PPMEC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Telefone/Ramal: (32) 3379-5923 http://www.ufsj.edu.br//ppmec

Banca de DEFESA: FILIPE AUGUSTO DE FARIA CUNHA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FILIPE AUGUSTO DE FARIA CUNHA
DATA : 30/11/2022
HORA: 08:30
LOCAL: Virtual
TÍTULO:

Estudo do comportamento das superligas MAR-M247, oxidada isotérmica e ciclicamente a 1000 e 1100 °C, e MAR-M246, convencional e modificada com nióbio, oxidada ciclicamente a 1100 °C


PALAVRAS-CHAVES:

Caracterização, Cinética de oxidação, MAR-M247, MAR-M246, Oxidação isotérmica, Oxidação cíclica.


PÁGINAS: 183
RESUMO:

As superligas são utilizadas principalmente devido a suas excepcionais propriedades, tais como resistência mecânica e resistência a oxidação. O processo oxidativo é comumente observado em aplicações na engenharia e tende a ser acentuado em condições envolvendo altas temperaturas. Estas ligas são muitas das vezes utilizadas em operações que envolvem altas temperaturas e tensões, como em turbinas a gás. Isso torna o estudo de oxidação para superligas um fator de interesse. O objetivo principal deste trabalho foi o estudo do processo de oxidação na superliga MAR-M247, seguido de uma análise complementar das superligas MAR-M246 convencional e MAR-M246 modificada com Nb. A superliga MAR-M247 foi exposta a ensaios isotérmicos a 1000 °C e a 1100 °C por até 300 horas. Esta liga também foi ensaiada ciclicamente a 1000 °C, por até 200 ciclos, e a 1100 °C, por até 219 ciclos. As superligas MAR-M246 (Ta) e MAR-M246 (Nb) foram avaliadas em relação à oxidação cíclica a 1100 °C, por até 219 ciclos, a fim de se estudar a influência da substituição do Ta por Nb. A cinética de oxidação e a caracterização dos produtos de oxidação foram avaliadas. A caracterização das amostras foi feita por meio das análises de microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia de energia dispersiva de raios-X (EDX), difração de raios-X (DRX) e microscopia óptica (MO). Algumas das conclusões obtidas neste trabalho são: NiO, Al2O3, TiO2, Co3O4, NiCr2O4 e CoCr2O4 são produtos de oxidação comuns para a MAR-M247; a liga MAR-M247 mostrou-se a mais resistente ao processo de oxidação, seguida da MAR-M246 e MAR-M246 (Nb), esta exibiu a menor resistência dentre as ligas estudadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1049564 - ARTUR MARIANO DE SOUSA MALAFAIA
Interno - 1507262 - KURT STRECKER
Externo à Instituição - RENATO BALDAN - UNESP
Externo à Instituição - FREDERICO AUGUSTO PIRES FERNANDES - UFABC
Notícia cadastrada em: 29/11/2022 15:45
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2024 - UFSJ - sigaa06.ufsj.edu.br.sigaa06