PROMEL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Telefone/Ramal: (32) 3379-5138

Banca de DEFESA: IGOR PIRES ZEM EL-DINE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : IGOR PIRES ZEM EL-DINE
DATA : 25/03/2021
HORA: 14:15
LOCAL: On-line (RNP: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/ivan-vasconcelos-figueiredo)
TÍTULO:
A LEI É PARA TODOS: UMA ANÁLISE ACERCA DOS IMAGINÁRIOS
 SOCIODISCURSIVOS SOBRE O AUXÍLIO-MORADIA DE MAGISTRADOS PROJETADOS NO JORNAL FOLHA DE S. PAULO

PALAVRAS-CHAVES:

Auxílio-Moradia; Teoria Semiolinguística; Quadro Comunicacional; Polêmica Argumentativa; Imaginários Sociodiscursivos.


PÁGINAS: 149
RESUMO:

A pesquisa analisa os imaginários sociodiscursivos acerca do auxílio-moradia de magistrados projetados pela Folha de S. Paulo. O corpus é constituído por oito notícias publicadas ao longo do ano de 2018. O quadro teórico-metodológico tem como base a Teoria Semiolinguística de Patrick Charaudeau; para a investigação utilizamos como suporte a grade de análise proposta por Mendes, possibilitando uma inter-relação entre a teoria semiolinguística com os estudos sobre Polêmica de Ruth Amossy, dentre outros autores. A partir da concepção charaudeana a imprensa reverbera imaginários sociodiscursivos, que atribuem aos atores jurídicos, de maneira geral, argumentos fundamentados em saberes de conhecimento e saberes de crença condicionados aos imaginários de ilegalidade/legalidade; imoralidade/moralidade associados ao Poder Judiciário. Por meio das análises, é possível afirmar que a temática do auxílio-moradia abordado pelos jornalistas do jornal da Folha de S. Paulo corrobora na construção da polêmica, porque contrapõe discursos, promove polarização social, tendendo a desqualificar adversários numa situação comunicativa. A polêmica, é portanto, uma encenação do debate, do confronto e do jogo polêmico fundamentadas nas visadas de captação e de credibilidade. Nessa perspectiva, o assunto requer maior debate e reflexão para com a sociedade brasileira, tendo em vista, as contradições do benefício e por parte de seus integrantes. Isso acaba por fragilizar as instituições judiciárias e os atores jurídicos, bem como a democracia brasileira.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1951458 - IVAN VASCONCELOS FIGUEIREDO
Interno - 1544164 - CLAUDIO MARCIO DO CARMO
Externo à Instituição - MARIANA RAMALHO PROCÓPIO XAVIER
Externo à Instituição - CLÁUDIO HUMBERTO LESSA
Notícia cadastrada em: 24/03/2021 08:30
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01