Banca de DEFESA: PATRICIA GERALDA RESENDE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PATRICIA GERALDA RESENDE SOUZA
DATA : 03/09/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

“AQUILO NÃO ERA PARA MIM”: A DESCONTINUIDADE NOS ESTUDOS DE JOVENS PROMISSORES


PALAVRAS-CHAVES:

Sociologia da educação. Modelos socializadores. Trajetória socioescolar. Relação com o saber


PÁGINAS: 124
RESUMO:

O presente estudo se insere no campo da Sociologia da Educação, especificamente, nos trabalhos que tratam da compreensão das trajetórias escolares de famílias oriundas dos meios populares. O objetivo desta Dissertação, com base em um estudo de caso, é: 1) identificar, analisar e compreender a possibilidade de irradiação de um capital escolar construído ao longo de gerações; 2) explicar porque ele não se propaga de forma linear, nem contínua, entre os membros da família da quarta geração e parece se configurar como um trunfo perdido para alguns jovens desta família. A metodologia utilizada foi a entrevista genealógica e respectiva análise de conteúdo, para a reconstrução e investigação das trajetórias dos cinco jovens pesquisados. Os questionamentos que norteiam as análises são os seguintes: o que acontece em termos escolares, na quarta geração dessa família, que indica que o efeito de irradiação se configura como um trunfo perdido para alguns jovens? Por que alguns jovens da família parecem não dar valor a escola? O que se passa nessa família, entre seus membros, nas suas relações com a escola, que faz com que alguns descendentes não vejam o sucesso escolar como uma possibilidade de maior ascensão econômica e cultural? De modo geral, os resultados apontam que a presença de diferentes modelos socializadores e a relação com o saber desenvolvida pelos jovens são pontos fundamentais para compreender as diferentes trajetórias desenvolvidas pelos jovens pesquisados. De acordo com a dinâmica social à qual os jovens estão inseridos em um determinado período, eles se apoiam em modelos socializadores diferentes, ora pautados na escola, ora na vida prática. Já, sobre a relação com o saber, quando não é desenvolvida uma relação de gosto com os estudos, capaz de mobilizar o indivíduo a ponto dele se esforçar e, mesmo ao se esforçar, ainda conseguir sentir prazer naquilo que faz, a relação com o saber fica prejudicada. Ademais, fica evidente, também, que essa relação não é estática, incapaz de se reconfigurar ao longo do tempo, pois é possível que a relação com o saber seja reformulada de acordo com os objetivos pessoais almejados


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - DÉBORA CRISTINA PIOTTO - USP
Presidente - 2868620 - PAULA CRISTINA DAVID GUIMARAES
Interno - 435109 - WANDERLEY CARDOSO DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 11/08/2021 09:37
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2021 - UFSJ - sigaa01.ufsj.edu.br.sigaa01