Banca de DEFESA: JOSE MAURO RIBEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSE MAURO RIBEIRO
DATA : 25/06/2021
HORA: 09:00
LOCAL: https://meet.google.com/tqb-yyhf-hoi
TÍTULO:

Caracterização e análise de redes sociais a partir de dados de telefonia móvel


PALAVRAS-CHAVES:

Redes sociais, redes de mobilidade, dados CDR


PÁGINAS: 50
RESUMO:


A comunicação humana sofreu uma drástica mudança com o surgimento de tecnologias que removeram a barreira imposta por grandes distâncias entre as pessoas. Nos dias de hoje, essa evolução permite que indivíduos se conectem de formas tão diversas, que muitos dispositivos podem combinar texto, imagem e som em mensagens que ajudam a redefinir as relações sociais. Mais ainda, nos últimos anos, novas tecnologias para armazenamento e processamento de grandes volumes de dados permitiram que a informação coletada em tempo real seja utilizada para o desenvolvimento de soluções inovadoras que envolvem algoritmos e metodologias que são, ainda, foco de pesquisa em muitas áreas. Os registros de dados de chamadas ou CDRs (Call Detail Record) que surgem no contexto de grande volumes de dados disponíveis atualmente contêm uma enorme quantidade de informações e se tornaram alvos  de pesquisas que utilizam ferramentas de redes complexas. Informações sobre como, quando e com quem os clientes se comunicaram em dado momento, além da localização aproximada dos mesmos constituem dados valiosos que podem ser obtidos a partir de CDRs. A partir desses dados surgiram estudos propondo modelos de redes sociais e análises de mobilidade nos últimos anos, oferecendo novas possibilidades e busca por inovações. Neste trabalho são utilizados registros telefônicos de duas regiões imediatas localizadas no estado de Minas Gerais, no Brasil: a região imediata de São João del-Rei (de porte pequeno) e a região imediata de Juiz de Fora (de porte médio). Desta forma, este trabalho tem como objetivos principais a caracterização das interações sociais a partir de registros de ligações telefônicas e a investigação da relação entre as interações sociais e os padrões de mobilidade exibidos por indivíduos em centros urbanos.  A complexidade urbana analisada neste trabalho sob duas perspectivas: social e de mobilidade. A perspectiva social permite que se compreenda como se dá a interação entre pares de indivíduos, revelando aspectos importantes específicos sobre as relações humanas em contextos urbanos. Sob a perspectiva de mobilidade é possível compreender como os indivíduos interagem com o espaço urbano e o que pode auxiliar na caracterização da organização das cidades e dos indivíduos. Com a finalidade de investigar a relação entre as relações sociais e os padrões de mobilidade, os experimentos realizados tiveram como objetivo explorar o impacto de indivíduos que possuem relação social relevante nos padrões de mobilidade de outros indivíduos. Dessa forma foram realizadas análises quanto aos padrões de mobilidade a fim de medir a similaridade desses padrões entre indivíduos.  A caracterização de cada rede também foi realizada para permitir uma compreensão das mesmas seguindo métricas básicas, além de estudos das características mais complexas como reciprocidade e detecção de comunidades da rede, que são atualmente métricas de alto interesse no campo de estudo de redes sociais. Dessa forma, este trabalho fornece um conjunto rico de informações no contexto de redes sociais para regiões de forma inédita.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1803365 - VINICIUS DA FONSECA VIEIRA
Interno - 1742853 - RAFAEL SACHETTO OLIVEIRA
Interno - 1919969 - DANIEL LUDOVICO GUIDONI
Interna - 1777390 - CAROLINA RIBEIRO XAVIER
Externo à Instituição - ALEXANDRE GONÇALVES EVSUKOFF - UFRJ
Notícia cadastrada em: 16/06/2021 14:41
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01