Banca de DEFESA: CAROLINA AURÉLIA RIBEIRO MAESTRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAROLINA AURÉLIA RIBEIRO MAESTRO
DATA : 31/01/2022
HORA: 09:30
LOCAL: online
TÍTULO:

Comportamento de corrosão e respostas biológicas de um revestimento duplo formado por oxidação térmica e deposição biomimética de CaP dopado com bismuto na superfície da liga Ti-6Al-4V.


PALAVRAS-CHAVES:

Ti-6Al-4V, Oxidação térmica, Deposição biomimética, Fosfato de cálcio, Bi-CaP, Aplicação biomédica.


PÁGINAS: 99
RESUMO:

Infecções associadas a implantes biomédicos ainda existem e representam um dos principais desafios que envolvem esses dispositivos. Além disso, em implantes de ligas de titânio, problemas de corrosão podem surgir, devido às exigências de longo prazo e de agressividade do ambiente corporal. A oxidação térmica pode melhorar as propriedades mecânicas da superfície, bem como a resposta à corrosão das ligas de titânio. Deposições biomiméticas de fosfatos de cálcio (CaP), por outro lado, podem melhorar sua bioatividade. Além disso, o CaP dopado com íons é utilizado para promover características específicas, como no caso do bismuto, que possui ação bactericida. Em relação aos implantes biomédicos, o crescimento bacteriano na superfície do material é um passo importante para o desenvolvimento de uma infecção. Esse processo infeccioso pode levar a uma série de problemas, incluindo a retirada da prótese. Considerando os interesses da área médica, e que os estudos sobre CaP dopado com bismuto são poucos e recentes, este estudo teve como objetivo investigar a deposição biomimética de um filme de Bi-CaP na liga Ti-6Al-4V oxidada termicamente. As amostras revestidas foram caracterizadas morfologicamente e estruturalmente usando MEV/EDX, AFM, espectroscopia Raman, bem como medições de DRX. A técnica EIE foi usada para entender o comportamento eletroquímico global na solução de Hank. A teoria da tensão interfacial foi usada para a determinação da energia livre de interação da superfície. Em relação aos ensaios biológicos, foram realizados testes de citotoxicidade, biocompatibilidade e análises de respostas inflamatórias. Os resultados de caracterização demonstraram a formação de um revestimento duplo contendo rutilo recoberto por DCPD e hidroxiapatita dopada com bismuto. Já os resultados do EIE demonstraram que o método de oxidação térmica associado à deposição biomimética promoveu uma melhora nas propriedades corrosivas da liga Ti-6Al-4V, sugerindo que o revestimento duplo tem grande potencial para aplicações biológicas. Por fim, o revestimento duplo apresentou um comportamento mais hidrofílico, e as respostas de citotoxicidade, biocompatibilidade e testes inflamatórios mostraram que o Bi-CaP reduziu tanto a toxicidade da liga Ti-6Al-4V quanto sua indução de inflamação, além de aumentar os níveis de citocinas anti-inflamatórias.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 434945 - FREDERICO OZANAN NEVES
Externo à Instituição - JEFERSON APARECIDO MORETO
Interno - 2695307 - LEANDRO JOSE DA SILVA
Notícia cadastrada em: 30/01/2022 09:04
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - | Copyright © 2006-2022 - UFSJ - sigaa06.ufsj.edu.br.sigaa06