Banca de QUALIFICAÇÃO: MARINA VIEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARINA VIEIRA
DATA : 01/02/2021
HORA: 15:00
LOCAL: Plataforma Remota
TÍTULO:

USO DE COSMÉTICOS PARA O MANEJO DA ERITRODISESTESIA PALMO – PLANTAR (SÍNDROME MÃO-PÉ) EM PACIENTES ONCOLÓGICOS: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA 


PALAVRAS-CHAVES:

Cosméticos, Eritrodisestesia palmo-plantar, Agente antineoplásico.


PÁGINAS: 47
RESUMO:

 As doenças crônicas não transmissíveis são as principais causas de mortes no mundo. As principais são: doenças cardiovasculares, isquêmicas, neoplasias, doenças respiratórias crônicas e diabetes mellitus. O câncer é uma das principais doenças que afeta populações do mundo inteiro, sendo estimados, até 2030, 21,4 milhões de novos casos e 13,2 milhões de óbitos. A necessidade do cuidado com os pacientes oncológicos nunca foi tão iminente e urgente, indicando a necessidade de planejamento e gestão de programas de acompanhamento da assistência oncológica. O câncer é uma doença diferenciada de outras enfermidades crônicas em virtude de poder provocar deformidades, dor e mutilações, trazendo, também, grande impacto psicológico e mudança na qualidade de vida. Como reflexo deste impacto citam-se os sentimentos negativos observados desde o momento do diagnóstico ao tratamento. Tais sentimentos estão associados às várias reações adversas, da própria patologia ou do tratamento proposto, incluindo complicações dermatológicas como a síndrome mão-pé. Frequentemente o foco terapêutico restringe-se apenas à doença, ficando em segundo plano o manejo dos efeitos dermatológicos e de autoimagem do paciente. Esta conduta pode comprometer a evolução do tratamento, levando o paciente a ter diminuição da sua autoestima e menor adesão ao tratamento. Objetivo (s): Avaliar o uso clínico de cosméticos para o manejo da síndrome mão-pé em pacientes oncológicos. Materiais e métodos: Foi realizada revisão sistemática da literatura em cinco bases de dados diferentes: Scopus, Web of Science, Science Direct, Pubmed e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Foram combinados diferentes descritores Mesh utilizando-se operador booleano. A busca e elaboração da presente revisão obedeceram às diretrizes propostas pela recomendação PRISMA. Resultados: Foram selecionados 19 artigos, que foram analisados para redação da dissertação. Conclusão: Os resultados desta revisão apontaram que a síndrome mão-pé implica prejuízo para o tratamento do câncer e comprometimento da qualidade de vida dos pacientes. Diante disso concluímos que há muitas maneiras de contornar os sintomas da síndrome mão-pé com o uso de cosméticos; entretanto, é necessário que sejam feitos mais estudos na área para de fato contornar a síndrome sem interrupção da quimioterapia.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ANA LUIZA CHAVES MAIA - SS18
Presidente - 1772600 - CARLOS EDUARDO DE MATOS JENSEN
Externa à Instituição - NAYARA RAGI BALDONI COUTO - UIT
Notícia cadastrada em: 30/01/2021 16:02
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa02.ufsj.edu.br.sigaa02