Banca de QUALIFICAÇÃO: TANIA MARILIA RESENDE MEIRELES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TANIA MARILIA RESENDE MEIRELES
DATA : 22/10/2021
HORA: 10:00
LOCAL: meet
TÍTULO:

Reflexos do Empreendedorismo e Inovação no Município de Santa Cruz de Minas, tendo como foco a Economia Solidária


PALAVRAS-CHAVES:
Economia Solidária, Indicadores, Tecnologia Social, Santa Cruz de Minas.
 

PÁGINAS: 82
RESUMO:

Com o intuito de promover o desenvolvimento social local, as políticas públicas municipais, visam alcançar determinada parcela da população com finalidades específicas, por meio de leis e ações sociais que buscam atingir uma coletividade e assim garantir determinados direitos. Desta forma, a prefeitura municipal de Santa Cruz de Minas em 2015, publicou a lei nº 977 que institui a política municipal de Economia Solidária no município de Santa Cruz de Minas – MG. Para a população envolvida a lei trouxe a possibilidade de geração de renda, oportunidade de inclusão social, capacitação e uma alternativa para aqueles que procuram uma atividade remunerada. Por ser uma lei recente, a Economia Solidária no município ainda é incipiente e carece de maiores, estudos, análises e incentivos para o registro das ações realizadas e dos resultados obtidos e por meio de sua análise promover o melhoramento constante de suas ações. O registro poderá subsidiar a tomada de decisões e uma futura avaliação da política pública institucionalizada pela Lei 977/2015. O presente estudo aborda as tecnologias sociais como ferramenta para promover o desenvolvimento e o aprimoramento dos empreendimentos de base solidárias. Propõe o desenvolvimento de uma ferramenta a partir de indicadores, com o objetivo de construir subsídios à tomada de decisões, dos atores envolvidos no referido processo das ações relacionadas à economia solidária no município. A literatura aponta que as tecnologias sociais são esforços cooperativos entre agentes sociais, instituições não governamentais, o poder público e instituições de pesquisa que convergem no interesse de alavancar o desenvolvimento econômico, solidário e local. Como procedimento de pesquisa será adotado o estudo de caso e para a definição dos indicadores a aplicação de um questionário como instrumento de coleta de dados. Os questionários serão respondidos pelos empreendedores solidários envolvidos e pela equipe de gestão da prefeitura. Definidos os indicadores, para a confecção do arcabouço analítico, serão utilizadas as ferramentas Microsoft excel e Power BI.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 7435088 - BEZAMAT DE SOUZA NETO
Interna - 1354698 - DANIELA MARTINS DINIZ
Interno - 1211816 - FABRICIO MOLICA DE MENDONCA
Externo à Instituição - JEAN CARLOS MACHADO ALVES
Notícia cadastrada em: 08/10/2021 16:44
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01