Banca de DEFESA: CAROLINA RIBEIRO GOMES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAROLINA RIBEIRO GOMES
DATA : 07/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: SALA 3.08 RE CTAN
TÍTULO:

ANÁLISE DAS OPORTUNIDADES RECREATIVAS OFERECIDAS EM PARQUES NACIONAIS NO BRASIL E NOS ESTADOS UNIDOS


PALAVRAS-CHAVES:

Parques Nacionais


PÁGINAS: 125
RESUMO:

Os Parques Nacionais (PN) são instrumentos fundamentais para o desenvolvimento turístico e a proteção do meio ambiente. Ao promover a conexão entre turismo e natureza, sendo esta a “matéria-prima” da atividade, permitem responder às expectativas dos turistas, oferecendo diversas oportunidades, as quais, quando bem manejadas, despertam o apoio dos próprios visitantes na conservação do local. Neste cenário, o crescimento das atividades nas áreas naturais demanda conhecimentos e técnicas para que seja possível proporcionar experiências de alta qualidade aos visitantes e controlar e/ou reduzir os impactos decorrentes das visitas. Dessa forma, esta pesquisa objetivou-se analisar as oportunidades recreativas oferecidas nos 10 Parques Nacionais mais visitados no Brasil e nos Estados Unidos, por meio da identificação, descrição e classificação das zonas de manejo, e investigar como as diferentes classes de oportunidades oferecidas influenciam a visitação turística. Para a realização da pesquisa, utilizou-se suporte bibliográfico e documental, materiais específicos sobre os Parques, como planos de gestão ou manejo e documentos oficiais disponíveis pelos órgãos gestores a respeito do uso público e visitação dos PN estudados. Para a coleta de dados, foi utilizado o método Recreation Opportunity Spectrum (ROS) para identificar as áreas específicas de recreação, permitindo a definição de um zoneamento de oportunidades recreativas, o qual é dividido em cinco classes (Prístina; Primitiva, Natural, Rural e Urbana). Após a identificação e descrição das classes de oportunidades, a discussão da pesquisa foi conduzida pela análise crítica. Os resultados mostraram que existe relação entre o número de oportunidades recreativas oferecidas e o número de visitantes que o parque passa a receber, confirmando o pressuposto que se há diferentes oportunidades recreativas disponíveis para os visitantes, há mais visitantes. As áreas com alta concentração de recursos turísticos disponíveis podem influenciar a variedade de usos e densidade de visitantes, enfatizando a ideia de que, áreas com mais diversidade de atrativos e atividades, ou seja, de oportunidades, influenciam, significativamente, a quantidade de visitantes que a área passa a receber. Dessa forma, é possível concluir que as ferramentas de gestão da visitação turística são de extrema importância devido a urgência em resgatar áreas extremamente ameaçadas pelo manejo inadequado do turismo. Em suma, a possibilidade de criar zonas ou classes de manejo em áreas naturais deve ser explorada para garantir que o turismo permaneça sustentável.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - GERALDO MAJELA MORAES SALVIO - IF SUDESTEMG
Externo à Instituição - HELDER ANTÔNIO DA SILVA - IF SUDESTEMG
Interno - 1375368 - LEONARDO CRISTIAN ROCHA
Presidente - 1729282 - MUCIO DO AMARAL FIGUEIREDO
Notícia cadastrada em: 28/01/2020 10:40
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01