Banca de DEFESA: LARISSA MODESTO DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LARISSA MODESTO DOS SANTOS
DATA : 25/02/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Vídeo conferência
TÍTULO:

A INFATIGÁVEL PROFESSORA” ALEXINA DE MAGALHÃES PINTO: TRAJETÓRIA E ATUAÇÃO DE UMA EDUCADORA MINEIRA (1893-1921)


PALAVRAS-CHAVES:

Alexina Pinto. Intelectual Docente. Invisibilidade Feminina.Mulher.


PÁGINAS: 103
RESUMO:

Este trabalho busca ressaltar que existiram práticas pedagógicas
específicas no Brasil, muitas vezes desconsideradas dentro das “correntes
pedagógicas” atuais, mas que influenciaram de forma direta o ensino e a prática
de muitos professores atualmente. Mesmo com o acúmulo das pesquisas na área,
muitas dessas práticas ainda têm pouca visibilidade até mesmo dentro da
historiografia da educação brasileira, assim como a pouca visibilidade de
intelectuais que se dedicaram a produção dessas práticas, principalmente quando
é a mulher quem ocupa esse espaço do intelectual na educação. Isso se dá tanto
pela falta de fontes historiográficas para a pesquisa, quanto pelo
desconhecimento delas. No cenário brasileiro, especificamente o de Minas
Gerais, temos o caso da educadora são joanense Alexina de Magalhães Pinto
(1869 – 1921). Ao utilizar o folclore em suas práticas educativas, Alexina Pinto
pode ser considerada como proponente de uma educação inovadora para a
educação da infância, valorizando o uso da cultura popular nesta formação.
Professora da cadeira de desenho e caligrafia da antiga Escola Normal de São
João del-Rei, Alexina se diferenciava por romper com as tradicionais práticas
educativas fortemente vigentes do século XIX e início do século XX. Alexina
permaneceu pouco tempo como professora na Escola Normal, mas continuou
seus estudos e sua docência na cidade do Rio de Janeiro, contudo pouco ainda se
sabe sobre sua atuação profissional, sendo figura pouco conhecida dentro do
contexto da pesquisa em História da Educação. Apresentando o contexto acima
é que o presente trabalho se insere, propondo refletir sobre a atuação docente,
social e intelectual dessa educadora mineira. O interesse é o de descrever e
analisar a trajetória e a atuação social e educacional de Alexina de Magalhães
Pinto, identificando práticas discursivas e sujeitos que fizeram parte de sua vida.
Para isso, a metodologia adotada parte da pesquisa documental e da análise de
informações (CELLARD, 2008). Tais análises mobilizam as relações de poder,
as produções de saberes e de verdades (FOUCAULT, 2019), assim como a ideia
de intelectualidade e de redes de sociabilidade (SIRINELLI, 2003). Por último,
a discussão sobre a invisibilidade feminina (PERROT, 2017), chave de leitura
que permea a trajetória educacional da professora.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2868620 - PAULA CRISTINA DAVID GUIMARAES
Interna - 1350874 - CHRISTIANNI CARDOSO MORAIS
Externa à Instituição - ROSANA AREAL DE CARVALHO - UFOP
Notícia cadastrada em: 10/02/2022 12:51
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2024 - UFSJ - sigaa04.ufsj.edu.br.sigaa04