial para pessoas com neoplasia maligna gastrointestinal.


  • Mostrar Abstract
  • DIAS, C. M. Protocol for telephone follow-up of people with gastrointestinal
    malignancies undergoing antineoplastic treatment. 2021. 123 p. Thesis (Master of
    Science) – Postgraduate Program Master's Degree in Nursing, Universidade Federal
    de São João del-Rei, São João del-Rei, Divinópolis, Minas Gerais, Brazil, 2018.
    ABSTRACT
    Introduction: In the oncological situation, there has been an increase in the use of
    outpatient treatments, which represent a different context from hospitalization.
    Compared to the hospital environment, outpatient antineoplastic chemotherapy (QT)
    results in a better quality of life and lower treatment costs for patients. However,
    administering outpatient QT is challenging due to high demand, time pressures and
    low level of control. In addition, patients may need to receive essential drugs and side
    effects usually occur at home. Treatment toxicities due to systemic QT are prevalent
    and often little recognized, resulting in high rates of uncomfortable symptoms and,
    consequently, avoidable visits to the emergency room, in addition to hospitalizations.
    Patients undergoing QT have an average of eight different symptoms and side effects.
    Objective: The general objective of this work was to: Build and validate construction
    and content evaluation of protocols for telephone follow-up in reducing side effects
    (inappetence, nausea and vomiting, diarrhea and constipation) associated with
    outpatient antineoplastic chemotherapy for people with malignant neoplasia
    gastrointestinal. Method: This is a methodological study, with a quantitative approach.
    Held in the period from September to November 2020. They were developed according
    to Pasquali's psychometric methodological framework. The methodological path of this
    study was carried out in the following stages: Stage 1 - Scoping review, in search of
    the level of scientific evidence; Step 2 - Construction of the protocols; Step 3 - Content
    and appearance validation using the Delphi technique. For content evaluation, the
    Delphi technique was used in two rounds (Delphi I [16 judges] and Delphi II [12 judges])
    and those items with Content Validation Coefficient (CVC) greater than 0 were
    considered valid, 80 and a consensus of more than 80.0% on the Delphi technique.
    The data were analyzed using descriptive and inferential statistics (Binominal test).
    The study was submitted to the Research Ethics Committee of the Federal University
    of São João del-Rei and approved under Opinion No. 2,010,532. Results: All the
    requirements of the protocols reached agreement between the judges above 80.0%,
    as well as all items reached statistically significant levels of evaluation. At the end of
    Delphi II, the four protocols were expressively valid (inappetence [CVC = 0.98]; nausea
    and vomiting [CVC = 0.99]; diarrhea [CVC = 0.99]; and constipation [CVC = 0.98]).
    Conclusion: The content of the protocols demonstrated high credibility and, its
    adoption in health institutions, can contribute to follow-up by phone in reducing the side
    effects (inappetence, nausea and vomiting, diarrhea and constipation) associated with
    outpatient antineoplastic chemotherapy for people with gastrointestinal malignancy.

3
  • LEILIANE RODRIGUES MAGALHÃES
  • REFRATARIEDADE DA ESQUIZOFRENIA E A OCORRÊNCIA DE POLIMORFISMOS GENÉTICOS NO GENE 5HT2A

  • Orientador : RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CAMILA SOUZA DE ALMEIDA
  • RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • Data: 26/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • Magalhães, L. R. Refratariedade da Esquizofrenia e a Ocorrência de Polimorfismos Genéticos no Gene 5HT2A [Dissertação]. Divinópolis: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico, Universidade Federal De São João Del-Rei; 2021.
    RESUMO
    Introdução: A esquizofrenia é considerada um grave problema de saúde pública. Quando o paciente não responde a duas ou mais classes de antipsicóticos, ele é considerado “resistente” ao tratamento ou “refratário”. A esquizofrenia refratária (ER) afeta 8 milhões de pessoas em todo o mundo. Acredita-se que a sua etiologia seja multifatorial, incluindo fatores ambientais e genéticos. O objetivo deste estudo foi estimar a prevalência dos polimorfismos genéticos rs6305, rs6314 e rs6311 e associações com a ocorrência da esquizofrenia. Metodologia: Trata-se de um estudo genético-molecular do tipo caso-controle. Os 216 participantes foram divididos em 3 grupos, sendo eles: casos I- pacientes com diagnóstico médico de esquizofrenia refratária, casos II- pacientes com outros tipos de esquizofrenia e grupo controle – composto por pessoas que não apresentaram nenhum diagnóstico de transtorno mental. Foi aplicado um questionário estruturado para coleta de dados sociodemográficos e, posteriormente, realizou a coleta de material biológico para a análise genética. Para a análise genética foram realizadas as técnicas de extração de DNA, Reação em Cadeia da Polimerase (PCR), Restriction Fragment Length Polymorphism (RFLP) e PCR em tempo real. As análises estatísticas apresentaram como finalidade descartar ou confirmar a associação entre o surgimento da esquizofrenia refratária e a exposição genética, através da utilização do teste estatístico Qui-Quadrado de Pearson (x2) e assim, comparar as frequências alélicas e genotípicas entre os grupos casos I, casos II e controles por meio da regressão logística simples (valor de Odds Ratio não-ajustado). Posteriormente, foi realizado um modelo de dominância e recessividade entre os grupos de portadores de esquizofrenia refratária e o de controles para verificar a ocorrência do efeito entre eles. Para todos os testes foram utilizados um nível de significância de 5% (p< 0,05). Resultados: Não foi encontrada associação dos polimorfismos rs6305 e rs6314 com a ocorrência da esquizofrenia refratária. Porém, foi observada uma diferença estatisticamente significante dos genótipos para o polimorfismo rs6311 na comparação do grupo de pacientes com esquizofrenia refratária com o grupo controle (p valor= 0,027). Verificou-se também uma associação no modelo A dominante (valor-p=0,042) e o modelo heterose (valor-p=0,008) entre os grupos controle e pacientes ER. Conclusão: Apesar de este estudo ter encontrado associação do polimorfismo rs6311 com a esquizofrenia, é necessário que novos estudos aconteçam com amostras maiores para uma melhor compreensão da genética da esquizofrenia envolvendo a população brasileira.


  • Mostrar Abstract
  • Magalhães, L. R. Refractory of Schizophrenia and the Occurrence of Genetic Polymorphisms in the 2HT2A Gene [Dissertation]. Divinópolis: Graduation Program in academic másters in nursing, Universidade Federal de São João Del rei, 2021.
    ABSTRACT
    Introduction: Schizophrenia is considered a major public health problem. When the patient does not respond to two or more antipsychotic classes, he is considered “resistant” to treatment or “refractory.” Refractory schizophrenia (ER) affects 8 million people worldwide. Its etiology is believed to be multifactorial, including environmental and genetic factors. The study aimed to estimate the prevalence of rs6305, rs6314, and rs6311 genetic polymorphisms and associations with the occurrence of schizophrenia. Methodology: This is a case-control genetic-molecular study. The 216 participants were divided into 3 groups, which are: cases I- patients with a medical diagnosis of refractory schizophrenia, cases II- patients with other types of schizophrenia, and a control group - composed of people who do not analyze any diagnosis of mental disorder. A structured questionnaire was collected for the collection of sociodemographic data and, subsequently, the collection of biological material for genetic analysis was carried out. For genetic analysis, DNA extraction techniques, Polymerase Chain Reaction (PCR), Restriction Fragment Length Polymorphism (RFLP), and real-time PCR were performed. Statistical analyzes such as discarding or confirming the association between the onset of refractory schizophrenia and genetic exposure, using Pearson's Chi-Square statistical test (x2) and thus comparing the allele and genotypic frequencies between the case I groups, cases II, and controls through simple logistic regression (Odds Ratio value not adjusted). Subsequently, a model of dominance and recessivity was performed between the groups of patients with refractory schizophrenia and that of controls to verify the occurrence of the effect between them. For all tests, a significance level of 5% (p <0.05) was used. Results: There was no association between rs6305 and rs6314 polymorphisms with the occurrence of refractory schizophrenia. However, a statistically significant difference in genotypes was observed for the rs6311 polymorphism compared with the group of patients with refractory schizophrenia with the control group (p-value = 0.027). It was also noticed an association in the dominant model A (p-value = 0.042) and the heterosis model (p-value = 0.008) between the control groups and ER patients. Conclusion: Although this study found an association of the rs6311 polymorphism with schizophrenia, new studies must happen with larger samples for a better understanding of schizophrenia genetics embracing the Brazilian population.

4
  • GLADSON HENRIQUE SILVA
  • CIRURGIA BARIÁTRICA: ACURÁCIA PERCEPTIVA, SATISFAÇÃO CORPORAL E QUALIDADE DE VIDA

  • Orientador : RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • SANDRA VELENZUELA SUAZO
  • Data: 26/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • SILVA, G. H. Cirurgia bariátrica: acurácia perceptiva, satisfação corporal e qualidade de vida. [Dissertação]. Divinópolis: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem - Mestrado Acadêmico da Universidade Federal de São João Del-Rei - 2020.
    RESUMO
    Introdução: A obesidade tem aumentado de forma significativa em todo mundo, dados demonstram que sua prevalência dobrou desde 1980, sendo atualmente de 5% em crianças e 12% em adultos (ZHANG et al, 2020).
    A obesidade é considerada quando o Índice de Massa Corporal (IMC) encontra-se acima de 30 kg/m². Sendo a sua gravidade classificada em grau I (moderado excesso de peso), quando o IMC situa-se entre 30 e 34,9 kg/m2, grau II (obesidade leve ou moderada) com IMC entre 35 e 39,9 kg/m2 e, por fim, obesidade grau III (obesidade mórbida) na qual IMC ultrapassa 40 kg/m2 (FLEGAL et al, 2014; OMS, 2015).
    O tratamento convencional para a obesidade de grau III (obesidade mórbida), tem produzido resultados insatisfatórios, com 95% dos pacientes recuperando seu peso inicial em até dois anos. A indicação de cirurgia bariátrica vem assim se tornando mais frequente para esses casos, devido à baixa resolutividade da abordagem clínica convencional.
    Esta pesquisa assim propõe avaliar a acurácia/inacurácia perceptiva, a satisfação/insatisfação corporal e a qualidade de vida de pacientes que foram submetidos a cirurgia bariátrica levando em consideração o tempo de pós-operatório para elucidar possíveis mudanças comportamentais e perceptuais envolvidos nesse processo.
    Objetivo: Avaliar a acurácia perceptiva, a satisfação corporal e a qualidade de vida dos pacientes submetidos a cirurgia bariátrica.
    Métodos: Estudo transversal realizado com 305 pacientes de uma clínica de médio porte referência na execução de cirurgias bariátricas na região Centro-Oeste de Minas Gerais. Foi utilizada uma escala de avaliação da acurácia perceptiva e satisfação corporal e outra para avaliar a qualidade de vida. Realizou-se análise descritiva dos dados.
    Resultados: Estatisticamente, a distância interquatílica entre os pacientes (305) não demonstrou influência nas variáveis qualidade de vida, satisfação corporal e acurácia perceptiva.
    Conclusão: O tempo de cirurgia bariátrica não influencia na qualidade de vida considerada boa, na distorção da imagem corporal e na insatisfação que os pacientes apresentaram no respectivo estudo em um período de 13 anos após o procedimento.


  • Mostrar Abstract
  • SILVA, G. H. Bariatric surgery: perceptual accuracy, body satisfaction and quality of life. [Thesis]. Divinópolis: Nursing Graduate Program - Academic Master's Degree of the Universidade Federal de São João Del-Rei - 2020.
    ABSTRACT
    Introduction: Obesity has increased significantly worldwide, data showing that its prevalence has doubled since 1980, currently being 5% in children and 12% in adults (ZHANG et al, 2020).
    Obesity is considered when the Body Mass Index (BMI) is above 30 kg / m². Its severity being classified as grade I (moderate excess weight), when the BMI is between 30 and 34.9 kg / m2, grade II (mild or moderate obesity) with a BMI between 35 and 39.9 kg / m2 and, finally, grade III obesity (morbid obesity) in which BMI exceeds 40 kg / m2 (FLEGAL et al, 2014; WHO, 2015).
    Conventional treatment for grade III obesity (morbid obesity) has produced unsatisfactory results, with 95% of patients regaining their initial weight in up to two years. The indication for bariatric surgery has thus become more frequent in these cases, due to the low resolution of the conventional clinical approach.
    This research thus proposes to evaluate the perceptual accuracy / inaccuracy, body satisfaction / dissatisfaction and the quality of life of patients who underwent bariatric surgery taking into account the postoperative time to elucidate possible behavioral and perceptual changes involved in this process.
    Objective: To evaluate the perceptual accuracy, body satisfaction and quality of life of patients undergoing bariatric surgery.
    Methods: cross-sectional study carried out with 305 patients from a medium-sized reference clinic in the execution of bariatric surgeries in the Midwest region of Minas Gerais. One scale was used to assess perceptual accuracy and body satisfaction and another to assess quality of life. Descriptive analysis of the data was performed.
    Results: Statistically, the interquatile distance between patients (305) did not show any influence on the variables quality of life, body satisfaction and perceptual accuracy.
    Conclusion: The time of bariatric surgery does not influence the quality of life considered good, the distortion of body image and the dissatisfaction that patients presented in the respective study over a period of 13 years after the procedure.

2020
Dissertações
1
  • ROSILENE APARECIDA COSTA AMARAL
  • BUNDLE PARA PREVEÇÃO E MANEJO DAS COMPLICAÇÕES RELACIONADAS A NEUTROPENIA DE PACIENTES ONCOLÓGICOS: estudo metodológico

  • Orientador : PATRICIA PERES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KELLI BORGES DOS SANTOS
  • EDILENE APARECIDA ARAUJO DA SILVEIRA
  • PATRICIA PERES DE OLIVEIRA
  • Data: 14/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • AMARAL, R. A. C. Bundle para prevenção e manejo das complicações relacionadas a neutropenia de pacientes oncológicos: estudo metodológico. Defesa da Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Universidade Federal de São João del-Rei, Divinópolis-MG, 2020. RESUMO Um dos tratamentos mais utilizados para o câncer é a quimioterapia antineoplásica, que possui eficácia, porém ela pode causar inúmeros efeitos colaterais. Um dos mais comuns é a Neutropenia Febril (NF). Objetivou-se construir e avaliar um bundle para a prevenção e o manejo das complicações da neutropenia de pacientes oncológicos. Trata-se de um estudo metodológico, com abordagem quantitativa, para a construção, validação do conteúdo e avaliação de um bundle assistencial a prevenção e o manejo da neutropenia de pacientes oncológicos. O percurso metodológico deste estudo foi realizado nas seguintes etapas: Etapa 1 - Scoping review, em busca do nível das evidências científicas; Etapa 2 - Construção do bundle; Etapa 3 - Validação do conteúdo (determinará a representatividade e adequação dos domínios, itens e orientações do bundle) por meio da técnica de Delphi; Etapa 4 – Avaliação do bundle – teste piloto. Para avaliação de conteúdo, aplicou-se a técnica de Delphi em duas rodadas (Delphi I [16 juízes] e Delphi II [14 juízes]) e considerou-se válidos aqueles itens com Coeficiente de Validação de Conteúdo (CVC) maior que 0,78 e consenso de mais de 80,0%. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial (Teste binominal). Resultados: na scoping review foram recuperados um total de 7.884 registros e mantidos 27 estudos para a revisão. Os principais cuidados de enfermagem foram relacionados: fatores de risco de neutropenia febril, prevenção de infecção e sepse neutropênica, protocolos para uso de fatores estimuladores de colônias e para introdução antibioticoterapia. O bundle construído foi dividido em condutas quanto aos fatores de risco, a prevenção, ao manejo, ao manejo específico para pediatria e a equipe de enfermagem. Todos os requisitos do bundle alcançaram concordância entre os juízes superior a 80,0%, bem como todos os itens alcançaram níveis de avaliação estatisticamente significativos. Ao final do Delphi I e Delphi II, o bundle se apresentou expressivamente válidos com CVC = 0,92 e CVC = 0,93, respectivamente. Concluiu-se que o conteúdo do bundle demonstrou alta credibilidade e, sua adoção nas instituições de saúde, pode contribuir para a qualidade da assistência e das condutas dos profissionais frente a prevenção e manejo das complicações de pacientes oncológicos neutropênicos.


  • Mostrar Abstract
  • AMARAL, R. A. C. Bundle for prevention and management of neutropenia-related complications in cancer patients: methodological study. Dissertation Defense (Master in Nursing) - Federal University of São João del-Rei, Divinópolis-MG, 2020.
    ABSTRACT
    One of the most widely used treatments for cancer is antineoplastic chemotherapy, which is effective, but it can cause numerous side effects. One of the most common is Febrile Neutropenia (NF). The objective was to build a bundle for the prevention and management of the complications of neutropenia in cancer patients. This is a methodological study, with a quantitative approach, for the construction, content validation and evaluation of a care bundle for the prevention and management of neutropenia in cancer patients. The methodological course of this study was carried out in the following steps: Step 1 - Scoping review, seeking the level of scientific evidence; Step 2 - Build the bundle; Step 3 - Validation of content and appearance (will determine the representativeness and suitability of bundle domains, items and guidelines) by the Delphi technique Step 4 - Bundle Evaluation - Pilot Test. For content evaluation, the Delphi technique was applied in two rounds (Delphi I [16 judges] and Delphi II [14 judges]) and those items with Content Validation Coefficient (CVC) greater than 0 were considered valid. 78 and consensus of more than 80.0%. Data were analyzed using descriptive and inferential statistics (binominal test). Results: The scoping review retrieved a total of 7,884 records and maintained 27 studies for the review. The main nursing care were related: risk factors for febrile neutropenia, prevention of infection and neutropenic sepsis, protocols for the use of colony stimulating factors and for the introduction of antibiotic therapy. The built bundle was divided into conducts regarding risk factors, prevention, management, pediatric specific management and the nursing staff. All bundle requirements reached agreement between judges greater than 80.0%, and all items achieved statistically significant assessment levels. At the end of Delphi I and Delphi II, the bundle was expressively valid with CVC = 0.92 and CVC = 0.93, respectively. It was concluded that the content of the bundle demonstrated high credibility and its adoption in health institutions can contribute to the quality of care and professional conduct regarding the prevention and management of complications of neutropenic cancer patients.

2
  • GABRIELA GONCALVES AMARAL
  •  
     
     
    AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES PSICOMÉTRICAS DA ESCALA DE AVALIAÇÃO DA CONSERVAÇÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS
     
  • Orientador : VALERIA CONCEICAO DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VALERIA CONCEICAO DE OLIVEIRA
  • DANIEL NOGUEIRA CORTEZ
  • FERNANDA PENIDO MATOZINHOS
  • Data: 17/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: O sucesso dos programas nacionais de imunizações se dá em grande parte pela adequada manutenção de altas coberturas vacinais, bem como boas práticas de manutenção da cadeia de frio de conservação de imunobiológicos. A cadeia de frio compreende todo o trajeto que os imunobiológicos, percorre desde sua fabricação até o momento de serem administrados em usuários, sendo necessário um sistema de armazenamento e transporte efetivo a fim de mantê-los nas temperaturas recomendadas, de acordo com a termoestabilidade. Dada a importância da cadeia de frio para o efeito da imunização, é importante a validação de um instrumento que possa mensurar a manutenção dessa cadeia com base nas normas técnicas estipuladas pelo programa nacional de imunizações, principalmente na sala de imunização, que ocupa posição estratégica na cadeia de frio. Objetivo: analisar as qualidades psicométricas da Escala de Avaliação da Conservação de Imunobiológicos (EACI). Métodos: Realizou-se um estudo piloto para verificação da compreensibilidade da EACI. Aplicou-se a EACI aos enfermeiros e ou auxiliares/técnicos de enfermagem atuantes nas respectivas salas. Aferiu-se a consistência interna e a reprodutibilidade temporal, por meio do teste-reteste, para fins de certificar a confiabilidade da EACI, utilizando-se o coeficiente alfa de Cronbach e o coeficiente de correlação intraclasse, respectivamente. A validade de construto foi atestada por meio do teste de hipóteses e da validade estrutural, utilizando o teste de Mann-Whitney para comparação das medianas dos grupos-critérios e análise fatorial exploratória para definição estrutural. Para a definição da interpretabilidade da EACI, a construção do escore considerou-se as pontuações atribuídas para cada resposta dos itens como definido pela EACI. A definição da estratificação do escore baseou-se no consenso entre as pesquisadoras. Resultados: Totalizaram-se 278 salas
    de imunização visitadas. No estudo piloto, foi atestada a compreensão dos itens, bem como a clareza da sua linguagem, não sendo necessária a revisão dos itens. A EACI apresentou-se consistentes internamente (alfa de Cronbach: 0,72 [IC95%: 0,666 a 0,763]) e reprodutível temporalmente (CCI: 0,948 [IC95%: 0,911 a 0,981]), composta por um conjunto de itens capazes de explicar uma proporção da variância de 72% além de apresentar evidências na discriminação dos grupos-critérios (p = 0,0025). O escore obtido pela versão final da EACI
    representou 15 pontos, estratificado em: 0 ─ 9 pontos (Manutenção da cadeia de frio não adequada para a sala de imunização) e 10 ─ 15 (Manutenção da cadeia de frio adequada para a sala de imunização). Conclusão: A EACI mostrou-se confiável e válida para mensuração da manutenção da cadeia de frio de conservação de imunobiológicos nas salas de imunização, além do mais configura-se como o primeiro instrumento disponível na literatura brasileira e internacional para tal construto, tornando-se potencial para a avaliação da cadeia de frio,
    evidenciando demandas e entraves, permitindo a otimização das atividades relacionadas à conservação de imunobiológicos.

  • Mostrar Abstract
  • Introdução: O sucesso dos programas nacionais de imunizações se dá em grande parte pela adequada manutenção de altas coberturas vacinais, bem como boas práticas de manutenção da cadeia de frio de conservação de imunobiológicos. A cadeia de frio compreende todo o trajeto que os imunobiológicos, percorre desde sua fabricação até o momento de serem administrados em usuários, sendo necessário um sistema de armazenamento e transporte efetivo a fim de mantê-los nas temperaturas recomendadas, de acordo com a termoestabilidade. Dada a importância da cadeia de frio para o efeito da imunização, é importante a validação de um instrumento que possa mensurar a manutenção dessa cadeia com base nas normas técnicas estipuladas pelo programa nacional de imunizações, principalmente na sala de imunização, que ocupa posição estratégica na cadeia de frio. Objetivo: analisar as qualidades psicométricas da Escala de Avaliação da Conservação de Imunobiológicos (EACI). Métodos: Realizou-se um estudo piloto para verificação da compreensibilidade da EACI. Aplicou-se a EACI aos enfermeiros e ou auxiliares/técnicos de enfermagem atuantes nas respectivas salas. Aferiu-se a consistência interna e a reprodutibilidade temporal, por meio do teste-reteste, para fins de certificar a confiabilidade da EACI, utilizando-se o coeficiente alfa de Cronbach e o coeficiente de correlação intraclasse, respectivamente. A validade de construto foi atestada por meio do teste de hipóteses e da validade estrutural, utilizando o teste de Mann-Whitney para comparação das medianas dos grupos-critérios e análise fatorial exploratória para definição estrutural. Para a definição da interpretabilidade da EACI, a construção do escore considerou-se as pontuações atribuídas para cada resposta dos itens como definido pela EACI. A definição da estratificação do escore baseou-se no consenso entre as pesquisadoras. Resultados: Totalizaram-se 278 salas
    de imunização visitadas. No estudo piloto, foi atestada a compreensão dos itens, bem como a clareza da sua linguagem, não sendo necessária a revisão dos itens. A EACI apresentou-se consistentes internamente (alfa de Cronbach: 0,72 [IC95%: 0,666 a 0,763]) e reprodutível temporalmente (CCI: 0,948 [IC95%: 0,911 a 0,981]), composta por um conjunto de itens capazes de explicar uma proporção da variância de 72% além de apresentar evidências na discriminação dos grupos-critérios (p = 0,0025). O escore obtido pela versão final da EACI representou 15 pontos, estratificado em: 0 ─ 9 pontos (Manutenção da cadeia de frio não adequada para a sala de imunização) e 10 ─ 15 (Manutenção da cadeia de frio adequada para a sala de imunização). Conclusão: A EACI mostrou-se confiável e válida para mensuração da manutenção da cadeia de frio de conservação de imunobiológicos nas salas de imunização, além do mais configura-se como o primeiro instrumento disponível na literatura brasileira e internacional para tal construto, tornando-se potencial para a avaliação da cadeia de frio,
    evidenciando demandas e entraves, permitindo a otimização das atividades relacionadas à conservação de imunobiológicos.
3
  • MATHEUS RAMOS LOPES
  • PREPARANDO PARA O PROCESSO DO PARTO: entre expectativas e vivências
  • Orientador : EDILENE APARECIDA ARAUJO DA SILVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDILENE APARECIDA ARAUJO DA SILVEIRA
  • PATRICIA PERES DE OLIVEIRA
  • LUCIANA DE LOURDES QUEIROGA GONTIJO NETTO MAIA
  • DANÚBIA MARIANE BARBOSA JARDIM DE CARVALHO
  • Data: 17/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    Introdução: A gravidez é um momento importante na vida da mulher e nela ocorrem diversas
    modificações biopsicossociais que a preparam para o parto. Particularmente os sentimentos
    trazem reflexões acerca do processo parturitivo relacionadas à capacidade de gerir, parir e cuidar.
    Diante disso pensando no bem estar psíquico da gestante no ultimo trimetre de gestação perguntamo-nos
    qual a visão da mulher primigesta acerca do parto? Objetivo: compreender a vivência da mulher
    primigesta acerca do parto. Metodologia: trata-se de um estudo descritivo, exploratório de
    natureza qualitativa tendo como referencial teórico o Interacionalismo Simbólico. Foi realizada a
    coleta de dados por meio de observação participante, entrevista semi estruturada no pré e pós
    parto e aplicação de bodymapping. Todas as entrevistas em questão foram gravadas e transcritas
    na íntegra para que pudéssemos compreender da melhor forma possível às vivências das
    gestantes no momento da gestação, além das expectativas e anseios dessas entrevistadas em
    questão acerca do tema Parto. Os dados foram analisados por meio de análise de conteúdo
    proposta por Bardin. Resultados: Participaram do estudo 11 mulheres no pré parto e 05 no grupo
    focal e pós parto. Para a coleta dos dados da pesquisa em questão foram realizadas entrevistas
    semi estruturadas no pré parto, aonde as mulheres puderam externar seus sentimentos acerca do
    que as mesmas esperavam sobre o seu parto. Das mulheres que realizaram as entrevistas, 90,9%
    eram casadas e 9,1% solteiras. Das cinco mulheres que responderam as entrevistas semi
    estruturadas, quatro tiveram o parto normal conforme planejado e uma passou por uma cesariana
    em função do posicionamento pélvico de seu bebê. Frente à avaliação dos dados coletados nas
    entrevistas, foram identificados 04 (Quatro) categorias de discussão: Expectativas para o parto/Parto real;
    Fatores indicados pela gestante que poderão ajudá-la no processo parturitivo; Fatores indicados pela
    gestante que poderão atrapalhá-la no processo parturitivo; Visão sobre sobre o futuro. Conclusão:
    Evidencia-se que o parto tem poder transformador no que diz respeito à ressignificação de paradigmas
    culturais e sociais, principalmente no que diz respeito a mudança do olhar acerca daquilo que realmente
    ajuda e atrapalha. A interação social com profissionais e rede social possui aspectos significativos que
    auxiliam no enfrentamento do parto. Porem há outros pontos, cujo significado, traz dificuldades.

  • Mostrar Abstract

  • Introduction:

    Pregnancy is an important moment in a woman's life and several biopsychosocial changes that prepare her for childbirth. Particularly the feelings bring reflections about the parturitive process related to the ability to manage, give birth and care. Given this, thinking about the psychological well-being of the pregnant woman in the last trimester of pregnancy, we ask ourselves what is the view of primiparous women about childbirth? Objective: to understand the experience of women primigravida about childbirth. Methodology: this is a descriptive, exploratory study of qualitative nature with Symbolic Interactionism as its theoretical framework. The data collection through participant observation, semi structured interview before and after delivery and application of bodymapping. All interviews in question were recorded and transcribed in full so that we could understand the experiences of pregnant women at the time of pregnancy, in addition to the expectations and desires of these interviewees in question about the theme Childbirth. The data were analyzed through content analysis proposed by Bardin. Results: 11 women in the pre-delivery and 05 in the group participated in the study. focal and postpartum. For the collection of data from the research in question, interviews were conducted semi-structured in pre-delivery, where women could express their feelings about the that they expected about their birth. Of the women who conducted the interviews, 90.9% they were married and 9.1% were single. Of the five women who answered the semi interviews structured, four had a normal delivery as planned and one underwent a cesarean depending on your baby's pelvic position. In view of the evaluation of data collected in interviews, four (4) discussion categories were identified: Expectations for childbirth / actual childbirth; Factors indicated by the pregnant woman that may help her in the parturition process; Factors indicated by pregnant women that may hinder her in the birth process; Vision about the future. Conclusion: It is evident that childbirth has transformative power with regard to the reframing of paradigms cultural and social aspects, especially with regard to changing the perspective on what really help and hinder. Social interaction with professionals and the social network has significant aspects that assist in coping with childbirth. However, there are other points, the significance of which brings difficulties.

4
  • LÍVIA SILVEIRA SILVA
  • SEGURANÇA DO PROFISSIONAL E OS PROBLEMAS ÉTICOS E BIOÉTICOS VIVENCIADOS POR ENFERMEIROS NO QUOTIDIANO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
  • Orientador : SELMA MARIA DA FONSECA VIEGAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SELMA MARIA DA FONSECA VIEGAS
  • PATRICIA PERES DE OLIVEIRA
  • FERNANDA MOURA LANZA
  • ROSANE GONÇALVES NITSCHKE
  • LIVIA COZER MONTENEGRO
  • Data: 18/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • SILVEIRA, L. S. Segurança do profissional e os problemas éticos e bioéticos vivenciados por
    enfermeiros no quotidiano da Atenção Primária à Saúde [Dissertação]. Divinópolis: Programa
    de Pós-Graduação do Mestrado Acadêmico em Enfermagem da Universidade Federal de São
    João del-Rei; 2019.
     
    Objetivo: compreender a segurança do profissional enfermeiro perante os problemas éticos e
    bioéticos, e vivências no quotidiano da Atenção Primária à Saúde (APS) de duas capitais
    brasileiras. Método: Estudo de Casos Múltiplos Holístico-qualitativo, fundamentado na
    Sociologia Compreensiva do Quotidiano. Contém dois casos definidos pelos cenários de duas
    capitais, Florianópolis, Santa Catarina (SC) e Belo Horizonte, Minas Gerais (MG), Brasil, teve
    como única unidade de análise “os problemas éticos e bioéticos vivenciados por enfermeiros
    no quotidiano da APS”. As fontes de evidências foram: a entrevista individual aberta intensiva
    com roteiro semiestruturado; as notas de campo; a Portaria no . 2436, de 21 de setembro de 2017,
    com fins de análise das experiências cotidianas segundo as atribuições do enfermeiro e as
    atribuições comuns aos membros da equipe; o Código de Ética da Enfermagem. A análise dos
    dados foi fundamentada na técnica da Análise de Conteúdo Temática, obedecendo à técnica
    analítica da síntese cruzada dos casos. Participaram do estudo, voluntariamente, 54 enfermeiros
    atuantes na APS, sendo 23 do município de Florianópolis e 31 do município de Belo Horizonte.
    Resultados: emergiram três categorias temáticas: Segurança do profissional enfermeiro e
    problemas éticos e bioéticos vivenciados no quotidiano da Atenção Primária à Saúde, que
    possui duas subcategorias: Segurança do profissional enfermeiro: vivências no quotidiano da
    Atenção Primária à Saúde; e Ética e Bioética no quotidiano da Atenção Primária à Saúde:
    problemas vivenciados e enfrentamento. A primeira categoria revela os problemas éticos e
    bioéticos similares entre as duas realidades pesquisadas capazes de impactar negativamente na
    segurança do profissional. A segunda categoria, Ser (bio)ético no quotidiano da Atenção
    Primária à Saúde: noções do enfermeiro, contém duas subcategorias: Ser (bio)ético; e Noções
    de Ética e Bioética. A segunda categoria traz o ser enfermeiro em seu quotidiano na APS e as
    noções de Ética e Bioética. Por fim, a categoria Ser enfermeiro no quotidiano da Atenção
    Primária à Saúde: o fazer, aprender e conviver possui duas subcategorias: Atuação do
    profissional enfermeiro no quotidiano da Atenção Primária à Saúde; e O ser enfermeiro no
    quotidiano da Atenção Primária à Saúde. Essa última categoria desvela o ser enfermeiro
    perante os cuidados, à assistência e à segurança de seus pacientes e familiares. Considerações finais: a experiência e as habilidades, os protocolos assistenciais, o uso de redes e mídias sociais
    e os espaços de discussão e capacitação referentes à Ética e Bioética podem conferir ao
    enfermeiro segurança em seu exercício profissional. As condições de infraestrutura, a
    disponibilidade de material para ações e procedimentos, a organização do trabalho, o ambiente
    e a ambiência são variáveis capazes de conferir segurança ou insegurança ao quotidiano do
    profissional. A comunicação, as questões de sigilo de informações, de acesso ao prontuário
    eletrônico, do trabalho em equipe, do inter-relacionamento profissional e do compartilhamento
    de informações, da sobrecarga de trabalho, além da cotidianidade dos Agentes Comunitários de
    Saúde na comunidade e com as famílias, a vulnerabilidade social são potenciais geradores de
    problemas éticos e bioéticos. O estudo apresenta contribuições para a área da Enfermagem e da
    Saúde, ao identificar os problemas éticos e bioéticos vivenciados por enfermeiros no quotidiano
    da APS e seu impacto sobre a segurança deste profissional. Além disso, ofereceu subsídios
    necessários ao provimento da segurança do profissional enfermeiro no quotidiano da APS.

  • Mostrar Abstract
  • Objective: to understand professional nurse’s safety in the face of ethical and bioethical
    problems, and experiences in the everyday life of Primary Health Care (PHC) in two Brazilian
    capitals. Method: a Holistic-qualitative Multiple Case Study based on Comprehensive
    Everyday Life Sociology. It contains two cases defined by the settings of two capitals,
    Florianópolis, Santa Catarina (SC) and Belo Horizonte, Minas Gerais (MG), Brazil, whose only
    unit of analysis was “ethical and bioethical problems experienced by nurses in the everyday life
    of PHC”. The sources of evidence were: intensive open individual interview with a semi
    structured script; field notes; Ordinance 2436, of September 21, 2017, in order to analyze daily
    experiences according to the nurse’s duties and the duties common to the team members; the
    Nursing Code of Ethics. Data analysis was based on the Thematic Content Analysis technique,
    following the analytical technique of cross-synthesis of cases. Fifty-four nurses working in PHC
    participated voluntarily in the study, 23 from the city of Florianópolis and 31 from the city of
    Belo Horizonte. Results: three thematic categories emerged: Professional nurse’s safety and
    ethical and bioethical problems experienced in the everyday life of Primary Health Care, which
    has two subcategories: Professional nurse’s safety: experiences in the everyday life of Primary
    Health Care; and Ethics and Bioethics in the everyday life of Primary Health Care: problems
    experienced and coping. The first category reveals the similar ethical and bioethical problems
    between the two researched realities capable of negatively impacting the professional’s safety.
    The second category, Being (bio) ethical in the everyday life of Primary Health Care: nurses’
    notions, contains two subcategories: Being (bio) ethical; and Notions of Ethics and Bioethics.
    The second category includes being a nurse in their daily lives in PHC and the notions of Ethics
    and Bioethics. Finally, the category Being a nurse in the everyday life of Primary Health Care:
    doing, learning and living together has two subcategories: Professional nurse’s performance
    in the everyday life of Primary Health Care; and Being a nurse in the everyday life of Primary
    Health Care. This last category reveals being a nurse before carrying out care, assistance and
    safety of his/her patients and family members. Final considerations: experience and skills,
    care protocols, the use of networks and social media and spaces for discussion and training
    related to Ethics and Bioethics can provide nurses with security in their professional practice.
    The conditions of infrastructure, the availability of material for actions and procedures, the
    organization of work, the environment and the environment are variables capable of providing
    security or insecurity to the professional’s everyday life. Communication, issues regarding to
    confidentiality of information, access to electronic medical records, teamwork, professional inter-relationship and information sharing, work overload, in addition to the everyday life of
    Community Health Agents in the community and with families, social vulnerability are
    potential generators of ethical and bioethical problems. The study presents contributions to the
    nursing and health areas, by identifying the ethical and bioethical problems experienced by
    nurses in the everyday life of PHC and its impact on the safety of this professional. Moreover,
    it offered necessary subsidies to provide professional nurse’s safety in the everyday life of PHC.
5
  • MARCO TÚLIO RESENDE CLEMENTINO
  • TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR: SOBRECARGA FAMILIAR, PROFISSIONAL E COMPETÊNCIA SOCIAL DOS PACIENTES

  • Orientador : RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • RONALDO ALVES DUARTE
  • SELMA MARIA DA FONSECA VIEGAS
  • Data: 21/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO


    Introdução: o Transtorno Afetivo Bipolar é uma doença mental grave e crônica, de diagnóstico tardio,
    caracterizada por variações acentuadas do humor, ocorrendo a alternância entre os episódios de
    depressão com os de euforia (mania). Em geral, essa perturbação do humor se manifesta tanto nos
    homens quanto nas mulheres, entre os 15 e os 25 anos, mas pode afetar também crianças e idosos.
    Dados globais indicaram que entre 1990 e 2013 houve um aumento de 32,7 milhões para 48,8 milhões
    (49,1%) no número de casos prevalentes. No Brasil, o transtorno bipolar apresenta perfil
    epidemiológico similar, com prevalência em torno de 1 a 4% da população. Esse transtorno está
    associado a um risco 23 vezes maior de suicídio que o observado nas pessoas que não são portadoras
    da doença. O Transtorno Afetivo Bipolar afeta negativamente a qualidade de vida e a competência
    social dos pacientes, em várias áreas, tendo como destaques a situação econômica, o lazer e os
    relacionamentos interpessoais. A gravidade da doença também está associada a uma sobrecarga maior
    de trabalho ao cuidador, seja ele da família ou profissional de saúde Objetivo: avaliar a sobrecarga
    familiar, profissional e a competência social dos pacientes com Transtorno Afetivo Bipolar. Métodos:
    estudo transversal e não probabilístico, realizado com 71 participantes de um Centro de Atenção
    Psicossocial III. Foram coletados dados sociodemográficos dos pacientes e foram utilizadas três
    escalas, uma que avaliou a sobrecarga familiar (Escala de Avaliação da Sobrecarga dos Familiares -
    FBIS-BR), outra para avaliar a sobrecarga profissional (Escala IMPACTO-BR) e mais uma para
    avaliar a competência social dos pacientes (Escala de Avaliação de Limitações no Comportamento
    Social - SBS-BR). A análise descritiva foi realizada por medidas de distribuição de frequência
    absoluta e relativa e tendência central. Resultados: a caracterização sociodemográfica mostrou
    predominância de pacientes do sexo feminino (67,7%), entre 41 e 50 anos (32,3%), solteiros (41,9%),
    com ensino fundamental incompleto (54,8%) e sem trabalho (87,1%). A sobrecarga familiar objetiva
    apresentou escore global de 3,44 ± 0,25. A subescala A, que avalia a assistência do familiar ao
    paciente na vida cotidiana, apresentou o maior escore médio de sobrecarga objetiva (3,69 ± 0,80). O
    escore global da escala familiar subjetiva foi de 3,69 ± 0,42. A subescala E, que pondera a
    preocupação do familiar com o paciente, obteve o maior escore médio da sobrecarga subjetiva (4,18 ±
    0,63). O maior índice de sobrecarga profissional esteve relacionado às repercussões emocionais do
    trabalho (1,93 ± 0,41) e o escore global foi de 1,59 ± 0,36. Os pacientes do estudo apresentaram
    maiores dificuldades que podem comprometer a sua competência social, nas áreas da interação social:
    proporção de contatos sociais que são, por natureza hostis (96,8%), interação social: comportamento
    chamativo (96,8%), rir e falar sozinho (90,3%) Conclusão: evidenciou-se a importância da avaliação
    da sobrecarga familiar, profissional e a competência social dos pacientes, para a produção de
    conhecimentos, que possam proporcionar maior eficácia dos Serviços de Saúde Mental, minimizando
    o sofrimento dos pacientes e familiares, além de maximizar as práticas dos profissionais que atuam no
    serviço e suas condições de trabalho.


  • Mostrar Abstract
  • CLEMENTINO, M. T. R. Bipolar affective disorder: family, professional, and social competence of patients. [Thesis]. Divinópolis: Nursing Graduate Program - Academic Master's Degree of the Universidade Federal de São João Del-Rei - 2020.

     

     

    ABSTRACT

    Introduction: Bipolar Affective Disorder (BAD) is a severe and chronic mental illness of late diagnostic, characterized by marked mood swings with episodes of depression alternating with those of euphoria (mania). In general, this mood disorder manifests in both men and women between the ages of 15 and 25 but can also affect children and the elderly. Global data indicate an increase from 32.7 million to 48.8 million (49.1%) in the number of prevalent cases between 1990 and 2013. In Brazil, bipolar disorder has a similar epidemiological profile, with a prevalence of approximately 1 to 4% of the population. This disorder is associated with a risk of suicide 23 times higher than that observed in people without the disease. Bipolar Affective Disorder negatively affects the quality of life and social competence of patients in various areas, especially the economic situation, leisure, and interpersonal relationships. The severity of the disease is also associated with a greater workload for the caregiver, whether family or health care professional. Objective: To evaluate family and professional overload, as well as the social competence of patients with Bipolar Affective Disorder. Methods: A cross-sectional and non-probabilistic study performed with 71 participants from a Psychosocial Care Center III. The sociodemographic data were collected from the patients using three scales: one to assess family overload (Family Burden Interview Schedule FBIS-BR), another to assess professional overload (IMPACTO-BR Scale), and one to evaluate the patients’ overload social competence (A Social Behaviour Schedule - SBS-BR). The descriptive analysis was performed by measures of absolute and relative frequency distribution and central tendency. Results: The sociodemographic characterization showed a predominance of female patients (67.7%) between 41 and 50 years of age (32.3%), who were single (41.9%), with incomplete primary education (54.8%), and with no work (87.1%). The objective overload had a global score of 3.44 ± 0.25. Subscale A, which evaluates the patient assistance by the family in daily life, presented the highest average objective overload score (3.69 ± 0.80). The overall score of the subjective scale was 3.69 ± 0.42. Subscale E, which considers the concern of family members concern with the patient, obtained the highest mean subjective overload score (4.18 ± 0.63). The highest rate of professional overload was related to the emotional repercussions of work (1.93 ± 0.41) and the global score was 1.59 ± 0.36. The study patients had greater difficulties that could compromise their social competence in the areas of social interaction: proportion of social contacts that are by nature hostile (96.8%), social interaction: flashy behavior (96.8%), and laughing and speaking alone (90.3%). Conclusion: We demonstrated the importance of assessing family and professional overload, as well as the social competence of patients to produce knowledge that can provide greater effectiveness of Mental Health Services, minimizing the suffering of patients and family members and maximizing the practices of professionals working in the service, as well as their working conditions. 

6
  • DANIELA SOUSA GOMES
  • DIFUSÃO DO PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO CIDADÃO (PEC) DA ESTRATÉGIA e-SUS ATENÇÃO BÁSICA (e-SUS AB)

  • Orientador : RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FÁBIO DA COSTA CARBOGIM
  • RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • Data: 21/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • GOMES, D. S. Difusão do Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC) da Estratégia e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB). 2020. 155p. Dissertação (Dissertação de Mestrado) - Universidade Federal de São João Del-Rei, São João Del-Rei, 2020.

    RESUMO
    Estudo de abordagem qualitativa que buscou analisar o processo de Difusão do Prontuário Eletrônico do Cidadão em Equipes de Saúde da Família. Utilizou-se como referencial teórico a Teoria da Difusão da Inovação e como referencial metodológico o estudo de caso. As informações foram coletadas de novembro/2018 a março/2019 através de um questionário aberto, elaborado a partir da lente teórica utilizada no estudo e observações direta do cotidiano de trabalho dos profissionais. Foram entrevistados 17 profissionais das equipes de saúde da família. Os dados foram analisados por meio da Análise de Conteúdo modalidade Temático-Categorial. Os atributos vantagem relativa e observabilidade, potencializaram a aceitação do PEC a partir da percepção de suas contribuições relacionadas a organização e gestão da informação, integração das informações do paciente na rede assistencial e entre profissionais, e melhor acompanhamento dos pacientes, sendo reconhecido como indispensável ao trabalho. Apesar do PEC ser reconhecido como compatível com a realidade da APS, algumas fragilidades foram apontadas e precisam serem superadas. Tais fragilidades tem contribuído para desenvolver nos profissionais a percepção de que a inovação é complexa, despertando resistências e possibilidades de rejeição. O elemento canais de comunicação potencializaram a difusão do PEC, facilitando a troca de informações dessa inovação. As características pessoais dos profissionais, também influenciaram o processo de difusão do PEC. Observou-se que não houve um tempo suficiente de experimentação para que os profissionais pudessem compreender melhor o PEC. Esta inovação foi implantada de forma súbita, obrigatória e autoritária.


  • Mostrar Abstract
  • GOMES, D. S. Dissemination of the Electronic Citizen's Record (PEC) of the e-SUS Basic Care Strategy (e-SUS AB). 2020. 155p. Master's Dissertation - Federal University of São João Del-Rei, São João Del-Rei, 2020.

    ABSTRACT
    Study of qualitative approach that sought to analyze the process of Dissemination of the Electronic Record of Citizens in Family Health Teams. The Theory of Diffusion of Innovation was used as the theoretical framework and the case study as the methodological framework. The information was collected from November / 2018 to March / 2019 through an open questionnaire, elaborated from the theoretical lens used in the study and direct observations of the professionals' daily work. 17 professionals from the family health teams were interviewed. The data were analyzed using Content Analysis Thematic-Categorial modality. The attributes relative advantage and observability, potentiated the acceptance of the PEC based on the perception of its contributions related to the organization and management of information, integration of patient information in the care network and among professionals, and better monitoring of patients, being recognized as indispensable to the job. Despite the PEC being recognized as compatible with the reality of PHC, some weaknesses were pointed out and need to be overcome. Such weaknesses have contributed to develop in professionals the perception that innovation is complex, arousing resistance and possibilities for rejection. The communication channels element enhanced the dissemination of the PEC, facilitating the exchange of information on this innovation. The professionals' personal characteristics also influenced the PEC dissemination process. It was observed that there was not enough time for experimentation so that professionals could better understand the PEC. This innovation was implemented in a sudden, mandatory and authoritarian way.

7
  • RAFAELLA CRISTINA SOUSA SANTANA
  • ESTUDO DE AVALIABILIDADE DO PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO CIDADÃO DA ESTRATÉGIA E-SUS ATENÇÃO BÁSICA

  • Orientador : TARCISIO LAERTE GONTIJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELIETE ALBANO DE AZEVEDO GUIMARAES
  • MARIA DEL PILAR SERRANO GALLARDO
  • RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • Data: 18/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    SANTANA, R.C.S. Estudo de avaliabilidade do Prontuário Eletrônico do Cidadão da estratégia e-SUS Atenção Básica. 2019. 126 p. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Universidade Federal de São João del-Rei, Divinópolis, 2019.
    Introdução: O Ministério da Saúde (MS) vem implantando desde 2013 um novo Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica denominado de SISAB. A implantação do SISAB se dá por meio da estratégia do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde (DAB/MS), denominada e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB). Dentre as várias atividades envolvidas na estratégia e-SUS AB destacam-se a implantação de dois sistemas de softwares que instrumentalizam a coleta de dados a serem inseridos no SISAB, sendo eles: a) Coleta de Dados Simplificada (CDS) e b) Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC). O PEC vem sendo adotado como software principal para alimentação do SISAB. Este novo conjunto de sistemas de softwares tem como objetivo central apoiar o processo de informatização das Unidades Básicas de Saúde permitindo a interoperabilidade com demais sistemas da Atenção Básica. Dado que o PEC está em fase de implementação e sua importância para o processo de informatização da AB no território nacional, torna-se necessário desenvolver processos avaliativos deste sistema. Porém, é necessário inicialmente desenvolver estudo de avaliabilidade deste sistema para verificação de viabilidade da realização de avaliações sistemáticas do mesmo. Objetivo: Realizar Estudo de Avaliabilidade (EA) do Prontuário Eletrônico do Cidadão da estratégia e-SUS Atenção Básica (PEC e-SUS AB). Método: Trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, baseado no sistema dos sete elementos propostos por Thurston e Ramaliu. Resultados: A partir de documentos e produções científicas, foi possível compreender melhor a operacionalização e funcionalidades do PEC. O modelo teórico/lógico configurou de forma visual e sistemática a organização do PEC com detalhamento dos insumos, atividades, produtos e efeitos esperados. Foram estabelecidas as perguntas avaliativas para avaliar o software que foram sistematizadas na elaboração da matriz de medidas. Conclusões: Conclui-se que o PEC é avaliável e apresentou cenário favorável para o seu desenvolvimento. A realização deste estudo apresentou ser uma estratégia importante para o planejamento de avaliações subsequentes.


  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT
    SANTANA, R.C.S. Evaluation of the Electronic Health Record of the Citizen of the e-SUS Primary Care strategy. 2019. 126 p. Dissertation (Master of Science) - Federal University of São João del-Rei, Divinópolis, 2019.
    Introduction: The Ministry of Health (MS) has been implementing since 2013 a new Health Information System for Primary Care called SISAB. The implementation of SISAB takes place through the strategy of the Department of Primary Care of the Ministry of Health (DAB / MS), called e-SUS Primary Care (e-SUS AB). Among the various activities involved in the e-SUS AB strategy, we highlight the implementation of two software systems that instrumentalize data collection to be inserted in SISAB, namely: a) Simplified Data Collection (CDS) and b) Electronic Health Record Citizen (PEC). PEC has been adopted as the main software for feeding SISAB. This new set of software systems has the central objective of supporting the computerization process of Basic Health Units, allowing interoperability with other Primary Care systems. Given that the PEC is in the implementation phase and its importance for the AB computerization process in the national territory, it is necessary to develop evaluative processes for this system. However, it is necessary initially to develop an evaluation study of this system to verify the feasibility of carrying out systematic evaluations of it. Objective: To carry out an Evaluation Study (EA) of the Electronic Health Record of the e-SUS Basic Care strategy (PEC e-SUS AB). Method: This is an exploratory study with a qualitative approach, based on the system of the seven elements proposed by Thurston and Ramaliu. Results: From documents and scientific productions, it was possible to better understand the operationalization and functionalities of the PEC. The theoretical / logical model configured the organization of the PEC visually and systematically with details of the inputs, activities, products and expected effects. Evaluation questions were established to evaluate the software, which were systematized in the elaboration of the measurement matrix. Conclusions: It is concluded that the PEC is evaluable and presented a favorable scenario for its development. The realization of this study proved to be an important strategy for planning subsequent evaluations.

8
  • ISABELLA DUARTE BRANQUINHO
  • AVALIAÇÃO DOS ATRIBUTOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA NA SAÚDE DA CRIANÇA: VISÃO DO USUÁRIO CUIDADOR

  • Orientador : FERNANDA MOURA LANZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELAINE CRISTINA RODRIGUES GESTEIRA
  • FERNANDA MOURA LANZA
  • SELMA MARIA DA FONSECA VIEGAS
  • SIMONE ALBINO DA SILVA
  • Data: 30/04/2020

  • Mostrar Resumo
  • ISABELLA, D B. Avaliação dos atributos da atenção primária na saúde da criança: visão do usuário cuidador. [Dissertação]. Divinópolis: Programa de Pós-Graduação Acadêmico em Enfermagem da Universidade Federal de São João Del-Rei; 2020.
    RESUMO
    Introdução: a saúde da criança, historicamente, é tema prioritário nas políticas de saúde brasileiras, o que resultou em consideráveis avanços nos indicadores de saúde para esta área. Ainda assim persistem desafios nesta área, que levaram à criação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC), em 2015. Esta Política tem como pressuposto básico a Atenção Primária à Saúde (APS) como coordenadora da rede de atenção à saúde materna, neonatal e infantil. Muitas evidências mostram que a APS exerce forte impacto sobre os indicadores de saúde da criança. No entanto, para que a PNAISC tenha efetividade é necessário que esteja ordenada conforme os atributos da APS. Objetivo: avaliar a presença e a extensão dos atributos ordenadores da Atenção Primária na assistência à saúde da criança segundo a experiência dos cuidadores de usuários na faixa etária de 0 a 2 anos no âmbito da Saúde da Família. Método: realizou-se um estudo avaliativo, com delineamento transversal, em 29 equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) situadas na zona urbana de um município de médio porte do interior de Minas Gerais. Foram convidadas a participarem do estudo todas as pessoas, acima de 18 anos, cuidadoras principais de crianças até 23 meses e 29 dias de idade, definidas por aquelas que prestam cuidados a criança continuamente. Foram abordadas as pessoas que compareceram na unidade de saúde para atendimento, agendado ou outra demanda, nos dias e horários em que a equipe de pesquisadores estava presente na respectiva unidade; que apresentassem condições mínimas de compreensão para responderem os questionários e que já estiveram com a criança para atendimento na unidade da ESF ao menos uma vez. A coleta de dados ocorreu nos meses de abril a dezembro de 2019 por meio da aplicação do Primary Care Assesment Tool – PCATool-Brasil- Versão Criança e um questionário complementar para caracterizar os aspectos sociodemográficos dos cuidadores e das crianças de 0 a 2 anos, além de informações clínicas referentes à criança. O tratamento e análise descritiva dos dados foi realizada no software Statistical Package for the Social Sciences versão 23. Este estudo seguiu as recomendações éticas do Conselho Nacional de Saúde, foi aprovado no Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos sob o Parecer 3.090.646. Resultados: participaram do estudo 389 pessoas responsáveis pelo cuidado de crianças de 0 a 2 anos de idade, das quais 339 (79,1%) apresentaram afiliação com o serviço de APS. Sobre os participantes com afiliação com a equipe da ESF(n=339), 54% referiam grau de afiliação 4 (alto grau de afiliação); 87,3% eram mães das crianças; 49% possuíam entre nove e 11 anos de estudo e 73,2% referiram o enfermeiro da equipe como profissional ao qual estavam vinculados. Entre as crianças participantes, 97% estavam cadastradas na unidade em que foi realizada a entrevista. Os resultados do desempenho das equipes da ESF na atenção à saúde da criança referem-se apenas aos participantes que tiveram afiliação com o serviço de APS. Segundo a experiência dos participantes do estudo, os escores geral (escore=7,0) e essencial (escore=7,2) demonstraram alta orientação para a APS (escore obtido foi acima ou igual a 6,6), assim como os atributos acesso de primeiro contato-utilização (escore=7,7); longitudinalidade (escore=6,7); coordenação-integração dos cuidados (escore=6,8); coordenação – sistemas de informação (escore=8,1); integralidade-serviços prestados (escore=7,8) e orientação familiar (escore=6,9). Os atributos acesso de primeiro contato – acessibilidade (escore=6,2), integralidade-serviços disponíveis (escore=5,9) e orientação comunitária (escore=5,8) apresentaram baixo desempenho. Conclusões: a atenção à saúde da criança no âmbito da ESF, no município estudado, está altamente orientada para a APS, uma vez que o escore geral e essencial apresentaram escore ≥ 6,6. No entanto, a
    fragilidade encontrada no escore derivado aponta a necessidade de investimentos para qualificar a atenção às crianças, famílias e comunidades, característica capilar da ESF. O estudo apontou forte recomendação para a formação de Enfermeiros, com competências e atitudes para promover o cuidado direcionado às necessidades de saúde da população, com especial atenção à primeira infância, que seja capaz de contribuir com a implementação dos princípios do Sistema Único de Saúde, diretrizes da APS e fortalecimento da ESF. Por fim, novos estudos que avaliem o desempenho da APS em outros contextos, como em usuários das equipes da zona rural e de unidades tradicionais, e ainda, sob a visão dos profissionais de saúde e gestores.


  • Mostrar Abstract
  • ISABELLA, D B. Evaluation of the attributes of primary care in children’s health: view of the caregiver user. [Dissertação]. Divinópolis: Programa de Pós-Graduação Acadêmico em Enfermagem da Universidade Federal de São João Del-Rei; 2020. ABSTRACT Introduction: the child’s health, historically, is a priority theme in Brazilian health policies, which resulted in considerable advances in health indicators for this area. Nevertheless, challenges persist in this area, which led to the creation of the National Policy for Comprehensive Child Health Care (PNAISC) in 2015. This policy has as its basic premise the Primary Health Care (PHC) as coordinator of the maternal, neonatal and infant health care network. Many evidences show that PHC has a strong impact on child health indicators. However, for PNAISC to be effective, it must be ordered according to the attributes of PHC. Method: an evaluative study was conducted, with a cross-sectional design, in 29 teams of the Family Health Strategy (FHS) located in the urban area of a medium-sized municipality in the interior of Minas Gerais. All persons over the age of 18, primary caregivers of children under the age of 23 months and 29 days, defined by those who continuously care for the child, were invited to participate in the study. We approached the people who attended the health unit for care, scheduled or other demand, on the days and times when the team of researchers was present in the respective unit; who had minimum understanding conditions to answer the questionnaires and who had already been with the child for care at the FHS unit at least once. Data collection took place in the months of April to December 2019 through the application of the Primary Care Assesment Tool - Pcatool-Brasil- Child Version and a complementary questionnaire to characterize the sociodemographic aspects of caregivers and children aged 0 to 2 years, in addition to clinical information concerning the child. The treatment and descriptive analysis of the data was performed in the software Statistical Package for the Social Sciences version 23. This study followed the ethical recommendations of the National Health Council and was approved by the Ethics Committee on Research Involving Human Beings under Opinion 3,090,646. Results: 389 people responsible for the care of children aged 0 to 2 years participated in the study, of whom 339 (79.1%) had affiliation with the PHC service. Regarding the participants with affiliation with the FHS team (n=339), 54% reported a degree of affiliation 4 (high degree of affiliation); 87.3% were mothers of children; 49% had between nine and 11 years of study and 73.2% reported the team nurse as a professional to whom they were linked. Among the participating children, 97% were registered in the unit where the interview was conducted. The results of the performance of FHS teams in child health care refer only to participants who had affiliation with the PHC service. According to the experience of the study participants, the general (score=7.0) and essential (score=7.2) scores showed high orientation for PHC (score obtained was above or equal to 6.6), as well as the first contact-use access attributes (score=7.7); longitudinality (score=6.7); coordination-integration of care (score=6.8); coordination - information systems (score=8.1); integrality-services provided (score=7.8) and family orientation (score=6.9). The attributes access first contact - accessibility (score=6.2), integrality-available services (score=5.9) and community orientation (score=5.8) showed low performance. Conclusions: child health care within the FHS, in the municipality studied, is highly oriented to PHC, since the general and essential score presented a score of 6.6. However, the frailty found in the derived score points to the need for investments to qualify care for children, families and communities, a capillary characteristic of the FHS. The study pointed out a strong recommendation for the training of nurses, with skills and attitudes to promote care directed to the health needs of the population, with special attention to early childhood, that is able to contribute to the implementation of the principles
    of the Unified Health System, PHC guidelines and strengthening of the FHS. Finally, new studies that evaluate the performance of PHC in other contexts, such as users of rural teams and traditional units, and also, under the vision of health professionals and managers.

9
  • MATEUS OLIVEIRA MARCELINO
  • AVALIAÇÃO DO GRAU DE ADEQUAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS NA ATENÇÃO AO PARTO E NASCIMENTO EM MATERNIDADES DA REDE CEGONHA EM MINAS GERAIS

  • Orientador : MARCIA CHRISTINA CAETANO ROMANO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • TORCATA AMORIM
  • JULIANO TEIXEIRA MORAES
  • VALERIA CONCEICAO DE OLIVEIRA
  • Data: 17/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    Introdução: Nas últimas décadas, o Brasil apresentou avanços importantes para a qualidade de vida da saúde das mulheres e crianças. No entanto, ainda persistem inúmeros desafios para se garantir condições seguras de nascimento e eliminar a mortalidade materna e neonatal evitáveis no país. Neste cenário, em 2011, o Ministério da Saúde cria a Rede Cegonha (RC), uma rede de cuidados que assume o compromisso de garantir à mulher e à criança o direito à atenção humanizada ao pré-natal, parto e puerpério e o crescimento e desenvolvimento saudável de seus filhos seguindo os princípios do Sistema Único de Saúde e de práticas baseadas em evidências científicas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Objetivo: Avaliar o grau de adequação das Boas Práticas na Atenção ao Parto e Nascimento em maternidades da Rede Cegonha no estado de Minas Gerais. Método: Estudo transversal, que avaliou 44 maternidades pertencentes às cinco macrorregiões de saúde prioritárias de Minas Gerais, escolhidas inicialmente para compor o processo de adesão à Rede Cegonha: Centro, Norte, Leste, Nordeste e Jequitinhonha. A coleta de dados se deu por meio de análise de documentos, observação direta e questionários estruturados. Participaram da pesquisa gestores, trabalhadores e puérperas. Para a estimativa do grau de adequação, foi utilizada uma matriz de análise e julgamento, com três componentes e vinte e cinco critérios referentes à diretriz “Boas Práticas na Atenção ao Parto e Nascimento” da RC. O grau de adequação foi definido, por meio de um sistema de escores, com pesos diferenciados para cada critério, arbitrados por especialistas. Resultados: o grau de adequação das boas práticas foi classificado como não adequado em 61,4% das maternidades e parcialmente adequado em 38,6%. O componente direito ao acompanhante de livre escolha foi responsável pelo maior grau de adequação entre as maternidades, seguido pelo componente boas práticas na atenção à mulher e redução de intervenções desnecessárias. O componente pior avaliado foi o de boas práticas na atenção ao recém-nascido. Conclusão: os resultados mostram baixa adequação das boas práticas na atenção ao parto e nascimento e a avaliação em saúde pode ser um instrumento de orientação no monitoramento da assistência nas maternidades.


  • Mostrar Abstract
  • RESUMO
    Introdução: Nas últimas décadas, o Brasil apresentou avanços importantes para a qualidade de vida da saúde das mulheres e crianças. No entanto, ainda persistem inúmeros desafios para se garantir condições seguras de nascimento e eliminar a mortalidade materna e neonatal evitáveis no país. Neste cenário, em 2011, o Ministério da Saúde cria a Rede Cegonha (RC), uma rede de cuidados que assume o compromisso de garantir à mulher e à criança o direito à atenção humanizada ao pré-natal, parto e puerpério e o crescimento e desenvolvimento saudável de seus filhos seguindo os princípios do Sistema Único de Saúde e de práticas baseadas em evidências científicas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Objetivo: Avaliar o grau de adequação das Boas Práticas na Atenção ao Parto e Nascimento em maternidades da Rede Cegonha no estado de Minas Gerais. Método: Estudo transversal, que avaliou 44 maternidades pertencentes às cinco macrorregiões de saúde prioritárias de Minas Gerais, escolhidas inicialmente para compor o processo de adesão à Rede Cegonha: Centro, Norte, Leste, Nordeste e Jequitinhonha. A coleta de dados se deu por meio de análise de documentos, observação direta e questionários estruturados. Participaram da pesquisa gestores, trabalhadores e puérperas. Para a estimativa do grau de adequação, foi utilizada uma matriz de análise e julgamento, com três componentes e vinte e cinco critérios referentes à diretriz “Boas Práticas na Atenção ao Parto e Nascimento” da RC. O grau de adequação foi definido, por meio de um sistema de escores, com pesos diferenciados para cada critério, arbitrados por especialistas. Resultados: o grau de adequação das boas práticas foi classificado como não adequado em 61,4% das maternidades e parcialmente adequado em 38,6%. O componente direito ao acompanhante de livre escolha foi responsável pelo maior grau de adequação entre as maternidades, seguido pelo componente boas práticas na atenção à mulher e redução de intervenções desnecessárias. O componente pior avaliado foi o de boas práticas na atenção ao recém-nascido. Conclusão: os resultados mostram baixa adequação das boas práticas na atenção ao parto e nascimento e a avaliação em saúde pode ser um instrumento de orientação no monitoramento da assistência nas maternidades.

10
  • LEANDRO MARTINS COSTA DE ARAÚJO
  • O ACOMPANHAMENTO EM SAÚDE MENTAL NA PERSPECTIVA DE JOVENS DE DIVINÓPOLIS/MG

  • Orientador : NADJA CRISTIANE LAPPANN BOTTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALISSON ARAUJO
  • AMANDA MÁRCIA DOS SANTOS REINALDO
  • NADJA CRISTIANE LAPPANN BOTTI
  • Data: 28/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • ARAÚJO, L.M.C. O acompanhamento em saúde mental na perspectiva de jovens de Divinópolis
    /Minas Gerais. 2020. XXp. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Programa de Pós-graduação em Enfermagem, Universidade Federal de São João del-Rei, Divinópolis, 2020.

    RESUMO

    INTRODUÇÃO: De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) mais de 400 milhões de pessoas em todo mundo e 23 milhões no Brasil, sofrem algum tipo de transtorno mental. Os transtornos mentais estão presentes em todas as classes sociais e fases da vida. As fases da Infância e Adolescência sofrem com políticas inadequadas e frágeis em relação à saúde mental. Até a presente data o município de Divinópolis/Minas Gerais não dispõe de serviço público na localidade para tratamento psiquiátrico de crianças e adolescentes. Esse tratamento vem ocorrendo na modalidade de Tratamento Fora do Domícilio (TFD) em um centro de referência estadual que fica a 120 quilômetros na capital mineira. OBJETIVO: Analisar o acompanhamento de saúde mental infanto-juvenil de pacientes de Divinópolis em um centro de referência estadual em Belo Horizonte, Minas Gerais. MÉTODO: Foi realizada uma pesquisa quanti-qualitativa. Na parte quantitativa foi feito um estudo descritivo sobre o perfil da clientela infanto-juvenil divinopolitana atendida neste centro de referência. Foi utilizado listagem de usuários que foram encaminhados e atendidos no período de 2009 a 2019. Os dados foram organizados com auxílio do programa Microsoft® Office Excel® 2010 e analisadas as variáveis como sexo, idade, região sanitária e unidade básica a qual encaminhou. Na parte qualitativa foram desenvolvidas entrevistas semi-estruturadas e em profundidade sobre as vivências no tratamento psiquiátrico durante a adolescência na perspectiva de 05 jovens entre 19 e 24 anos de idade. As entrevistas gravadas em áudio foram transcritas e o material alcançado foi submetido a Analise de Discurso. Organizaram-se os resultados nas seguintes categorias: a) Percepção sobre si mesmo; b) O Relacionamento com os outros; e c) O tratamento psiquiátrico. RESULTADOS: Dos 407 pacientes atendidos no período, 287 (70,5 %) são do sexo masculino, 65(16,0%) eram menores de 12 anos, 198(48,65%) entre 12 a 18 anos e 144 (35,4%) entre 19 a 28 anos. A média geral foi de 11 viagens por usuário, sendo superior no sexo masculino em todas idades. O número de encaminhamentos de Estratégia de Saúde da Família e Centro de Saúde foram respectivamente: em menores de 12 anos 7,2 % e 7,9 %, entre 12 a 18 anos com 22,1% para ambas, e entre 19 a 28 anos, 18,9 % e 12,5%. No grupo dos menores de 18 anos 11,8 % foram atendidos no serviço de saúde mental de adultos em Divinópolis. Por regiões sanitárias foi observada uma distribuição espacial heterogênea, mas que coincide o maior número de pacientes atendidos com a menor renda per capta. Os resultados do estudo qualitativo permitiram refletir sobre a assistência que o adolescente com algum tipo de transtorno mental recebeu. Os temas que surgiram sinalizam para uma falta de estrutura, tanto do sistema de saúde municipal, quanto familiar que consiga atender esses adolescentes em suas necessidades. Pelos discursos, essa assistência acaba por estigmatizar ainda mais essas pessoas. Tudo isso contrapõem-se ao que se é esperado dos avanços conseguidos com anos de evolução nas questões de assistência aos transtornos mentais. CONCLUSÕES: Pelo perfil pode-se notar que a saúde mental infanto-juvenil municipal precisa de políticas públicas locais urgentes (de prevenção e de tratamento) levando em consideração que: a relação gênero masculino deve ser melhor abordada nos encaminhamentos e tratamentos psiquiátricos; o expressivo número de usuários moradores em regiões com baixa condição socioeconômica; ter pediatra e agente comunitário de saúde na equipe da atenção básica parece contribuir na suspeita e identificação de transtornos mentais nestas fases da vida. O tratamento psiquiátrico recebido na adolescência necessita de melhor e adequado aporte para que integre de fato o adolescente, a família, os profissionais de saúde e toda a rede de atenção em saúde mental.


  • Mostrar Abstract
  • ARAÚJO, L.M.C. Mental health monitoring from the perspective of young people in Divinópolis / Minas Gerais. Thesis (Master's degree). Divinópolis: Academic Master's Program in Nursing, Federal University of São João del-Rei; 2020.


    ABSTRACT

    INTRODUCTION: According to the World Health Organization (WHO), more than 400 million people worldwide and 23 million in Brazil, suffer some type of mental disorder. Mental disorders are present in all social classes and stages of life. The Childhood and Adolescence phases suffer from inadequate and fragile policies regarding mental health. To date, the municipality of Divinópolis / Minas Gerais does not have a public service in the locality for the psychiatric treatment of children and adolescents. This treatment has been taking place in the form of Treatment Outside the Home (TFD) in a state reference center that is 120 kilometers away in the capital of Minas Gerais. OBJECTIVE: To analyze the monitoring of children and adolescents' mental health in patients from Divinópolis at a state reference center in Belo Horizonte, Minas Gerais. METHOD: A quantitative and qualitative research was carried out. In the quantitative part, a descriptive study was carried out on the profile of the divinopolitan children and youth clientele served at this reference center. A list of users who were referred and served in the period from 2009 to 2019 was used. The data were organized with the aid of the Microsoft® Office Excel® 2010 program and variables such as sex, age, health region and basic unit to which they were referred were analyzed. In the qualitative part, semi-structured interviews were developed about the experiences in psychiatric treatment during adolescence from the perspective of 05 young people between 19 and 24 years of age. The interviews recorded in audio were transcribed and the material reached was submitted to Discourse Analysis. The results were organized into the following categories: a) Perception about yourself; b) Relationship with others; and c) Psychiatric treatment. RESULTS: Of the 407 patients seen in the period, 287 (70.5%) were male, 65 (16.0%) were under 12 years old, 198 (48.65%) were between 12 and 18 years old and 144 (35, 4%) between 19 and 28 years. The overall average was 11 trips per user, being higher in males at all ages. The number of referrals from the Family Health Strategy and Health Center were, respectively: in children under 12 years old 7.2% and 7.9%, between 12 to 18 years old with 22.1% for both, and between 19 and 28 years, 18.9% and 12.5%. In the group of children under 18 years old, 11.8% were seen at the adult mental health service in Divinópolis. By health regions, a heterogeneous spatial distribution was observed, but that coincides with the largest number of patients treated with the lowest per capita income. The results of the qualitative study allowed us to reflect on the assistance that the adolescent with some type of disorder received. The themes that emerged point to a lack of structure, both in the municipal health system, and in the family that can assist these adolescents in their needs. Through the speeches, this assistance ends up stigmatizing these people even more. All of these are in contrast to what is expected from the advances achieved with years of evolution in matters of assistance to mental disorders. CONCLUSIONS: From the profile, it can be noted that municipal mental health for children and adolescents needs urgent local public policies (for prevention and treatment) taking into account that: the male gender relationship should be better addressed in referrals and psychiatric treatments; the expressive number of users living in regions with low socioeconomic status; having a pediatrician and community health agent in the primary care team seems to contribute to the suspicion and identification of mental disorders in these stages of life. The psychiatric treatment received in adolescence needs better and adequate support so that it truly integrates the adolescent, the family, health professionals and the entire mental health care network.

2019
Dissertações
1
  • EMILY CAROLINE CARDOSO BATISTA
  • Eventos adversos pós-vacinação: um estudo de coorte

  • Orientador : ELIETE ALBANO DE AZEVEDO GUIMARAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANIEL NOGUEIRA CORTEZ
  • ELIETE ALBANO DE AZEVEDO GUIMARAES
  • LÚCIA HELENA LINHEIRA BISETTO
  • Data: 07/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Eventos adversos pós-vacinação: um estudo de coorte


  • Mostrar Abstract
  • Post-vaccination adverse events: a cohort study

2
  • FLÁVIA PRADO ROCHA
  • A REDE DE ATORES HUMANOS E NÃO HUMANOS NA UTILIZAÇÃO DO PÂNCREAS ARTIFICIAL EM DIABÉTICOS TIPO 1
  • Orientador : RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LEANDRO DE MORAIS CARDOSO
  • RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • Data: 21/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    Estudo de abordagem qualitativa, utilizando-se da Teoria Ator-Rede (TAR) como referencial
    teórico e a Cartografia de Controvérsias como referencial metodológico. Buscou-se descrever
    a rede de atores humanos e não humanos na utilização do pâncreas artificial (PA) por
    diabéticos. Definiu-se como cenário um município de médio porte do Oeste de Minas Gerais,
    onde realizamos entrevistas abertas e observações com pacientes usuários do PA, familiares,
    um advogado e profissionais de saúde envolvidos. Foram coletados documentos e outros
    materiais que emergiram do campo ao seguir os atores pela rede. Realizou-se a descrição a
    partir da narrativa dos fatos e acontecimentos, seguindo as proposições definidas pelo
    referencial teórico e metodológico. Verificamos uma rede de humanos e não humanos,
    influenciadores da utilização da tecnologia. A própria inovação é um actante emissor de
    efeitos sobre as interações tecidas em rede. A capacitação dos humanos envolvidos com a
    tecnologia emergiu como um desafio no sentido de fortalecer a rede de apoiadores
    (profissionais, familiares e amigos). Por não haver uma política pública de acesso à
    tecnologia, a judicialização foi reconhecida como um ponto de convergência obrigatório.
    Além disso, constatamos o reconhecimento da inovação como um actante emissor de efeitos
    sobre o próprio corpo, transformando-o e o ciborguizando. Concluímos que a rede de
    utilização do PA é híbrida, tecida a partir da emissão de efeitos entre humanos e não
    humanos. Tal conformação deve ser considerada com vistas ao aprimoramento da própria
    inovação tecnológica e de suas repercussões sobre a rede e sobre o corpo de seus usuários.

  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT
     
     
    Study in qualitative approach, using the Actor-Network Theory (ART) as the theoretical
    reference and the Controversies Cartography as the methodological reference. It was sought to
    describe the network of human and non-human actors in the use of artificial pancreas (AP) by
    diabetics. The scenario was defined as a medium-sized municipality in western Minas Gerais,
    where we conducted open interviews and observations with AP user patients, family
    members, a lawyer and health professionals involved. Documents and other materials that
    emerged from the field following the actors through the network were collected. The
    description was made from the facts and on goings narrative, following the propositions
    defined by the theoretical and methodological reference. We have verified a humans and
    nonhumans network influencers of the technology´s usage. Innovation itself is an actant
    effects emitter on networked interactions. The empowerment of humans involved with
    technology has emerged as a challenge when it comes to strengthen the network of supporters
    (professionals, family and friends). Because there is no public policy on technology access,
    judicialization has been recognized as a mandatory convergence point. Furthermore, we
    notice the innovation recognition as an effects emitter actant on the body itself, transforming
    it and cyborging it. We conclude that the AP usage network is hybrid, woven from the effects
    emission between humans and non-humans. Such conformation must be considered viewing
    the technological innovation improvement itself and its repercussions on the network and on
    its users’ body.
3
  • ANTÔNIO SÁVIO DE MACEDO
  • A REDE DE ATORES HUMANOS E NÃO HUMANOS NA IMPLANTAÇÃO DE UM PRONTUÁRIO ELETRÔNICO

  • Orientador : RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUMBERTO FERREIRA DE OLIVEIRA QUITES
  • LARISSA DE FREITAS BONOMO
  • RICARDO BEZERRA CAVALCANTE
  • RICHARDSON MIRANDA MACHADO
  • Data: 25/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • Macedo, A. S. A rede de atores humanos e não-humanos na implantação de um prontuário eletrônico. 2019. 115p. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de São João del-Rei, Divinópolis, 2019.
    .
    RESUMO
    Buscou-se descrever a rede de atores humanos e não-humanos envolvidos na implantação de um prontuário eletrônico na Atenção Básica à Saúde. Estudo de abordagem qualitativa. Utilizou-se a Teoria Ator-Rede (TAR) como referencial téorico e a Cartografia de Controvérsias como referencial metodológico desta investigação. A coleta de dados compreendeu a realização de entrevistas audiogravadas e observação participante, a partir de roteiros semiestruturados, do cotidiano de trabalho de profissionais envolvidos com a implantação de um Prontuário Eletrônico, em um município da região oeste de Minas Gerais. Inicialmente, identificou-se os porta-vozes iniciais, estes foram acompanhados e a rede mapeada a partir de suas interações com outros actantes. O rastro de outros atores que emergiam na rede e suas associações estabelecidas foram seguidos.Além disso, foram catalogados os dispositivos de inscrição que possibilitaram objetivar a rede. Procedeu-se registros em diário de campo e notas de observações no período de Setembro de 2018 a maio de 2019. Realizamos a descrição, a partir da narrativa dos fatos e acontecimentos, seguindo as proposições definidas pelo referencial teórico e metodológico. Verificou-se que o PEP é uma ferramenta que contribui para o processo da gestão do cuidado, sendo de grande apoio para tomadas de decisões, conhecimento em tempo real do histórico de saúde do paciente e facilitador de trocas de informações entre os estabelecimentos de saúde das diferentes complexidades presentes na rede, contribuindo no planejamento, supervisão do cuidado e continuidade da assistência prestada. Dificuldades também foram apontadas, como por exemplo, a falta de acesso ao prontuário por parte de profissionais de nível médio que no momento não se encontra disponível para visualização, dificultando muitas vezes a assistência por parte destes profissionais. Concluiu-se que a continuidade da implementação do PEP tenha a participação da equipe, da supervisão e o controle da gestão na formação e capacitação dos profissionais, inserindo-os cotidianamente nesta rede de atores humanos e não humanos que atendem às reais necessidades tanto dos profissionais quanto dos pacientes, favorecendo o empoderamento dos que trabalham diretamente com esta ferramenta.


  • Mostrar Abstract
  • Macedo, A. S. The network of human and non-human actors in the implementation of an electronic health record. 2019. 115p. Dissertation (Master of Nursing) - Federal University of São João del-Rei, Divinópolis, 2019.

    ABSTRACT

    A description of the network of human and non-human actors involved in the implementation of an electronic health record in Primary Health Care is the objective of this research, a qualitative approach study. The Actor-Network Theory (ANT) was used as the theoretical framework, and the Cartography of Controversies was used as the methodological framework of this investigation. Data collection consisted of the conducting of audio-recorded interviews and participant observation, based on semi-structured scripts on the daily work of professionals involved with the implementation of an Electronic Health Record in a city in the western region of the State of Minas Gerais. At first, the initial spokespersons were identified and accompanied, and the network was mapped from their interactions with other actors. Both the track of other actors emerging on the network and their established associations were followed. Besides, the registration devices that made it possible to embody the network were cataloged. The research proceeded with field diary records and observation notes from September 2018 to May 2019. The description was made from the narrative of facts and events, following the propositions defined by the theoretical and methodological framework. It was verified that the patient´s electronic health record is a tool which contributes to the care management process; it is a tool of great help in decision-making and the real-time knowledge of the patient's health history, also being a facilitator of information exchange between the health facilities of the different complexities that are present in the network, aiding in the planning, care supervision and the continuity of care provided. Difficulties were also observed, such as the lack of access to medical records by mid-level professionals, records which may not be currently available for viewing, which often hinders the assistance provided by these professionals. The conclusion was that the continuity of the implementation of the Electronic Health Record should include the participation of the team, the supervision and the management control in both the training and the qualification of professionals, daily inserting them in this network of human and non-human actors that meet the actual needs of both professionals and patients, favoring, thus, the empowerment of those ones who work directly with this tool.

4
  • DANIELA APARECIDA DE FARIA
  • DOR FÍSICA E DESESPERANÇA EM ADOLESCENTES ESCOLARES
  • Orientador : NADJA CRISTIANE LAPPANN BOTTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MATIAS NOLL
  • NADJA CRISTIANE LAPPANN BOTTI
  • VINICIUS SILVA BELO
  • Data: 11/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    Introdução: A presença de dor física pode gerar alto impacto biopsicossocial em todas as faixas
    etárias. A dor física musculoesquelética é considerada como um problema de saúde pública,
    devido à sua alta prevalência, alto custo e impacto negativo que pode causar na qualidade de
    vida dos acometidos. A adolescência é uma fase em que em que ocorreram inúmeras alterações
    biopsicossociais, e se acrescidas à presença de dor física e desesperança, torna o adolescente
    mais vulnerável nesse ciclo vital. Objetivo geral: Avaliar a prevalência de dor física e de
    desesperança em uma amostra de adolescentes escolares em duas escolas estaduais no
    município de Divinópolis-MG. Método: Trata-se de um estudo transversal, realizado de abril
    a novembro de 2018, com amostra final do tipo por conveniência de 270 adolescentes de 10 a
    19 anos de idade. A prevalência de dor física foi avaliada pelo instrumento EMADOR e na
    avaliação da presença do sentimento de desesperança a escala BHS. Utilizou-se para análises
    das variáveis o modelo de regressão bivariada e multivariada. Resultados: Observou-se uma
    maior prevalência de dor (aguda 87,90% e crônica 76,00%) nos adolescentes bem como
    presença de desesperança leve e grave respectivamente (88,10% e 90,90%). Ainda no que diz
    respeito às partes da localização da dor nas vistas, verificou-se na vista anterior: maior
    ocorrência de dor de cabeça (68,10%), seguida de tronco (34,10%), membro inferior (33,10%),
    membro superior (18,10%). Notou-se uma maior ocorrência de dor também na vista posterior,
    sendo o local mais frequente foi nas costas (48,50%), seguido de cabeça e pescoço (27,40%),
    membro inferior (17,40%), membro superior (7,80%). Foi possível constatar o desfecho
    primário na população estudada. No qual, por meio da análise bivariada a presença da ocupação,
    da dor crônica e de dor nas costas estiveram associadas à desesperança grave. Já na análise
    multivariada, a localização da dor nas costas e a dor crônica estiveram independentemente
    associadas à desesperança grave. Os adolescentes que reportaram dor nas costas e dor crônica
    apresentaram 2,07 (IC 95%: 1,04-4,14) e 2,01 (IC 95%: 1,03-3,93) vezes de chances a mais de
    apresentar desesperança grave, respectivamente. Já em relação às análises bivariada e
    multivariada dos fatores associados à presença de dor no presente estudo, a única variável que
    esteve associada em ambas as análises foi à presença de dor no sexo feminino. Desta forma,
    adolescentes do sexo feminino apresentaram 3,87 vezes de chances a mais de ter dor (OR: 3,87;
    IC 95%: 1,74-8,60). Conclusão: Os resultados ressaltam a necessidade de uma maior atenção
    aos adolescentes que referem a presença de dor crônica, dor nas costas e sentimento de
    desesperança, ressaltando a prevalência de dor no sexo feminino. Desta forma, visando prevenir
    a presença dessas ocorrências ainda na adolescência e posteriormente na vida adulta. Para tanto,
    é necessário que ocorra intervenção multiprofissional em relação ao público adolescente e a
    temática envolvida.

  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT
    Introduction: The presence of physical pain can generate a high biopsychosocial impact in all
    age groups. Musculoskeletal physical pain is considered a public health problem, due to its high
    prevalence, high cost and negative impact that it can have on the quality of life of those affected.
    Adolescence is a phase in which numerous biopsychosocial changes occurred, and if added to
    the presence of physical pain and hopelessness, it makes adolescents more vulnerable in this
    life cycle. General objective: To evaluate the prevalence of physical pain and hopelessness in
    a sample of school adolescents in two state schools in the city of Divinólis-MG. Method: This
    is a cross-sectional study, carried out from April to November 2018, with a final sample of the
    type for convenience of 270 adolescents from 10 to 19 years of age. The prevalence of physical
    pain was assessed by the EMADOR instrument and in the assessment of the presence of the
    feeling of hopelessness on the BHS scale. The bivariate and multivariate regression model was
    used to analyze the variables. Results: There was a higher prevalence of pain (acute 87.90%
    and chronic 76.00%) in adolescents as well as the presence of mild and severe hopelessness,
    respectively (88.10% and 90.90%). Still with regard to the parts of the location of pain in the
    views, it was found in the previous view: greater occurrence of headache (68.10%), followed
    by trunk (34.10%), lower limb (33.10%), upper limb (18.10%). A greater occurrence of pain
    was also seen in the posterior view, with the most frequent location being the back (48.50%),
    followed by the head and neck (27.40%), lower limb (17.40%), limb higher (7.80%). It was
    possible to verify the primary outcome in the studied population. In which, through bivariate
    analysis, the presence of occupation, chronic pain and back pain were associated with severe
    hopelessness. In the multivariate analysis, the location of back pain and chronic pain were
    independently associated with severe hopelessness. Adolescents who reported back pain and
    chronic pain had 2.07 (95% CI: 1.04-4.14) and 2.01 (95% CI: 1.03-3.93) times more than severe
    despair, respectively. Regarding the bivariate and multivariate analyzes of the factors associated
    with the presence of pain in the present study, the only variable that was associated in both
    analyzes was the presence of pain in females. Thus, female adolescents were 3.87 times more
    likely to have pain (OR: 3.87; 95% CI: 1.74-8.60). Conclusion: The results highlight the need
    for greater attention to adolescents who report the presence of chronic pain, back pain and
    feelings of hopelessness, highlighting the prevalence of pain in women. Thus, aiming to prevent
    the presence of these occurrences in adolescence and later in adulthood. Therefore, it is a
    multidisciplinary intervention in relation to the adolescent public and the theme involved.
5
  • YGOR COLEN MORATO
  • SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE IMUNIZAÇÃO DO BRASIL: AVALIAÇÃO DE USABILIDADE
  • Orientador : ELIETE ALBANO DE AZEVEDO GUIMARAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DARLINTON BARBOSA FERES CARVALHO
  • ELIETE ALBANO DE AZEVEDO GUIMARAES
  • VALERIA CONCEICAO DE OLIVEIRA
  • Data: 12/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    MORATO, Y.C. Sistema de Informação de Imunização do Brasil: avaliação de
    usabilidade. 2019. 122p. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Universidade Federal de
    São João del-Rei, Divinópolis, 2020.
    Introdução: O Sistema de informação do Programa Nacional de Imunização - SIPNI do Brasil
    é uma inovação tecnológica gerencial potencializadora do planejamento e tomadas de decisões
    frente às atividades de vacinação, pois permite o registro individual do vacinado e de suas
    procedências, o resgate de não vacinados, o fornecimento de dados de coberturas vacinais e de
    eventos adversos pós-vacinação, a apuração e controle da validade de imunobiológicos e o
    controle de estoque. Mediante tal relevância, deve-se considerar a qualidade das suas
    funcionalidades, que se configura como um quesito de segurança para o uso da tecnologia.
    Entre as características do software, a usabilidade se configura em um atributo de qualidade
    que pode avaliar a facilidade de utilização das interfaces do usuário a partir de padrões,
    denominados Heurísticas de Usabilidade. Objetivo: Analisar a usabilidade do SIPNI Web em
    salas de vacinação da atenção primária em saúde (APS), na Macrorregião Oeste de Minas
    Gerais (MG), em 2018. Método: Pesquisa de método misto concomitante e convergente que
    possibilitou a triangulação de métodos (transversal; método indireto de Avaliação Heurística)
    e técnicas de pesquisa (questionário e roteiro semiestruturado de inspeção) com base nas dez
    heurísticas de Nielsen. Os dados foram coletados no período entre julho e dezembro de 2018.
    Os dados quantitativos e qualitativos foram analisados separadamente e integrados a nível de
    interpretação para identificar convergências, diferenças ou combinações. Participaram deste
    estudo, 137 profissionais de enfermagem atuantes em 96 salas de vacinação e quatro
    especialistas em tecnologia da informação com conhecimento do SIPNI. Para as análises foram
    utilizadas as estatísticas descritiva e inferencial, a inspeção heurística e a análise de Conteúdo,
    na modalidade Temático-Categorial. Resultados: Quanto à usabilidade do SII pelos
    profissionais de enfermagem, o SUS score médio obtido (61,8) indicou satisfação marginal ou
    pouca significativa e a média geral das heurísticas foi de 2,87±0,44. As heurísticas melhores
    avaliadas foram: “Prevenção de erros” (3,03±0,54) e “Ajuda e documentação” (3,00±0,68); e a
    pior avaliada foi “Visibilidade do status do sistema”, com média de 2,62±0,55. Os profissionais
    com o nível de formação técnico apresentaram maior pontuação das escalas para a Heurística
    “Reconhecimento ao invés de memorização” se comparados com os enfermeiros (2,77±0,49
    vs. 3,07±0,66, p=0,003. Ao analisar as categorias analíticas, os resultados mostraram que o SII
    do Brasil apresenta falhas tanto na percepção de localização do usuário quanto no percurso feito
    dentro do próprio sistema e apresenta entraves em relação à padronização, além de duplicidade
    de comandos, que dificultam o acesso às informações. Conclusão: O SII do Brasil proporciona,
    de um lado, facilidade de acesso aos usuários, podendo ser acessado de qualquer lugar e
    momento, desde que tenha conectividade com a internet; e de outro, apresenta fragilidades que
    não são tão graves e podem ser corrigidas conforme proposto neste trabalho, quanto à sua
    habilidade em permitir que o usuário alcance facilmente suas metas de interação com a
    tecnologia.

  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT
    MORATO, Y.C. Brasilian Immunization information system: usability assessment. 2020.
    122p. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Universidade Federal de São João del-Rei,
    Divinópolis, 2019.
    Introduction: The Information System of the National Immunization Program - SIPNI of
    Brazil is a managerial technological innovation that enhances planning and decision making
    regarding vaccination activities, as it allows the individual registration of the vaccinated and
    their origins, the rescue of non-vaccinated. It also allows the provision of vaccine coverage data
    and post-vaccination adverse events, immunobiological validity and control as well as
    inventory control. Due to this relevance, one should consider the quality of its functionality,
    which is configured as a security requirement for the use of technology. Among the features of
    the software, usability is a quality attribute that can evaluate the ease of use of user interfaces
    from standards called Usability Heuristics. Objective: To analyze the usability of SIPNI WEB
    in primary health care (APS) vaccination rooms in the Western Macroregion of Minas Gerais
    (MG), in 2018. Method: A concurrent and convergent mixed method research that allowed the
    triangulation of methods (cross-sectional, Indirect Heuristic Assessment Method) and research
    techniques (questionnaire and semi-structured inspection script) based on the ten Nielsen
    heuristics. Data were collected between July and December 2018. Quantitative and qualitative
    data were analyzed separately and integrated at the interpretation level to identify convergences,
    differences or combinations. This study included 137 nursing professionals working in 96
    vaccination rooms and four information technology specialists with knowledge of SIPNI. For
    the analyses we used the descriptive and inferential statistics, the Indirect Heuristic Assessment
    Method and the Content Analysis, in the Thematic-Categorical mode. Results: Regarding the
    usability of IBS by nursing professionals, the average SUS score obtained (61.8) indicated
    marginal or little significant satisfaction and the overall average of heuristics was 2.87 ± 0.44.
    The best evaluated heuristics were: “Error Prevention” (3.03 ± 0.54) and “Help and
    Documentation” (3.00 ± 0.68); and the worst evaluated was “System Status Visibility”, with a
    mean of 2.62 ± 0.55. Professionals with the level of technical education presented higher scores
    for the Heuristics “Recognition rather than memorization” when compared to nurses (2.77 ±
    0.49 vs. 3.07 ± 0.66, p = 0.003. By analyzing the analytical categories, the results showed that
    the Brazilian IBS presents flaws both in the user's perception of location and in the path made
    within the system itself and presents barriers in relation to standardization, as well as duplicate
    commands, which make it difficult to access information. Conclusion: SII do Brazil provides
    easy access to users and can be accessed from anywhere and anytime, since proper internet
    connectivity is available. On the other hand, it has weaknesses, which are mildly serious and
    can be corrected as proposed by this research, in its ability to allow users to easily reach their
    goals of interaction with technology.
6
  • KELLY DE FREITAS SANTOS
  • PRÁTICAS PARENTAIS E SUA RELAÇÃO COM O COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE CRIANÇAS
  • Orientador : MARCIA CHRISTINA CAETANO ROMANO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALBA OTONI
  • MARCIA CHRISTINA CAETANO ROMANO
  • WENDELL COSTA BILA
  • Data: 13/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    FREITAS, K.S. Práticas parentais e sua relação com o comportamento alimentar de
    criaças. 2019. 143 p. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação
    Mestrado Acadêmico em Enfermagem da Universidade Federal de São João del
    Rei, 2019.
    O tema comportamento alimentar tem tido relevância na atualidade em função das
    implicações deste sobre a determinação de doenças crônicas prevalentes. Tem-se
    percebido uma rápida mudança no comportamento alimentar das crianças, com
    agravamento da qualidade da dieta infantil, especialmente com consumo aumentado
    de ultraprocessados. Investigações nacionais sobre os determinantes do
    comportamento alimentar infantil, especialmente frente às práticas parentais, são
    escassos. A presente pesquisa visa responder à pergunta: práticas parentais
    associam-se ao comportamento alimentar infantil? Objetivo: Avaliar associação entre
    práticas parentais e o comportamento alimentar de crianças. Trata-se de um estudo
    transversal, realizado com 368 crianças, faixa etária entre um a cinco anos,
    cadastradas nas Estratégias de Saúde da Família da zona urbana do município de
    Divinópolis-MG. Coletou-se informações referentes a dados demográficos,
    socioeconômicos, clínicos, consumo alimentar da criança e comportamento dos
    pais. Os dados foram processados no programa Epidata® versão 3.1, que permitiu a
    devida análise de consistência e validação dos dados. O comportamento alimentar
    da criança foi avaliado por meio do Questionário de Frequência Alimentar, onde
    estimou-se o consumo diário de alimentos ultraprocessados. A análise dos dados foi
    realizada no software Statistical Package for Social Sciences versão 23.0 (SPSS
    Inc., Chicago, IL). A regressão linear múltipla foi utilizada para identificação das
    variáveis associadas ao comportamento alimentar da criança, com um nível de
    significância de 5%. Na análise dos fatores associados ao maior consumo de
    alimentos ultraprocessados, apresentou associação positivamente às práticas
    parentais. Identificou-se um maior consumo de alimentos ultraprocessados quando
    os pais realizavam práticas de força física ( p < 0,018), recompensa para comer (p <
    0,002 )e, restrição alimentar (p < 0,011) . Associação negativa com o consumo de
    ultraprocessados foi evidenciado quando os pais realizavam orientação para
    alimentação saudável (p < 0,006 ), monitoramento autoritativo (p < 0,017) e reforço
    positivo ao comportamento infantil considerado adequado (p < 0,046 ). Os resultados
    deste estudo evidenciaram que há associação entre práticas parentais e o
    comportamento alimentar da criança.

  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT
    FREITAS, K.S. Parental behavior and its relationship to the eating behavior of
    offspring. 2019. 143 p. Dissertation (Master) - Postgraduate Program Academic
    Master of Nursing, Federal University of São João del-Rei, 2019.
    The topic eating behavior has had relevance today due to its implications on the
    determination of prevalent chronic diseases. There has been a rapid change in the
    eating behavior of children, worsening the quality of children's diet, especially with
    increased consumption of ultra-processed foods. National investigations into the
    determinants of child eating behavior, especially in relation to parenting practices, are
    scarce. This research aims to answer the question: are parenting practices
    associated with child eating behavior? Objective: To evaluate the association
    between parenting practices and children's eating behavior. This is a cross-sectional
    study conducted with 368 children, aged between one and five years, registered in
    the Family Health Strategies of the urban area of Divinópolis-MG. Information
    regarding demographic, socioeconomic, clinical, children's food intake and parental
    behavior was collected. Data were processed using Epidata® version 3.1 software,
    which allowed proper consistency analysis and data validation. The child's eating
    behavior was assessed using the Food Frequency Questionnaire, which estimated
    the daily consumption of ultra-processed foods. Data analysis was performed using
    Statistical Package for Social Sciences software version 23.0 (SPSS Inc., Chicago,
    IL). Multiple linear regression was used to identify variables associated with the
    child's eating behavior, with a significance level of 5%. In the analysis of factors
    associated with higher consumption of ultra-processed foods, it was positively
    associated with parenting practices. Higher consumption of ultra-processed foods
    was identified when parents performed physical strength (p <0.018), eating reward (p
    <0.002) and dietary restriction (p <0.011) practices. Negative association with the
    consumption of ultra-processed foods was evidenced when parents provided
    guidance for healthy eating (p <0.006), authoritative monitoring (p <0.017), and
    positive reinforcement of child behavior considered appropriate (p <0.046). The
    results of this study showed that there is an association between parenting practices
    and the child's eating behavior.
7
  • LUANA SANTOS VITAL ALVES COELHO
  • ASSOCIAÇÃO ENTRE VIOLÊNCIA NA INFÂNCIA E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL ENTRE ADOLESCENTES
  • Orientador : MARCIA CHRISTINA CAETANO ROMANO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALBA OTONI
  • MARCIA CHRISTINA CAETANO ROMANO
  • WENDELL COSTA BILA
  • Data: 13/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
     
    COELHO, L.S.V.A. Associação entre violência na infância e índice de massa
    corporal entre adolescentes .2019. 100p. Dissertação (Mestrado) – Programa de
    Pós-graduação Mestrado Acadêmico em Enfermagem da Universidade Federal de
    São João del-Rei, 2019.
     
    Na contemporaneidade, o sobrepeso e a obesidade constituem um grave problema
    de saúde pública e trazem diversas implicações para saúde. Os fatores
    determinantes do excesso de peso são multifatoriais, envolvendo fatores ambientais,
    genéticos e psicológicos.Não há um consenso na literatura acerca da relação entre
    violência na infância e excesso de peso entre adolescentes, além disso, as
    publicações sobre o tema são, em sua maioria, internacionais, tornando-se
    imperativos estudos com adolescentes brasileiros que possam contribuir com o
    esclarecimento sobre a temática.O objetivo deste trabalho consiste em avaliar a
    associação entre violência na infância e índice de massa corporal entre
    adolescentes.Trata-se de um estudo quantitativo, de caráter transversal, realizado
    com 136 adolescentes de dez a dezenove anos, cadastrados nas unidades básicas
    de saúde onde atua o Programa de Residência Multiprofissional da Saúde do
    Adolescente da Universidade Federal de São João del Rei, no município de
    Divinópolis-MG. Realizou-se avaliação antropométrica para classificação do estado
    nutricional dos adolescentes e foram coletadas informações referentes a dados
    socioeconômicos, consumo alimentar, nível de atividade física e sobre violência, por
    meio de protocolos padronizados e questionários validados. Realizou-se análise
    descritiva dos dados mediante cálculo das distribuições de frequências absolutas e
    relativas. Foi realizada regressão linear múltipla para identificação dos fatores
    associados ao excesso de peso entre adolescentes. A prevalência de excesso de
    peso foi de 31,8% em ambos os sexos e foi identificado que a maioria dos
    participantes era do sexo feminino (61,0%), apresentando predomínio de faixa etária
    de 15 a 19 anos (65,4 %), com classe econômica C2 (35,3%).Nessa investigação, o
    tipo de abuso sofrido na infância mais prevalente foi a negligência emocional,
    acometendo 100% dos participantes. O modelo estatístico final mostrou que o IMC
    foi influenciado por negligência física e o consumo de alimentos industrializados, ou
    seja, o aumento da freqüência da negligência física na infância e do consumo de
    alimentos industrializados aumentou o escore Z de IMC. Conclui-se que a violência
    na infância teve associação com o aumento do IMC na adolescência.

  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT
     
    COELHO.L.S.V.A. Association between childhood violence and body mass index
    among adolescents2019.100 p. Dissertation (Master) - Postgraduate Program
    Academic Master of Nursing, Federal University of São João del-Rei, 2019.
     
    In contemporary times, overweight and obesity are a serious public health problem
    and have several health implications. The determinants of overweight are
    multifactorial, involving environmental, genetic and psychological factors. There is no
    consensus in the literature about the relationship between childhood violence and
    overweight among adolescents, and most publications on the topic are international,
    making it imperative to study Brazilian adolescents that can contribute to the
    clarification. about the theme. The aim of this paper is to evaluate the association
    between childhood violence and body mass index among adolescents. This is a
    quantitative cross-sectional study conducted with 136 adolescents from ten to
    nineteen years old, enrolled in the basic health units where the Multiprofessional
    Adolescent Health Residency Program of the Federal University of São João del Rei
    operates. municipality of Divinópolis-MG. Anthropometric assessment was performed
    to classify the nutritional status of adolescents and information regarding
    socioeconomic data, food intake, physical activity level and violence was collected
    through standardized protocols and validated questionnaires. Descriptive data
    analysis was performed by calculating the absolute and relative frequency
    distributions. Multiple linear regression was performed to identify factors associated
    with overweight among adolescents. The prevalence of overweight was 31.8% in
    both sexes and it was identified that the majority of participants were female (61.0%),
    with a predominance of 15-19 years old age group (65.4%), with economic class C2
    (35.3%). In this investigation, the most prevalent type of abuse suffered in childhood
    was emotional neglect, affecting 100% of participants. The final statistical model
    showed that BMI was influenced by physical neglect and consumption of processed
    foods, ie, the increases frequency of childhood physical neglect and consumption of
    processed foods increased the BMI Z-score. In conclusion, childhood violence was
    associated with increased BMI in adolescence.
8
  • LIDIANI VANESSA DA SILVA
  • SUICIDALIDADE LGBTQ+: NARRATIVAS DE VIDA DE DIFERENTES GERAÇÕES

  • Orientador : NADJA CRISTIANE LAPPANN BOTTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCO JOSÉ DE OLIVEIRA DUARTE
  • NADJA CRISTIANE LAPPANN BOTTI
  • SHEILA FERREIRA MIRANDA
  • Data: 19/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    O preconceito e a discriminação são fenômenos presentes no cotidiano da vida social apresentando-se de várias maneiras e delimitando normas e padrões sociais. As pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e queers (LGBTQ+),historicamente, são vítimas de discriminação e violência na sociedade. Na literatura encontramos que a violência homofóbica, a não aceitação por parte da família, as questões religiosas, as agressões e ameaças vividas no cotidiano podem fragilizar a saúde mental da população LGBTQ+. Além destes fatores, as pessoas que não se enquadram na heterossexualidade e na cisgeneridade, apresentam maior número de mortes por suicídio. Desta forma o presente estudo se propôs a analisar narrativas de pessoas LGBTQ+ em relação ao comportamento suicida em uma cidade do interior do estado de Minas Gerais. O referencial metodológico utilizado foi a história oral temática, a técnica de amostragem foi a bola de neve e o referencial de análise utilizado foi a análise de conteúdo temática. O método de história oral temática permitiu a compreensão da realidade vivida pelas pessoas LGBTQ+ desvelando que o comportamento suicida se encontra presente nos seus cotidianos e que são necessárias estratégias de valorização da vida e viver LGBTQ+.


  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT
    Prejudice and discrimination are phenomena present in the daily life of social life, presenting themselves in various ways and delimiting social norms and standards. Lesbian, gay, bisexual, transvestite, transgender and queer people (LGBTQ +) have historically been victims of discrimination and violence in society. In the literature, we find that homophobic violence, family non-acceptance, religious issues, aggressions and threats experienced in daily life can weaken the mental health of the LGBTQ + population. In addition to these factors, people who do not fit in heterosexuality and cisgenerity have a higher number of suicide deaths. Thus, the present study aimed to analyze narratives of LGBTQ + people regarding suicidal behavior in a city in the interior of the state of Minas Gerais. The methodological framework used was thematic oral history, the sampling technique was the snowball and the analysis framework used was thematic content analysis. The thematic oral history method allowed the understanding of the reality lived by LGBTQ + people revealing that suicidal behavior is present in their daily lives and that strategies for valuing life and living LGBTQ + are necessary.

SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01