Banca de QUALIFICAÇÃO: THAIS PAIVA PORTO DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THAIS PAIVA PORTO DE SOUZA
DATA : 09/07/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de aula da pos graduação
TÍTULO:

Produção, caracterização bioquimica e aplicação da fitase de Aspergillus nidulans em Komagataella pastoris


PALAVRAS-CHAVES:

Fitase, Fitato, Pichia pastoris, expressão heteróloga


PÁGINAS: 60
RESUMO:

O fitato (Inositol hexafosfato: C6H18O24P6 – IP6) está presente nas plantas, especialmente em cereais como soja, milho, trigo, aveia e leguminosas. Atualmente, o fitato é considerado um fator antinutricional por se ligar a metais e minerais, como ferro, zinco, cobre e principalmente o fósforo, reduzindo sua absorção durante a digestão em animais monogástricos. A excreção de fitato não digerido pode causar sérios problemas ecológicos devido ao excesso de fósforo excretado no meio ambiente. As fitases são enzimas capazes de degradar o ácido fítico e são utilizadas na suplementação de ração animal com intuito de se melhorar a digestibilidade através da liberação de nutrientes como o fósforo, presente na forma de fitato. Portanto, o uso de fitases em ração de aves tem sido intensificado a fim de se reduzir a suplementação com fósforos inorgânicos na alimentação e, consequentemente, a excreção de fósforo. Diante disso, um screening de fitases com características biotecnológicas relevantes visando um desenho racional da proposta foi realizado neste trabalho. Fitases de fungos filamentosos se mostram atualmente promissoras para a escolha, por possuírem propriedades bioquímicas desejáveis para aplicação na indústria animal. Diante disso, novos clones da levedura Komagataella pastoris GS115 contendo possivelmente o gene da fitase de interesse foram usados como sistema heterólogo de expressão, dispondo do microrganismo de origem o fungo filamentoso Aspergillus nidulans. Foram realizadas diversas análises bioinformáticas (análises in silico) da sequência gênica e proteica para otimização das sequências do mRNA obtidas no GenBank. A expressão foi realizada com 0,5% de metanol em diferentes tempos de indução. Testes preliminares de atividade com nitrofenilfosfato foram realizados.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1367304 - ALEXSANDRO SOBREIRA GALDINO
Interno - 1675931 - PAULO AFONSO GRANJEIRO
Externo ao Programa - 1779894 - HELDER MAGNO SILVA VALADARES
Externa ao Programa - 2059999 - MARIANA CAMPOS DA PAZ LOPES GALDINO
Notícia cadastrada em: 24/03/2021 10:50
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa02.ufsj.edu.br.sigaa02