Banca de DEFESA: JUCELIA DO PATROCINIO SILVERIO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JUCELIA DO PATROCINIO SILVERIO
DATA : 29/11/2023
HORA: 09:00
LOCAL: Google meet
TÍTULO:

SEQUÊNCIA DIDÁTICA ORIENTADA PARA AÇÕES NO ANTROPOCENO: INVESTIGANDO O CICLO DAS ÁGUAS NO ENTORNO DA ESCOLA ESTADUAL BRIGHENTI CESARE


PALAVRAS-CHAVES:

Antropoceno; Sequência Didática; Teoria Ator-Rede; Ensino de Ciências.


PÁGINAS: 85
RESUMO:

Este trabalho tem o objetivo de apresentar um processo de desenvolvimento de uma Sequência
Didática (SD) fundamentada em questões ambientais urgentes e identificadas por membros de
uma comunidade escolar. Nosso foco esteve em verificar as sociomaterialidades construídas
por meio da SD em torno do problema ambiental identificado pela turma. Pensamos as relações
entre o ser humano e o planeta, orientadas pelas recentes discussões que se referem ao
Antropoceno, uma possível nova época geológica, na qual a ação humana é a principal força
atuante na modificação e transformação do planeta. Do campo da didática, apostamos nas
formulações teóricas desenvolvidas sobre Sequências Didáticas (SDs), as quais preconizam a
organização de propostas de ensino centradas em determinados objetivos pedagógicos. Além
desses, nosso repertório teórico-metodológico é composto pela Teoria Ator-Rede, a qual
entende que não há hierarquia entre humanos e não humanos na composição do social,
definindo-o, assim, como um movimento peculiar de associação entre diferentes entidades. O
campo de investigação deu-se em uma escola pública estadual, situada no município de São
João del-Rei, M.G., onde a professora-pesquisadora também leciona o conteúdo de Ciências. A
partir da identificação de uma questão socioambiental urgente, foi selecionada a temática do
ciclo da água e a ocorrência de enchentes para o conteúdo da SD. A SD foi desenvolvida em
sete etapas mais um momento prévio, configurando-se nas seguintes: o) Momento prévio - com
o objetivo de perceber o olhar dos estudantes sobre o ciclo da água; i) Momento I - para
identificar a situação problema referente a algumas realidades da água – os alagamentos; ii)
Momento II - embasamento teórico e conceitual sobre a temática de estudo; iii) Momento III -
pautou-se em estender o local e ampliar a visão dos estudantes a respeito do problema; iv)
Momento IV - coleta de respostas em grupos; v) Momento V - apresentação das conclusões
encontradas; vi) Momento VI - para sintetizar e generalizar todas as conclusões e, vii) Momento
VII – para sistematizar o conhecimento com um encaminhamento para uma ação política. Os
dados foram coletados por meio de observação participante e registrados por meio de
fotografias, áudios, vídeos e trabalhos escritos pelos estudantes. Para análise dos dados na
construção das redes, lançamos mão dos softwares Gephi e Force Atlas 2. Nossos resultados
indicam que três realidades emergiram dos dados. Na primeira, a situação-problema vivenciada
pelos estudantes é articulada numa performance mais localizada e intimista. Na segunda
realidade emergem performances de ação e esclarecimento político dos aprendizes. Por fim, na
terceira realidade o problema extravasa o local, repercutindo globalmente e relacionando-se
com a ação humana no planeta. Concluímos, assim, que as potencialidades das Sequências
Didáticas, como prática docente, são capazes de promover um protagonismo político dos
aprendizes.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FABIO AUGUSTO RODRIGUES E SILVA - UFOP
Presidente - 1927311 - GABRIEL MENEZES VIANA
Interno - 1357619 - RICARDO PEREIRA SEPINI
Notícia cadastrada em: 26/10/2023 11:47
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2024 - UFSJ - sigaa06.ufsj.edu.br.sigaa06