Banca de DEFESA: MICHELLE LAYRA CUNHA REZENDE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MICHELLE LAYRA CUNHA REZENDE
DATA : 27/11/2020
HORA: 16:00
LOCAL: Google Meet (meet.google.com/vsi-atgz-hzs)
TÍTULO:

ADAPTAÇÃO DA METODOLOGIA 5220-D DO STANDARD METHODS PARA A DETERMINAÇÃO DA DEMANDA QUÍMICA DE OXIGÊNIO (DQO), SEM DIGESTÃO POR AQUECIMENTO ARTIFICIAL DA AMOSTRA


PALAVRAS-CHAVES:

DQO; matéria orgânica; quantificação; adaptação de metodologia; validação de metodologia.


PÁGINAS: 75
RESUMO:

A demanda química de oxigênio (DQO) é um parâmetro global utilizado como indicador de conteúdo orgânico em águas residuárias e superficiais bem como para o monitoramento de estações de tratamento de efluentes líquidos. Dessa forma, o novo método proposto para análise de DQO em amostras visa contribuir e facilitar o processo de determinação de matéria orgânica em estações de tratamento de efluentes a fim de poupar gastos e tempo.
Atualmente, o método para determinar a Demanda Química de Oxigênio (DQO) mais empregado para refluxo fechado é a Metodologia 5220D do Standard Methods, no qual tubos com amostras contendo biftalato de potássio, sulfato de mercúrio, dicromato de potássio e água destilada são levados a um digestor e posteriormente deixados para resfriar antes de suas respectivas absorbâncias serem medidas e sua DQO calculada. Esse processo apresenta alguns inconvenientes no que diz respeito à digestão, pois as amostras devem ser digeridas por um período de aproximadamente 2 horas antes de ler suas absorbâncias.
Com o intuito de otimizar o tempo de análise desse método, o presente modelo de utilidade foi desenvolvido, por meio do qual as absorbâncias das amostras são obtidas através de uma equação que correlaciona as absorbâncias das mesmas logo após sua oxidação, sem passar pelo processo de digestão.
Além disso, é proposto também, a validação da metodologia através de testes de exatidão, precisão, robustez, linearidade, seletividade e sensibilidade independente do material orgânico a ser analisado. A principal vantagem desse modelo é a economia de tempo, de gasto com a compra do equipamento e também a redução de energia elétrica, devido à não utilização do bloco digestor.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1985765 - FABIANO LUIZ NAVES
Interna - 1810303 - PATRICIA DA LUZ MESQUITA
Interna - 1861356 - CRISTIANE MEDINA FINZI QUINTAO
Externa à Instituição - LARISSA CARVALHO SOARES AMARAL
Notícia cadastrada em: 10/11/2020 15:08
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa02.ufsj.edu.br.sigaa02