Banca de DEFESA: CLEISIANE DE SOUSA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CLEISIANE DE SOUSA SILVA
DATA : 23/06/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Ambiente virtual
TÍTULO:

ESTUDO DA MATEMÁTICA PRESENTE NA TECELAGEM ARTESANAL DE RESENDE COSTA, MG.


PALAVRAS-CHAVES:

Resende Costa. Tecelagem artesanal. Etnomatemática.


PÁGINAS: 122
RESUMO:

A presente dissertação objetivou compreender a matemática empregada na construção estética
das colchas e tapetes produzidos artesanalmente em Resende Costa - MG, bem como sua
relação com o Programa Etnomatemática, visto que a produção da tecelagem artesanal
resendecostense está integrada a culturas e técnicas permeadas por saberes que constituem
parte do patrimônio cultural da comunidade, representando um bem imaterial protegido e
documentado. Para isso, este trabalho de pesquisa foi conduzido sob a perspectiva da
Etnomatemática e teve como referencial teórico principal as contribuições do autor Ubiratan
D’Ambrósio. Assim, questionou-se sobre qual a correspondência existente entre a matemática
escolar e o saber-fazer presentes na tecelagem de Resende Costa, considerando,
particularmente, a confecção de desenhos em colchas e tapetes. Questionou-se, também, se as
dimensões do Programa Etnomatemática são observadas no saber-fazer dessa comunidade
tecelã e quais são as suas características específicas. Sendo assim, o grupo escolhido para este
estudo foi formado por pessoas do município que desenvolvem padrões decorativos no tear
manual. Ao todo, 18 tecelãs e tecelões responderam a um questionário de entrevista, havendo,
ainda, a observação da confecção de tapetes realizada por duas tecelãs, com acompanhamento
da elaboração de seus desenhos. Assim, houve uma aproximação entre essa arte e a
matemática a partir da coleta de dados no campo, com o intuito de compreender os saberes e
fazeres desses sujeitos em relação à tecelagem e à matemática utilizada. Portanto, este estudo
está fundamentado no procedimento etnográfico no que se refere à realização de uma pesquisa
qualitativa exploratória que utilizou entrevistas e observações participantes do tipo
moderadas, com registro de imagem, áudio e vídeo. Os resultados indicaram a descoberta de
um universo particular, ou seja, tanto no que tange ao modo de viver da comunidade tecelã
quanto no campo da matemática. Nesse sentido, verificou-se que, para o exercício dessa
atividade artesanal na confecção das colchas e tapetes com desenhos, as tecelãs e tecelões
fazem uso de contagem de números, reta numérica, operações básicas, medidas, princípio de
simetria, figuras espelhadas, noções básicas da geometria e geometria plana. Durante a
trajetória de pesquisa, também houve a percepção de que essa atividade de tecelagem tem
algumas características que se enquadram nas dimensões conceitual, histórica, cognitiva,
epistemológica, política e educacional do Programa Etnomatemática. Por fim, elaborou-se
uma proposta de inclusão da tecelagem resendecostense na Educação Matemática.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1477033 - MARIA DO SOCORRO ALENCAR NUNES MACEDO
Presidente - 1169112 - PAULO CESAR PINHEIRO
Externo à Instituição - SÔNIA MARIA CLARETO - UFJF
Notícia cadastrada em: 02/06/2020 14:01
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01