Banca de DEFESA: MARINA EDUARDA OLIVEIRA CAMPOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARINA EDUARDA OLIVEIRA CAMPOS
DATA : 11/08/2023
HORA: 08:00
LOCAL: Google meet
TÍTULO:

A PEDAGOGIA FEMINISTA POPULAR DAS MULHERES DO MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA: TRABALHO, LUTA E FORMAÇÃO POLÍTICA.


PALAVRAS-CHAVES:

PEDAGOGIA FEMINISTA, TRABALHO, LUTA E FORMAÇÃO POLÍTICA


PÁGINAS: 101
RESUMO:

O movimento feminista que se ergue desde as lutas populares, historicamente
tem chamado a atenção sobre o trabalho de sustentabilidade da vida socialmente
designados as mulheres, denunciando a desigualdade produzida pelos sistemas
capitalista, racista, colonial e patriarcal, agentes da divisão sexual, racial e
internacional do trabalho, ao mesmo passo em que propõe ações político
pedagógicas desde a organização coletiva para romper com as formas de
exploração presentes nesses sistemas hegemônicos de poder. Assim, sendo, esse
trabalho buscou contribuir para ampliação e melhor compreensão da pedagogia
feminista popular das mulheres do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.
Fizemos isso através da técnica documental, aproveitando a disponibilidade de um
grande acervo do movimento e de entrevistas semiestruturadas com mulheres
dirigentes do movimento, e com essas narrativas identificamos seus processos de
luta cotidiana nas dimensões sócio políticas, econômicas e ambientais, desde um
ponto de vista feminista, levando em consideração a existência das relações de
gênero, de raça, classe e ecológicas/ambientais. Dentro do campo das
investigações qualitativas trouxemos um referencial teórico das filosofias que
constroem um saber situado, crítico, decolonial e feminista. Partindo das perguntas;
qual pedagogia praticada no cerne da auto-organização das mulheres do MST? E
como está organizada essa pedagogia? Constatamos a existência de uma
pedagogia feminista popular alicerçada na formulação teórica e no estudo com a
pedagogia da formação política, nas mobilizações com a pedagogia da luta e na
solidariedade com a pedagogia do trabalho. Dessa forma contribuímos para
sistematizar e ampliar o olhar sobre a práxis da pedagogia feminista popular das
mulheres do MST, que como todo movimento político crítico, não é linear passa por
avanços, retrocessos e retomadas ao longo de sua trajetória.


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 1036578 - ALINE APARECIDA ANGELO
Externa à Instituição - CHERON ZANINI MORETTI
Presidente - 1477033 - MARIA DO SOCORRO ALENCAR NUNES MACEDO
Interno - 1169112 - PAULO CESAR PINHEIRO
Notícia cadastrada em: 01/08/2023 10:32
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2024 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01