Banca de QUALIFICAÇÃO: MATEUS MACHADO PINTO DE ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MATEUS MACHADO PINTO DE ALMEIDA
DATA : 07/10/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

O problema da correspondência: ciência e natureza humana.


PALAVRAS-CHAVES:

Natureza Humana, Teoria da Evolução, Psicologia Evolucionista,, Problema da correspondência.


PÁGINAS: 15
RESUMO:

A Psicologia Evolucionista (PE) surge no fim do Século XX como uma das candidatas a realização do sonho de Charles Darwin de estender os conceitos da Teoria da Evolução ao estudo da Natureza Humana. De acordo com a PE, a mente humana é uma adaptação. A mente presente nos crânios dos humanos modernos seria o resultado de pressões evolutivas encontradas no  Ambiente de Adaptação Evolutivo (AAE). Essa ideia central da PE pode ser simbolizada pela seguinte frase de Leda Cosmides e John Tooby: “Nossos crânios modernos abrigam uma mente da idade da pedra”(Cosmides e Tooby 1997, p. 90)”. Os defensores da PE propõem que os mecanismos psicológicos dos humanos modernos são uma herança dos mecanismos psicológicos de nossos antepassados. Mas, a Psicologia Evolucionista está longe de ser unanimidade. No ano de 2019, a filósofa Subrena Smith publicou um artigo intitulado: Is Evolutionary Psychology Possible? Nesse artigo Subrena acusa os psicólogos evolucionistas de forçarem inferências sobre o passado evolutivo de nossa espécie. De acordo com sua visão, a Psicologia Evolucionista sofreria de um problema metodológico não passível de resolução. Ela nomeia esse problema de O problema de correspondência (the matching problem). Em linhas gerais sua crítica a esse modelo de compreensão da mente humana é dirigida às tentativas de correlacionar a mente dos humanos modernos com a mente dos humanos primitivos. Para Subrena Smith, as correlações pretendidas pelos teóricos da Psicologia Evolucionistas não passariam de meras especulações. O Problema de Correspondência, de acordo com Subrena, colocaria um desafio metodológico à Psicologia Evolucionista. O desafio seria o de demonstrar as correlações que se supõe existir entre os mecanismos psicológicos modernos e os de nossos ancestrais. Para Subrena, “Unless the challenge can be overcome, evolutionary psychological explanations fail”. (Smith, 2019, p.42). O principal objetivo desta qualificação é melhorar a exposição do Problema de Correspondência em relação ao projeto inicial e apresentar as primeiras hipóteses elencadas para a resolução do mesmo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1550948 - MARCO AURELIO SOUSA ALVES
Interno - 1716250 - GUSTAVO LEAL TOLEDO
Notícia cadastrada em: 24/09/2021 10:23
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01